NOTIMP - NOTICIÁRIO DA IMPRENSA

Capa Notimp Acompanhe aqui o Noticiário relativo ao Comando da Aeronáutica veiculado nos principais órgãos de comunicação do Brasil e até do mundo. O NOTIMP apresenta matérias de interesse do Comando da Aeronáutica, extraídas diretamente dos principais jornais e revistas publicados no país.


PORTAL G1


Elefante-marinho encontrado na Bahia viaja de avião para ser devolvido ao mar em SC

Animal fêmea viajou de Salvador à capital catarinense em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB)

Caroline Borges | Publicada em 26/08/2022 11:35

Um elefante-marinho chegou de avião a Florianópolis na quinta-feira (25) para ser devolvido ao mar.

Frida, como foi apelidado o animal fêmea, foi resgatado em Nova Viçosa, na Bahia, há cerca de seis meses, e passou por tratamento para poder voltar à natureza.

Ele viajou de Salvador à Capital catarinense em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB).

A cidade catarinense foi escolhida para a soltura por causa da proximidade com região de colônia de reprodução da espécie, na Antártica. A devolução do animal ao mar deve ocorrer na próxima semana.

Enquanto isso, Frida recebe o atendimento de reabilitação na R3 Animal, instituição que monitora espécies marinhas na costa da Capital.

Duas veterinárias do Centro de Reabilitação do Instituto Mamíferos Aquáticos, em Salvador, também acompanham o processo na cidade. Entre elas está Larissa Pavanelli, veterinária do órgão. Segundo a profissional, Frida foi resgatada pesando aproximadamente 74 quilos. Atualmente, ela tem 180 quilos.

Considerada um animal juvenil, a semana em que ficará na Capital catarinense servirá para ela se acostumar com o clima da região e desestressar da viagem.

"Esse é um trabalho muito importante pra gente". É a primeira vez que a R3 recebe um leão-marinho para a reabilitação. Nós já temos ocorrências nas nossas praias, porém, para a reabilitação é a primeira vez", disse a presidente da R3 Animal, Cristiane Kolesnikovas.

Tenente Coronel da força aérea fala sobre show da Esquadrilha da Fumaça em Teresina


Da Redação | Publicada em 26/08/2022 15:20

AGÊNCIA BRASIL


Base Aérea de Natal lembra participação do local na 2ª Guerra Mundial


Gabriel Corrêa | Publicada em 26/08/2022 12:05

Música e história para lembrar a participação do Brasil durante a Segunda Guerra Mundial. É o que promete a Sinfonia “Trampolim da Vitória” que terá estreia neste sábado (27), no Rio Grande do Norte. 

Músicos da Orquestra Sinfônica do Estado vão apresentar ao público, pela primeira vez, a sinfonia que tem roteiro de Tatiane Fernandes e foi composta por Willames Costa. O primeiro maestro a reger a obra será Linus Lerner, brasileiro com cidadania norte-americana.
O concerto acontecerá na Base Aérea de Natal, que fica na cidade de Parnamirim, a 20 km da capital do Rio Grande do Norte e onde foi instalada em 1942 a maior base militar norte-americana fora dos Estados Unidos, conhecida como “Parnamirim Field”.
A Sinfonia “Trampolim da Vitória” integra as comemorações dos 80 anos da Base Aérea de Natal. O músico Willames Costa conta que a obra tem quatro movimentos que visitam momentos da Segunda Guerra Mundial, retratando desde seu início ao desfecho, passeando pela história da Base Aérea e sua influência na criação do município de Parnamirim.   

A Base Aérea de Natal ficou conhecida historicamente como “trampolim da vitória”, por ser justamente um ponto de passagem para as aeronaves americanas que decolavam diariamente para combater na Europa e na África.
O acesso do público ao concerto, neste sábado, é gratuito. Também haverá transmissão a partir das cinco horas da tarde pelo canal da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte no Youtube.

PORTAL AEROIN


Está pintado o segundo A330-200 que a Azul está fornecendo à Força Aérea Brasileira como KC-30


Murilo Basseto Murilo Basseto | Publicada em 26/08/2022 11:24

O segundo avião que a Azul Linhas Aéreas está passando à Força Aérea Brasileira (FAB), após a companhia vencer a licitação para fornecer dois Airbus A330-200, já está com sua pintura aplicada.

