NOTIMP - NOTICIÁRIO DA IMPRENSA

Capa Notimp Acompanhe aqui o Noticiário relativo ao Comando da Aeronáutica veiculado nos principais órgãos de comunicação do Brasil e até do mundo. O NOTIMP apresenta matérias de interesse do Comando da Aeronáutica, extraídas diretamente dos principais jornais e revistas publicados no país.


PORTAL METROPÓLES (DF)


ITA reabre inscrições de vestibular, com 150 vagas para 2023

Oportunidade destina-se a candidatos que concluíram o ensino médio e que terão 24 anos completos até o ano que vem

Jéssica Eufrásio, Marc Arnoldi | Publicada em 19/09/2022 07:29

O Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) reabriu as inscrições para o concurso de admissão à instituição de ensino, por meio de vestibular. A convocação consta no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (19/9), com previsão de 150 vagas para 2023. O prazo termina em 27 de setembro.

As inscrições começam nesta segunda-feira (19/9), para candidatos com 24 anos completos até o ano que vem. O certame, voltado a candidatos que concluem o ensino médio em 2022, destina-se ao preenchimento de vagas dos quadros de oficiais engenheiros da ativa e da reserva da aeronáutica.

A formação acadêmica será de nível superior, em especialidades da engenharia de interesse do setor aeroespacial e da Força Aérea Brasileira (FAB).

Além disso, o novo edital abre oportunidade para não optantes à carreira militar reprovados na fase de inspeção de saúde pedirem isenção para ingressar no Curso de Preparação de Oficiais da Reserva.

Devido à nova publicação, inscritos interessados em alterar o tipo de vaga à qual se matricularam poderão pedir a mudança por meio de requerimento enviado pelo e-mail vestita@ita.br até o próximo dia 27.

“Os cursos de graduação em engenharia no ITA têm duração de cinco anos, dos quais os dois primeiros anos constituem o Curso Fundamental, com conteúdos básicos de engenharia, e os três últimos anos correspondem aos cursos pro?ssionais, especí?cos para cada especialidade de Engenharia.

As especialidades de Engenharia oferecidas pelo ITA são: aeroespacial, aeronáutica, civil-aeronáutica, de computação, eletrônica e mecânica-aeronáutica. Durante o quarto semestre do curso fundamental, os alunos participarão do processo de escolha e de?nição das especialidades”, detalha o edital.

Distribuição das vagas

36 — para optantes à carreira militar, no Quadro de Oficiais Engenheiros da Ativa da Força Aérea Brasileira (sendo 7 para candidatos autodeclarados negros ou pardos)

114 — para não optantes à carreira militar, no Quadro de Engenheiros da Reserva da Aeronáutica (sendo 23 para candidatos autodeclarados negros ou pardos)

PORTAL DEFESANET


DEFESANET - Comandante da Força Aérea Brasileira visita sede da ONU nos Estados Unidos

Cumprindo agenda nos EUA, o Comandante visitou também as instalações da Comissão Aeronáutica Brasileira em Washington

Da Redação | Publicada em 19/09/2022 11:30

Em viagem para as comemorações aos 75 anos de criação da Força Aérea dos Estados Unidos (USAF), o Comandante da Força Aérea Brasileira (FAB), Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior, aproveitou a oportunidade para realizar visitas e reuniões. Na segunda-feira (12/09), o Oficial-General esteve na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova Iorque e, na quarta-feira (14/09), na Comissão Aeronáutica Brasileira em Washington (CABW).

Na ONU, o Comandante da FAB esteve acompanhado por uma comitiva da Academia da Força Aérea (AFA), sendo recebido pelo Conselheiro Militar na Missão Permanente do Brasil junto à ONU, Tenente-Brigadeiro do Ar Luiz Fernando de Aguiar, e visitou a Assembleia Geral, a sala do Conselho de Segurança e demais dependências da Organização.

De acordo com o Assessor do Conselheiro Militar na Missão Permanente do Brasil junto à ONU, Major Aviador Andrei Henning Salmoria, o Brasil desempenha um papel importante na ONU desde a sua criação, tendo participado de diversas Operações de Paz. Ao longo da história, a Força Aérea Brasileira já contribuiu, por exemplo, com aeronaves e continua a contribuir com militares para a manutenção da paz internacional.

"Dessa forma, a presença do Comandante da Aeronáutica e da sua comitiva, em especial dos cadetes da Aeronáutica, futuros oficias e líderes de nossa organização, reveste-se de importância ao propiciar visita in loco, conhecimento e atualização sobre a participação brasileira em órgão tão importante para a manutenção da segurança e da paz internacional", explicou o Major Salmo

A Comissão Aeronáutica Brasileira em Washington (CABW) completou 77 anos no dia 21 de agosto. Desde sua criação, em 1945, focou-se na procura, aquisição, recebimento e no transporte de material, com o propósito de atender as demandas de logística de material, suportando os projetos de ordem aeronáutica, chegando na atualidade como uma instituição reconhecida pela importância, capacidade e eficiência em prol da Força Aérea Brasileira.

Segundo o Chefe da Comissão Aeronáutica Brasileira em Washington, Coronel Aviador Wilson Paulo Correa Marques, a visita às instalações da CABW foi um momento importante para a atualização do Comandante da FAB sobre o atual cenário das atividades desenvolvidas na Organização Militar. "Na oportunidade, o Comandante interagiu com o efetivo, participou de um briefing sobre os principais trabalhos aqui realizados e, ainda, visitou diversas divisões da Comissão", completou.