NOTIMP - NOTICIÁRIO DA IMPRENSA

Capa Notimp Acompanhe aqui o Noticiário relativo ao Comando da Aeronáutica veiculado nos principais órgãos de comunicação do Brasil e até do mundo. O NOTIMP apresenta matérias de interesse do Comando da Aeronáutica, extraídas diretamente dos principais jornais e revistas publicados no país.


PORTAL R7


Base Aérea de Brasília recebe população para tradicional evento após 3 anos

`Portões Abertos` acontece esse domingo das 9h às 17h, com shows aéreos, paraquedismo, exposição de aeronaves e muitas atividades para crianças e adultos com entrada gratuita

Luiz Fara Monteiro | Publicada em 14/09/2022 11:18

Neste domingo dia 18 de setembro, a Base Aérea de Brasília abre as suas portas para o seu tradicional evento aeronáutico, o Portões Abertos. A última realização da ação aconteceu em 2018 e atraiu ao longo do dia um público recorde de mais de 70 mil pessoas.

A programação deste ano inclui exposição de aeronaves militares, institucionais e comerciais, equipamentos militares, carros antigos, paraquedismo, demonstrações e acrobacias aéreas, além de sorteios de brindes e show com a bandas. Os visitantes também poderão visitar 30 estandes dos apoiadores do evento. A Inframerica, concessionária do Aeroporto de Brasília, terá a exposição de um dos seus carros de bombeiro, um Rosenbauer Panther, para visitação. O evento acontecerá das 9h às 17h com atrações para todas as idades. A entrada é gratuita, mas solicita-se 1kg de alimento não perecível para doação.

O evento tem o objetivo de apresentar a comunidade as diversas atividades exercidas pela Aeronáutica, aproximar a população e dar a oportunidade de ver de pertinho os aviões usados pela Força Aérea na proteção do espaço aéreo brasileiro. A exibição da Esquadrilha da Fumaça é o momento mais aguardado do evento. A demonstração dos pilotos com as sete aeronaves com as cores da bandeira do Brasil acontecerá por volta de 16h. A Esquadrilha Fox também fará uma apresentação de acrobacias aéreas. O grupo composto por ex-pilotos de caça, deve se apresentar às 13h. A expectativa é que este ano cerca de 70 mil pessoas visitem o espaço.

Acesso ao evento

O acesso para a Base Aérea será feito pela via marginal. Deixando o trânsito livre para aqueles que forem ao Aeroporto de Brasília. Motoristas devem manter-se na via das concessionárias de veículos para entrar na via que dá o acesso ao evento. Não será possível o acesso pelo Lago Sul, Portão Norte (VI COMAR).

Para evitar congestionamento, todo o trajeto será sinalizado e orientado pelo Detran e contará também com o apoio da Polícia Militar do DF.

Operações no Aeroporto de Brasília

As operações do Aeroporto de Brasília não serão impactadas pelo evento. O terminal brasiliense possui duas pistas. No horário das demonstrações aéreas, a pista 11L29R será utilizada exclusivamente para as apresentações, sem qualquer prejuízo as operações do terminal.

A Inframerica, administradora do terminal brasiliense, sugere que passageiros com voos marcados para o domingo, 18 de setembro, cheguem ao aeroporto com 3h de antecedência.

Recomendações

Não é permitido o acesso de animais e de bicicletas no evento. Recomenda-se vestir roupa leve, boné, utilizar protetor solar e hidratar-se. Menores de 18 anos devem estar acompanhados de um responsável.

Para mais informações, acesse: https://www.portoesabertosbabr.com.br/

Evento Portões Abertos 2022 – Base Aérea de Brasília

Local: Base Aérea de Brasília (Setor Militar do Aeroporto Internacional de Brasília)

Data: Domingo, 18 de setembro

Horário: 9h às 17h

PORTAL AEROIN


Gaúchos poderão conhecer o caça Gripen de perto; visitas ao cockpit só com agendamento


Carlos Ferreira | Publicada em 14/09/2022 22:31

Curiosos e aficionados de Porto Alegre (RS) por aviação poderão conhecer de perto todas as características do caça multimissão SAAB F-39 Gripen, igual ao que a Força Aérea Brasileira (FAB) adquiriu, com uma réplica da aeronave que estará exposta no BarraShoppingSul entre os dias 15 e 29 de setembro.