Em imagem publicada nesta sexta-feira, 26 de agosto, pelo Comandante da FAB, Brigadeiro Carlos de Almeida Baptista Júnior, o avião é visto no hangar de pintura já com as cores que utilizará e com o registro 2902 aplicado na cauda.

Como visto há poucas semanas, o primeiro jato do modelo, com o registro 2901, chegou ao Brasil em 25 de julho no Aeroporto Internacional de Viracopos, e depois foi oficialmente apresentado e entregue em 27 de julho, na Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro.

Os dois jatos, que na FAB recebem a designação de KC-30, serão convertidos para a versão A330MRTT da Airbus, que possui diversas funções, como transporte de pessoas, transporte de enfermos, reabastecimento aéreo de outros aviões, entre outras.

O modelo vem para preencher o espaço deixado desde a aposentadoria do KC-137 (Boeing 707), já que o mais próximo, o Embraer KC-390, apesar de possuir funções semelhantes, não tem a capacidade de fazer voos de tão longa distância e de transportar grande quantidade de passageiros.

A Azul disponibilizou as aeronaves de número de fabricação MSN 1492, que já operava sob a matrícula PR-AIS e no passado operou como PR-OCJ na Avianca Brasil, e MSN 1508, que no passado operou como PR-OCK na Avianca Brasil e foi recentemente adquirida pela Azul no mercado internacional para ser ofertada para a licitação.

Em missão desafiadora, Força Aérea leva uma “passageira” muito especial no avião C-105 Amazonas


Murilo Basseto | Publicada em 26/08/2022 04:55

A Força Aérea Brasileira (FAB) cumpriu uma missão desafiadora, mas também gratificante, ao transportar uma “passageira” bastante especial em um de seus aviões.

O Primeiro Esquadrão do Décimo Quinto Grupo de Aviação (1º/15º GAV) – Esquadrão Onça, realizou, nessa quinta-feira, dia 25 de agosto, o transporte da Frida, uma elefante-marinho resgatada em Nova Viçosa, na Bahia.

O animal havia sido salvo no início do ano, quando moradores do sul da Bahia avistaram-no encalhado próximo ao litoral. Logo em seguida, foi encaminhado para o Centro de Reabilitação do Instituto Mamíferos Aquáticos (IMA).

Quando chegou, Frida estava bem abaixo do peso e com necessidade de acompanhamento especializado. Hoje, após seis meses de tratamento, com 180 quilos e 1,80 metro, a elefante-marinho necessitou ser transferida para Florianópolis (SC) em uma caixa especial, e coube ao avião C-105 Amazonas do Esquadrão Onça realizar essa missão.

O bimotor de registro FAB 2806 decolou do Aeroporto de Salvador às 09h15 e, além dos tripulantes, participaram da missão duas veterinárias do IMA, que monitoraram a hidratação e o bem-estar do animal durante o voo. Em Florianópolis, ela ficará sob os cuidados da ONG R3 Animal até a soltura no mar.

“Foi uma missão desafiadora e, ao mesmo tempo, gratificante. Todos os cuidados no transporte da caixa até a aeronave e, principalmente, durante o voo contribuíram para que a Frida chegasse ao seu destino e pudesse receber a atenção necessária visando sua reintegração ao meio ambiente, num futuro próximo. Aceitamos o desafio por entender a importância de devolver o elefante-marinho ao seu habitat natural. Missão cumprida!”, destacou o Comandante do Esquadrão Onça, Tenente-Coronel Tito Livio Lúcio Alencar de Andrade.

PORTAL PODER AÉREO


Pinturas comemorativas que a pandemia ‘escondeu’


Guilherme Poggio | Publicada em 26/08/2022 14:56

Nos últimos dois anos as apresentações das aeronaves da FAB foi suspensa em função da pandemia. Sendo assim, grande parte do público não pôde ver de perto as mais recentes pinturas comemorativas criadas para homenagear diferentes datas históricas da FAB.

Durante o Domingo Aéreo da Academia da Força Aérea Brasileira, ocorrido no último domingo (21/8) nas instalações da AFA, o público que esteve presente viu de perto duas dessas pinturas.

A primeira delas foi do F-5F matricula FAB 4910. A aeronave é o mais novo F-5 da Força Aérea, sendo que ele foi incorporado à frota em outubro de 2020. O 4910 era um dos “jordanianos” adquiridos pelo Brasil que posteriormente foi revisado no PAMA-SP e convertido em F-5FM pela Embraer. Por ser o F-5 mais novo da FAB, espera-se que ele ainda voe por muito tempo.

