NOTIMP - NOTICIÁRIO DA IMPRENSA

Capa Notimp Acompanhe aqui o Noticiário relativo ao Comando da Aeronáutica veiculado nos principais órgãos de comunicação do Brasil e até do mundo. O NOTIMP apresenta matérias de interesse do Comando da Aeronáutica, extraídas diretamente dos principais jornais e revistas publicados no país.


DEFESA AÉREA & NAVAL


F-X2: COPAC realiza reunião sobre o Acordo de Offset

SAAB apresentou o status do desenvolvimento das atividades do Acordo de Compensação Comercial, Tecnológica e Industrial ao Comando da Aeronáutica

Guilherme Wiltgen | Publicada em 15/12/2021 07:23

A Comissão Coordenadora do Programa de Aeronave de Combate (COPAC) participou, no dia 1º de dezembro, da XII Project Management Meeting (PMM) do Acordo de Offset do Projeto F-X2. O evento foi realizado em Brasília (DF) e integrou a previsão contratual que estabelece que a SAAB, empresa sueca de Defesa e Segurança, apresente o status do desenvolvimento das atividades do Acordo de Compensação Comercial, Tecnológica e Industrial ao Comando da Aeronáutica (COMAER).

Na oportunidade, a Empresa mostrou uma visão geral do progresso do Acordo de Compensação, do calendário das atividades realizadas no último semestre, dos próximos eventos planejados para o primeiro período de 2022, além de outras informações relevantes à equipe multidisciplinar de acompanhamento do Projeto da Força Aérea Brasileira (FAB), composta pela Gerência Executiva do Projeto da COPAC e por analistas do Instituto de Fomento Industrial (IFI).

A atividade contou com a presença de organizações que integram o projeto, como do Departamento de Ciência e Tecnologia da Aeronáutica (DCTA), das empresas como a EMBRAER, Atech, Ael Sistemas, SAAB Aeronáutica e Montagens (SAM), SAAB Sensores e Serviços do Brasil (SSSB), que apresentaram os benefícios decorrentes das atividades de transferência de tecnologia, assim como os instrumentos utilizados para a retenção dos conhecimentos adquiridos.

Para o Gerente de Programas da AEL Sistemas, Saul Teixeira Bencke, a principal conquista no Projeto Gripen foi a conclusão da fase de qualificação, que foi submetida a uma série de testes em vários laboratórios ao redor do mundo. “Finalmente conseguimos concluir essa etapa, após cinco anos de desenvolvimento. Temos hoje um produto maduro. A próxima fase é começar a produção seriada dos equipamentos (Wide Area Display, Head Up Display e Helmelt Mounted Display) e entregar para a SAAB montar nas unidades de produção”, comentou.

De acordo com o Diretor de Cooperação Industrial do Programa Gripen no Brasil, na SAAB, Luis Antonio Hernandez Gonzalez, com a entrega das unidades pelas empresas brasileiras, a expectativa para o próximo período do programa é um incremento na área de Ensaios em Voo. “Nós teremos uma reconfiguração da aeronave para aproximar ao modelo brasileiro, o que vai permitir a realização de todos os ensaios em voos necessários”, apontou.

Segundo o Gerente-Adjunto do Projeto F-X2, Coronel Aviador Leandro Barbosa Ferreira Pinto, a transferência de tecnologia está beneficiando toda a nossa Base Industrial de Defesa. “Todos os esforços estão sendo direcionados para o incremento das capacidades da indústria nacional e dos centros de pesquisas do setor aeronáutico”, finalizou.

PORTAL PODER AÉREO


VÍDEO: FAB lança foguete com o demonstrador do motor aeronáutico hipersônico 14-X


Redação Forças De Defesa | Publicada em 15/12/2021 15:00

Ontem (14/12), a FAB realizou o lançamento do primeiro ensaio do demonstrador brasileiro da tecnologia Hipersônica Aspirada.

Esse foi o primeiro teste de voo do motor aeronáutico hipersônico 14-X, desenvolvido pelo Instituto de Estudos Avançados (IEAv), para o Centro de Lançamento de Alcântara (CLA).

O Veículo Acelerador Hipersônico (VAH) lançado foi equipado com o motor do IEAv, denominado 14-XS.

O projeto de Propulsão Hipersônica 14-X (PropHiper), desenvolvido pelo Instituto de Estudos Avançados (IEAv) desde 2008, visa capacitar o Brasil na área estratégica e prioritária da hipersônica por meio da operação em voo de um sistema com propulsão hipersônica aspirada (tecnologia Scramjet).

PORTAL DEFESANET


ECEMAR forma 125 Oficiais Superiores no CCEM

A solenidade foi realizada em formato de videoconferência com os formandos reunidos em cada localidade de suas respectivas organizações militares

Da Redação | Publicada em 15/12/2021 09:00

A Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR) realizou, no dia 7/12, no Rio de Janeiro (RJ), a Cerimônia de Conclusão do Curso de Comando e Estado-Maior para os Quadros de Engenheiros, de Especialistas e da Saúde (CCEM-ES), curso executado totalmente na modalidade de educação a distância (EAD). A solenidade foi realizada em formato de videoconferência com os formandos reunidos em cada localidade de suas respectivas Organizações Militares. Ao todo, 125 Oficiais superiores concluíram o CCEM-ES.