Feita em fibra de vidro, madeira e metal, a réplica do F-39 Gripen possui as mesmas dimensões que o caça verdadeiro: 15 metros de comprimento, oito de largura e quatro de altura e foi construída pela empresa sueca SAAB Group, a fabricante da aeronave real.

A atração em exposição permitirá que os visitantes conheçam os detalhes do mais novo caça da Força Aérea Brasileira e fiquem por dentro de funcionalidades estratégicas. Também será permitida a entrada na cabine da aeronave como se fosse um piloto, tirar fotos e registrar a experiência de estar dentro de um dos caças mais ágeis da atualidade.

Para vivenciar esse momento é necessário resgatar o ingresso através do app Multi. A exposição é gratuita e acontecerá de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos e feriados, das 14h às 20h, na Praça Rosa dos Ventos, no BarraShoppingSul.

Exposição Caça F-39 Gripen FAB

Quando: 15 a 29 de setembro
Horário: De segunda a sábado, das 10h às 22h
Domingos e feriados, das 14h às 20h
Onde: Praça Rosa dos Ventos – BarraShoppingSul
Retirada do ingresso para acesso: através do app Multi

 

 

 

Fumaça passa por 10 cidades em 18 dias, estreia manobra nova e fumaça colorida no avião A-29


Murilo Basseto | Publicada em 14/09/2022 16:10

Com direito a várias cidades visitadas, uso de fumaça colorida pela primeira vez no modelo A-29 Super Tucano e estreia de uma nova manobra, a Força Aérea Brasileira (FAB) teve presença marcante nas comemorações dos duzentos anos de independência do Brasil com as demonstrações da Esquadrilha da Fumaça.

O Circuito Bicentenário da Independência passou por oito capitais e mais duas cidades: Salvador (BA); Teresina (PI); Fortaleza (CE); Natal (RN); Caruaru e Recife (PE); Palmas (TO); Brasília (DF); Rio de Janeiro (RJ) e Aparecida de Goiânia (GO), nessa ordem. As demonstrações na capital do País, assim como para os cariocas, aconteceram no dia sete de setembro e tiveram como destaque a fumaça colorida nos céus das duas capitais, nunca antes usada no Embraer A-29.

Por 18 dias, a equipe do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), da Força Aérea Brasileira, circulou por quatro regiões do País a fim de celebrar o Bicentenário da Independência e comemorar esta importante data com o povo brasileiro.

“As demonstrações da Esquadrilha da Fumaça representando a nossa Força Aérea Brasileira por várias partes do País é sinônimo de independência e soberania. A fumaça colorida saindo dos aviões em pleno 7 de setembro abrilhantou ainda mais a comemoração”, afirmou o Tenente-Coronel Aviador Daniel Garcia Pereira, Comandante da Esquadrilha da Fumaça.

 

 

Manobra nova

Na demonstração feita no Rio de Janeiro, a Esquadrilha da Fumaça realizou uma manobra nova com oito aeronaves (clique no link para ver em vídeo), batizada de “DNAZÃO”.

Para isso, três aviões ficam lado a lado em voo normal, outros três ficam em voo invertido (de cabeça para baixo) por cima e duas aeronaves giram ao redor, contornando os rastros de fumaça dos seis aviões à frente e formando o desenho semelhante à molécula de DNA. Em apresentações rotineiras, a mesma manobra é realizada com fumaça branca, e com apenas três aviões.

Ao longo do circuito, milhões de pessoas puderam assistir às apresentações dos A-29 Super Tucano, que levam a bandeira do Brasil na cauda. Em todos os pontos, um grande público fez questão de se deslocar até o local e prestigiar as acrobacias dos aviões da FAB.

Na capital piauiense, Fernanda Martins C. Demes, 43, assistiu com a filha Milla C. Demes, de 11 anos, e a emoção tomou conta das duas teresinenses. “Depois de 12 anos, a Esquadrilha da Fumaça voltou para tornar os céus de Teresina mais cheios de vida. Ter a Esquadrilha aqui foi um momento único de emoção, e que nos enche de orgulho”, ressaltou.