Sobre a pintura propriamente dita, ela foi feita na deriva da aeronave para simbolizar os 75 anos do Esquadrão Pampa (1º/14º GAV). No lado esquerdo um desenho estilizado mostra a silhueta de todas as aeronaves utilizadas pelo esquadrão ao longo do tempo. Na lateral direita foi pintado um tigre estilizado .

Outra pintura que foi exibida no evento homenageava os 80 anos da criação da AFA. Ela foi feita na deriva de um T-25C Universal utilizado pela própria academia. Nas fotos acima e abaixo é possível ver a pintura comemorativa no T-25 matrícula 1908 e a pintura original de outro T-25 atrás dele.

PORTAL AEROFLAP


FAB assina contrato com empresa canadense para lançamentos em Alcântara


Gabriel Centeno | Publicada em 26/08/2022 15:06

A Força Aérea Brasileira (FAB) e a empresa canadense C6 Launch Systems Incorporated, assinaram na quinta-feira (25), em Brasília (DF), o contrato para exploração comercial no Centro Espacial de Alcântara (CEA), no Maranhão.

Com o acordo, o Brasil dá um importante passo para integrar o seleto grupo de países com capacidade de lançamento de veículos espaciais.

O contrato é consequência do Edital de Chamamento Público nº 02/2020 da Agência Espacial Brasileira (AEB), de 22 de maio de 2020, e tem como objeto a disponibilização de bens e serviços para lançamentos de veículos espaciais, a partir da área 3 do Centro Espacial de Alcântara, conhecida como área do Perfilador de Vento.

A solenidade foi presidida pelo Comandante de Operações Aeroespaciais (COMAE), Tenente-Brigadeiro do Ar Heraldo Luiz Rodrigues. Participaram, ainda, Oficiais-Generais membros do Alto-Comando da Aeronáutica; Oficiais-Generais da Aeronáutica; o Presidente da Agência Espacial Brasileira, Coronel Carlos Augusto Teixeira de Moura, e representantes da C6 Sistemas de Lançamento e Serviços do Brasil e, por videoconferência, do Presidente e Ceo da C6 Launch Systems Incorporated, Richard Mccammon.

Na oportunidade, o Tenente-Brigadeiro Heraldo ressaltou a importância da assinatura do contrato para a efetiva entrada do Brasil na corrida espacial. “Hoje, com a celebração desse contrato foi dado um passo gigantesco para a exploração no Centro de Lançamento de Alcântara. Paralelamente a isso, a Agência Espacial Brasileira trabalhou junto com o Comando da Aeronáutica para assinarmos alguns acordos que possibilitam a exploração comercial de Alcântara”, completou.

Richard Mccammon frisou que a parceria vai impactar positivamente as economias tanto local quanto nacional. Ele informou, ainda, que o primeiro lançamento deve ocorrer no primeiro semestre de 2024.

E destacou também que o contrato é um marco importante que amplia a cooperação e a parceria entre a Força Aérea Brasileira, a Agência Espacial Brasileira e outras Agências Locais, desenvolvendo o segmento espacial no Brasil.

JORNAL DIÁRIO DO NORDESTE


Fortaleza recebe apresentação da Esquadrilha da Fumaça neste sábado (27)

O esquadrão se apresenta no Aterro da Praia de Iracema, a partir das 16 horas

Renato Bezerra | Publicada em 26/08/2022 12:03

O Esquadrão de Demonstrações Aéreas (EDA) da Força Aérea Brasileira (FAB), popularmente chamado de Esquadrilha da Fumaça, fará uma apresentação neste sábado (27), em Fortaleza. A demonstração acontece a partir das 16 horas, no Aterro da Praia de Iracema. 

A apresentação faz parte do Circuito Bicentenário da Independência, em comemoração aos 200 anos de independência do Brasil. O cronograma teve início nesta quinta-feira (25) em Salvador e o grupo passará por nove cidades brasileiras

Circuito passa por 9 cidades
O circuito passa por Teresina (PI) nesta sexta-feira (26), no sábado (27) em Fortaleza, e no domingo (28) em Natal (RN). Entre 31 de agosto e 9 de setembro, o esquadrão ainda passa por Caruaru e Recife (PE), Palmas (TO), Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ) e Aparecida de Goiânia (GO). 

Fortaleza não recebia os aviões da FAB para apresentação da Esquadrilha da Fumaça havia quatro anos. A última aconteceu em julho de 2018. 