O evento foi presidido pelo Diretor de Ensino da Aeronáutica, Major-Brigadeiro do Ar Sérgio Rodrigues Pereira Bastos Junior, que assistiu ao evento a partir do Auditório da Diretoria de Ensino da Aeronáutica em Brasília (DF). No Auditório da ECEMAR, a cerimônia foi assistida pelo Comandante da Escola, Brigadeiro do Ar Lélio Walter Pinheiro da Silva Junior; pela Diretora do Hospital de Força Aérea do Galeão (HFAG), Brigadeiro Médico Carla Lyrio Martins; pelos Instrutores, Professores e Oficiais-Alunos concludentes do curso. Ainda participaram, remotamente da cerimônia, o Comandante da Academia da Força Aérea (AFA), Brigadeiro do Ar Marcelo Gobett Cardoso e comandantes das diversas organizações envolvidas com os Oficiais que realizaram o CCEM-ES.

O Comandante da ECEMAR, em suas palavras, destacou a importância do aperfeiçoamento para os militares. “Chegar até aqui, sem dúvida, é sinônimo de superação das adversidades que encontraram pelo caminho e da motivação constante que os move rumo ao sucesso”, pontuou o Brigadeiro Lélio.

O Major-Brigadeiro Sérgio Bastos destacou a importância desse formato de educação a distância, empregado no CCEM-ES, e que se torna cada vez mais uma realidade no Comando da Aeronáutica tendo alcançado os propósitos esperados para a pós-formação dos oficiais dos quadros previstos nesse curso. Aproveitou, também, para parabenizar a todos pelo empenho em suas atividades, realizando o curso e desenvolvendo suas atividades laborais de maneira concomitante.

EAOAR realiza diplomação de 107 Oficiais

A Cerimônia de Encerramento do Segundo Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais da Aeronáutica (CAP-2) de 2021 foi realizada, nessa sexta-feira (10), no campus da Universidade da Força Aérea (UNIFA), no Rio de Janeiro (RJ).

A Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais da Aeronáutica (EAOAR), localizada no Rio de Janeiro (RJ), realizou, nessa sexta-feira (10), a diplomação da segunda turma do Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais da Aeronáutica (CAP) de 2021, no campus da Universidade da Força Aérea (UNIFA). A cerimônia militar foi presidida pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Júnior.

O evento contou, ainda, com a presença do Comandante-Geral do Pessoal da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Ricardo Reis Tavares; do Diretor de Ensino da Aeronáutica, Major-Brigadeiro do Ar Sérgio Rodrigues Pereira Bastos Junior; do Comandante Interino da UNIFA, Brigadeiro do Ar Lélio Walter Pinheiro da Silva Junior; e do Comandante da EAOAR, Coronel Aviador Gleison Antônio Somensi.

Na ocasião, o Tenente-Brigadeiro Baptista Junior parabenizou a todos pela conquista. “Hoje, completo 40 anos que fui declarado Aspirante a Oficial da Força Aérea Brasileira. Coincidentemente, nesta data, tive a oportunidade de participar de dois marcos na carreira militar: a formatura dos 170 Aspirantes a Oficial da Aeronáutica, na AFA; e o encerramento do segundo Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais da Aeronáutica. Meus sinceros desejos de uma carreira promissora a todos”, destacou o Oficial-General.

O Capitão Aviador Gustavo José Alcoforado Costa e Silva se classificou como o primeiro colocado da turma Urutau, recebendo das mãos do Comandante da Aeronáutica a Medalha “Eduardo Gomes Aplicação e Estudo”, que destina-se a premiar e dar relevo ao mérito intelectual de Oficiais e Praças do Comando da Aeronáutica.

Durante a solenidade, o Comandante da EAOAR, Coronel Aviador Gleison, destacou a importância do curso para a carreira dos Oficiais-Alunos. “Dentre os pilares que sustentam a missão da Força Aérea, cabe a EAOAR, junto com outras organizações do Comando da Aeronáutica, cuidar do componente humano da tríade homem, máquina e meio. Neste curso de aperfeiçoamento, a Força Aérea os encorajou, os impulsionou a continuarem seu voo com as asas que protegem o País. Assim, neste momento, a escola lhes dá mais um impulso. Tenham a coragem para defender o ideal que nos une, mantendo a honestidade de propósitos em tudo o que fizeram, seja como líderes ou liderados”, concluiu.

Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais da Aeronáutica

O CAP visa a desenvolver nos militares de carreira dos quadros do Comando da Aeronáutica competências em liderança, assessoramento e gestão, relacionadas às questões de natureza administrativa e operacional, nos seus respectivos níveis de atuação. A turma CAP 2/2021 realizou o curso em três módulos, sendo dois a distância (EAD) e, este último, em formato híbrido, com duração de 13 semanas, traduzidas em 643 horas-aula.

PORTAL SPUTNIK BRASIL


FAB realiza 1º teste de voo do motor aeronáutico hipersônico 14-X (VÍDEO)

O motor está sendo desenvolvido, desde 2008, com o objetivo de capacitar o Brasil na área estratégica e prioritária da hipersônica, através da operação em voo de um sistema com propulsão hipersônica aspirada.

Da Redação | Publicada em 15/12/2021 09:32

Na terça-feira (14), a Força Aérea Brasileira (FAB) realizou a decolagem do primeiro ensaio do demonstrador brasileiro da tecnologia hipersônica aspirada, o projeto de propulsão hipersônica 14-X.

Como é possível observar no vídeo divulgado pela FAB, o Veículo Acelerador Hipersônico (VAH), equipado com a carga útil do IEAv, denominada 14-XS, é lançado para fornecer as condições necessárias para o teste em voo do Demonstrador de Tecnologia Scramjet.

No início do mês, a FAB havia anunciado que Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), localizado em São José dos Campos (SP), estava preparando a Operação Cruzeiro, enviando os materiais para o primeiro teste de voo do motor aeronáutico hipersônico 14-X.

O motor hipersônico 14-X foi desenvolvido pelo Instituto de Estudos Avançados (IEAv) para o Centro de Lançamento de Alcântara (CLA).