A Base Aérea de Salvador teve seus portões abertos para o público ter diversas interações com as atividades aeronáuticas, além de música ao vivo do cantor Waldonys e a demonstração aérea da Esquadrilha da Fumaça.

“Foi um evento em comemoração ao Bicentenário da Independência do nosso País, mas também aos 80 anos da Base Aérea de Natal, e ter a Esquadrilha da Fumaça aqui certamente contribuiu para abrilhantar ainda mais esse importante evento com milhares de pessoas assistindo, cujo principal objetivo é integrar a sociedade, a nossa comunidade potiguar, às atividades da Base Aérea”, afirmou o Brigadeiro do Ar Éric Cézzane Cólen Guedes, Comandante da Base Aérea de Natal.

Palestras para estudantes

Além das demonstrações aéreas, a equipe da Esquadrilha da Fumaça também realizou palestras em escolas cívico-militares, na cidade de Natal e na Base Aérea de Recife. São escolas da rede pública que recebem apoio de militares da reserva com o objetivo de transmitir valores como patriotismo, disciplina, espírito de corpo e respeito à hierarquia.

Para o Major Especialista Adjailson de Sousa Araújo, militar da reserva da Força Aérea Brasileira, que presta serviço à Escola Municipal Cívico-Militar Professora Maria Alexandrina Sampaio, “a vinda de militares da Esquadrilha da Fumaça certamente foi muito importante para os alunos e tenho a plena certeza de que muitos foram impactados e motivados para se dedicarem aos estudos”.

Em palestra para a Escola Municipal Professor Veríssimo de Melo, o Capitão Aviador Leonardo Augusto Reis Leite, piloto de posição número #7 da Esquadrilha da Fumaça, enfatizou que “contar um pouco sobre a história da Esquadrilha da Fumaça e passar os valores que aprendemos nas Forças Armadas aos jovens que têm potencial e idade para o ingresso, é sempre um privilégio”.

Para o Capitão Aviador Ícaro Bomtempo Furtado, piloto número #5 do EDA, “é uma das nossas atribuições, em missão, passar conhecimento aos jovens sobre a Força Aérea Brasileira e as formas de ingresso”.

Treinamentos com simulador

Como parte do programa de manutenção operacional dos pilotos, os treinamentos em simuladores de voo preveem treinar o que não é possível ser feito em voo, principalmente a parte de emergência.

“Problemas técnicos, panes no avião, entre outros demais fatores que podem ocorrer após a decolagem. Para os pilotos da Fumaça, este treinamento é anual, e pode ser realizado em Natal (RN), Campo Grande (MS), Porto Velho (RO) ou Boa Vista (RR). Como estamos em Natal, fizemos o aproveitamento da agenda para realizar as atividades de simulador”, comenta o Major Aviador Rafael Magri Grothe, um dos pilotos da Fumaça.

Houve, ainda, a participação do Tenente-Coronel Aviador Daniel Garcia Pereira, Comandante da Esquadrilha da Fumaça, no Esquadrão de Demonstração Aérea Virtual (EDAV), grupo de aviadores que utilizam simuladores de voo para computadores objetivando recriar com precisão as operações do EDA da Força Aérea Brasileira.

O grupo representa o Brasil no Virtual Festival Aerobatic Teams (VFAT), maior evento de show aéreo virtual do mundo. “De fato existe um ganho operacional nesta atividade, para a Esquadrilha da Fumaça, para os cadetes e mais ainda para incentivar os jovens às atividades aeronáuticas”, declara o Comandante.

De acordo com Dino Lincoln, líder do esquadrão virtual, “a Fumaça colabora sobremaneira para o entrosamento da aviação civil e militar, e este encontro é uma prova disso. Este evento com o EDA foi marcante para o nosso grupo. Foi possível trocar conhecimentos, estreitar laços e ainda disponibilizar para a Força Aérea Brasileira tecnologias e conteúdos técnicos desenvolvidos pelo EDAV ao longo de décadas. Foi um encontro pela pessoa do Tenente-Coronel Garcia, que reflete em sua tropa o excepcional trato com o público, divulgando, assim, o melhor da nossa Força Aérea Brasileira”, pontuou.