"Realizar essas apresentações nos céus do Brasil para milhares de pessoas é sinônimo de independência, democracia e de uma Força Aérea pujante e moderna. Os rastros de fumaça que serão visualizados nos céus representarão todos os militares da FAB e o compromisso que a nossa Força Aérea tem com o povo brasileiro”, comentou o Tenente-Coronel Aviador Daniel Garcia Pereira, Comandante da Esquadrilha da Fumaça.

PORTAL DEFESANET


AFA inaugura novo Simulador de Voo para instrução de Cadetes Aviadores

O Simulador T-4000 Modernizado foi concebido e desenvolvido em parceria com o Centro de Computação da Aeronáutica de São José dos Campos

Da Redação | Publicada em 26/08/2022 10:00

A Academia da Força Aérea (AFA), localizada em Pirassununga (SP), inaugurou nessa quarta-feira (24/08), o simulador T-4000 modernizado. A cerimônia foi presidida pelo Diretor de Tecnologia da Informação da Aeronáutica (DTI), Brigadeiro do Ar Luiz Guilherme da Silva Magarão, acompanhado pelo Comandante da AFA, Brigadeiro do Ar Marcelo Gobett Cardoso. Também participaram da solenidade, o Chefe do Centro de Computação de Aeronáutica de São José dos Campos (CCA – SJ), Coronel Aviador Piterson Marques Lisboa, Comandantes, Chefes de Divisões e demais Militares da Academia e do CCA-SJ.
O Diretor da DTI, Brigadeiro Magarão, enalteceu a acolhida e a parceria da equipe da Academia no desenvolvimento do Projeto e a capacidade técnica dos integrantes do CCA-SJ. “Somos capazes e desenvolvemos uma solução para um problema estratégico da Força Aérea Brasileira. Essa entrega contribuirá decisivamente na instrução básica com o aumento da eficiência na formação dos Cadetes e economia recursos, estendendo inclusive, a vida útil das aeronaves. É um compromisso da DTI em investir para a modernização do ensino da Academia da Força Aérea”, destacou.

Com a recente modernização da aeronave T-27 Tucano, surgiu a necessidade de atualização do simulador, com uma total remodelação de seu painel e aviônicos, adotando as novas tecnologias e sistemas implementados. Após a entrega da primeira aeronave T-27M à AFA, no início de 2022, iniciou-se o processo de adequação e modernização do simulador de voo T-4000 junto ao CCA-SJ, que em um curto período conseguiu remodelar totalmente a estrutura do simulador, instalando os modernos sistemas Garmin, além de aprimorar suas capacidades de voo.

Em suas palavras, o Comandante da AFA, Brigadeiro Gobett, agradeceu a DTI pela gestão e o acompanhamento de alto nível para que o CCA-SJ pudesse em parceria com a Academia concretizar esse projeto. “Temos um imenso orgulho desta solução da Força Aérea Brasileira, através da técnica, da DTI e dos nossos operadores que trabalharam em conjunto para que tivéssemos sucesso a curto prazo. Já planejamos para o próximo ano a operação dos quatro Esquadrões de Cadetes do Corpo de Cadetes da Aeronáutica, para que todos possam ter contato com a atividade aérea no Esquadrão de Treinamento Simulado. Quem ganha com esse sistema é a FAB”, ressaltou.
Atualmente, com a entrega do T-4000 Modernizado, é possível que o Cadete tenha uma imersão total na aeronave, podendo interagir em sua totalidade com todos os instrumentos e funcionalidades da aeronave T-27M, além de permitir um treinamento fidedigno dos procedimentos de emergência.
Já o Chefe do CCA-SJ, Coronel Piterson, elogiou a confiança que depositaram no projeto. “Sou muito grato aos Oficiais-Generais que confiaram na nossa missão e fizeram com que pudéssemos chegar a um dia como esse. Simuladores de baixo custo em benefício de uma séria Instrução Aérea”, concluiu.
A inauguração do T-4000 modernizado é a concretização dos esforços do Comando da Aeronáutica em prover as melhores condições para a formação plena de seus futuros líderes.

OUTRAS MÍDIAS


GLOBOPLAY - Base aérea de Natal completa 80 anos e conta com programação cultural neste fim de semana


Da Redação | Publicada em 26/08/2022 11:45

GLOBOPLAY - Esquadrilha da Fumaça se apresenta no céu de Teresina nesta sexta (26)


Da Redação | Publicada em 26/08/2022 12:30