Informações do Esquadrão de Demonstração Aérea

PORTAL AEROFLAP


Ao som de Foo Fighters, Esquadrilha da Fumaça divulga imagens incríveis de apresentação no Rio de Janeiro


Gabriel Centeno | Publicada em 14/09/2022 17:29

A apresentação do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA) sobre o Rio de Janeiro marcou o retorno do uso da fumaça colorida e a demonstração de uma manobra inédita. Dias depois, a unidade, popularmente conhecida por Esquadrilha da Fumaça, publicou imagens incríveis do voo na Praia de Copacabana. 

O vídeo de 50 segundos tem como trilha sonora a canção These Days, da banda norte-americana Foo Fighters. O vídeo foi compartilhado pelo EDA em seu perfil no Instagram e pela Força Aérea Brasileira (FAB) no Twitter, e mostra a equipe executando uma nova manobra nos céus do Rio de Janeiro no dia 7 de setembro.

A manobra consiste em seis A-29 Super Tucano voando na formação Espelhão (três aviões em voo normal, com outros três em voo de dorso). Logo atrás, fechando oito aeronaves, mais dois A-29 voaram em torno da trilha de fumaça.

A quantidade de aviões também é incomum, já que a Esquadrilha se apresenta com sete aeronaves. 

E falando em fumaça, a apresentação no Rio de Janeiro marcou a primeira demonstração completa da Esquadrilha usando a fumaça colorida nos turboélices A-29. As aeronaves ‘despejaram’ a fumaça nas cores verde, amarelo e azul, junto do tradicional branco. 

Horas antes, o EDA havia aberto o desfile cívico-militar em Brasília, celebrando o bicentenário da Independência do Brasil. A equipe fez passagens sobre a Capital Federal, mas não uma apresentação completa como a realizada no Rio de Janeiro. 

Ainda não se sabe se a manobra nova e a fumaça colorida foram uma demonstração única ou farão parte das apresentações da Esquadrilha daqui para frente. 

 

 

OUTRAS MÍDIAS


ALECE - Veteranos da Força Aérea recebem homenagem na Alece nesta quinta


Redação | Publicada em 14/09/2022 10:25

A Assembleia Legislativa do Estado do Ceará (Alece) realiza, na quinta-feira (15/09), às 18h, solenidade em homenagem ao grupo de veteranos da Força Aérea Brasileira que serviram na Base Aérea de Fortaleza. A sessão solene será realizada no Plenário 13 de Maio, atendendo a requerimento do deputado Heitor Férrer (União).

Segundo o parlamentar, a Base Aérea tem sido um pilar de civismo e brasilidade devido ao desempenho de oficiais e praças que serviram e servem na instituição e que apresentam reconhecida contribuição para o desenvolvimento socioeconômico e cultural do Brasil.

O grupo de veteranos é formado por cearenses e brasileiros de outros estados, que serviram na Base Aérea de Fortaleza em vários graus hierárquicos e em diferentes períodos. “Essa turma de veteranos visa guardar a memória da caserna, mas, sobretudo, preservar os valores do respeito, da disciplina e do amor à pátria, servindo a sociedade na vida civil nas mais diversificadas profissões. Homenageá-los constitui uma atitude de reconhecimento desta Casa do Povo para o trabalho cívico que desenvolvem em prol da sociedade”, explica Heitor Férrer.

A Base Aérea de Fortaleza remonta a 1933, com a criação do 6º Regimento de Aviação (RAv), da antiga Aviação Militar do Exército. Contudo as atividades tiveram início apenas em 21 de setembro de 1936, quando houve a ativação do Núcleo da Base Aérea. De 1939 até 22 de maio de 1941, o núcleo constituiu o 6º Corpo de Base Aérea, sendo oficializada a criação da Base Aérea de Fortaleza no fim desse período, sob o controle do recém-criado Ministério da Aeronáutica.