NOTIMP - NOTICIÁRIO DA IMPRENSA

Capa Notimp Acompanhe aqui o Noticiário relativo ao Comando da Aeronáutica veiculado nos principais órgãos de comunicação do Brasil e até do mundo. O NOTIMP apresenta matérias de interesse do Comando da Aeronáutica, extraídas diretamente dos principais jornais e revistas publicados no país.


PORTAL G1


Incêndio em pico mais alto de São Paulo é extinto após sete dias de combate às chamas

Chamas começaram na última quinta-feira (16), em Minas Gerais, e invadiram a área paulista no dia seguinte.

Por G1 Vale Do Paraíba E Região | Publicada em 23/07/2020 18:39

A operação de combate ao incêndio na Pedra da Mina, maior pico do Estado de São Paulo, decretou na tarde desta quinta-feira (23) o fim do incêndio no local. A extinção, decretada após 48 horas de monitoramento sem reignição, ocorre após sete dias de trabalho no local para combater as chamas.

O incêndio começou na última quinta-feira (16) na área mineira da Serra Fina, que faz parte da Serra da Mantiqueira. No dia seguinte, o incêndio avançou ao território paulista e atingiu a Pedra da Mina, considerado o maior pico de São Paulo e o quarto maior do país. A área queimada até terça-feira (21) era o equivalente a 460 campos de futebol.

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) afirma que o incêndio não teve causa natural, devido à ausência de chuvas e descargas elétricas no período. A entidade iniciou as investigações de causa e origem do incêndio. Nesta quinta-feira, foi realizada a análise de campo, que já identificou a provável causa e origem da primeira ignição. O ICMBio espera identificar e punir os responsáveis.

O combate ao incêndio envolveu um grupo de 100 profissionais no combate direto. São bombeiros de São Paulo e Minas Gerais, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Instituto Estadual de Florestas (IEF-MG), Força Aérea Brasileira (FAB), do Comando da Aviação do Exército (Cavex) e Marinha. Outros 90 voluntários também auxiliaram as equipes.

Foram utilizadas aeronaves como Pantera (Exército), EC225 (Marinha), Esquilo (Instituo Florestal), Hércules (FAB) e helicóptero Águia da PM durante as ações.

Operação Verde Brasil 2 resulta na apreensão de 167 m³ de madeira e mais de R$ 950 mil de multas

Balanço da ação, que completou um mês no último 30 de junho, foi divulgado nesta quinta-feira (23), pelo ministro da Defesa, General Fernando Azevedo e Silva.

Por G1 Pa | Publicada em 23/07/2020 21:49

A operação Verde Brasil 2 resultou na apreensão de 167,334 m³ de madeira, R$ 951 mil de multas aplicadas por irregularidades diversas, 300 litros de combustível que seriam usados em possíveis queimadas, quatro pessoas detidas e 57 materiais recolhidos por serem utilizados em ações criminosas ao meio ambiente. O balanço da ação, que completou um mês no último 30 de junho, foi divulgado nesta quinta-feira (23).

O ministro da Defesa, General Fernando Azevedo e Silva, apresentou os números durante reunião no final da manhã com representantes do Governo Estadual para debater a atuação estratégica das Forças Armadas e do efetivo estadual no combate aos crimes ambientais no Bioma da Amazônia no Pará. A reunião de trabalho foi realizada na Ala 9 – Base Aérea Militar, em Belém.

O ministro da Defesa destacou, também, que a Amazônia é uma área de atuação prioritária da pasta devido ao interesse geoestratégico para o País e a proteção da biodiversidade, dos recursos minerais, hídricos, além do potencial energético. “Estamos preparados e empenhados”, afirmou.

Também participaram da reunião do trabalho o secretário de Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará, José Mauro O' de Almeida, além dos comandantes do Exército, Marinha e Aeronáutica.

JORNAL DA BAND - TV


Covid-19: Militares orientam ribeirinhos na Ilha do Marajó a se proteger do vírus


Valteno De Oliveira | Publicada em 23/07/2020 21:34

Uma cidade onde o transporte é feito só de bicicleta! O segundo episódio da série especial do Jornal da Band "Destino Amazônia" mostra a Ilha do Marajó, no Pará, onde os militares trabalham para orientar a população ribeirinha a se proteger da Covid-19.

PORTAL TERRA


Vestibular ITA 2021 vai ampliar em 25% número de vagas para cursos superiores


Eduarda Andrade | Publicada em 23/07/2020 13:41

Nessa segunda-feira (20), o Ministério da Educação (MEC) informou que está amplificando o número de vagas para os processos seletivos do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), localizado em São José dos Campos (SP). Ao todo, serão acrescentados mais 30 alunos em cada curso, contabilizando um reajuste de 25% no quantitativo total de aceitos para o vestibular ITA 2021. 

Atualmente, o vestibular do ITA oferece 120 vagas. O número foi reajustado para 150, sendo 119 destinadas para aqueles que decidirem cursar a graduação como civis.

Já as pessoas que quiserem seguir carreira militar no Quadro de Oficiais Engenheiros (QOEng), terão que conquistar uma das 31 vagas disponíveis.  

Para justificar o acréscimo no vestibular ITA 2021, o governo federal informou que se trata de uma decisão com a finalidade de fomentar o mercado de engenheiros.

De acordo com o comunicado, atualmente há uma grande demanda para o setor que necessita de mão de obra qualificada para atende-la.  

Diretor-Geral do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), Major-Brigadeiro do Ar Hudson Costa Potiguara, explicou que as novas candidaturas são importantes para que os jovens passem a ingressar nos projetos de desenvolvimento do país.  

“Como referência mundial na área de ciência e tecnologia, é extremamente importante que o ITA tenha esse aumento de engenheiros qualificados para atender as demandas nacionais e para o desenvolvimento de projetos espaciais”, destacou. 

Sobre o vestibular ITA 2021
Considerado um dos processos seletivos mais concorridos nacionalmente, o ITA oferece os seguintes cursos: Engenharia Aeronáutica, Engenharia Eletrônica, Engenharia Mecânica-Aeronáutica, Engenharia Civil-Aeronáutica, Engenharia de Computação e Engenharia Aeroespacial.  

É preciso ficar atento, pois as vagas oferecem duas opções. A ativa, é destinada para quem quiser ocupar carreira militar no Quadro de Oficiais Engenheiros (QOEng) da Força Aérea Brasileira. Já a reserva é para os candidatos com interesse no Quadro de Engenheiros da Aeronáutica. 

O edital da seleção de 2021 já está disponível no Site do ITA e o período de inscrição é entre o dia 1 de agosto até 15 de setembro. As provas da primeira fase vão ocorrer no dia 20 de novembro e as da segunda fase entre os dias 8 e 9 de dezembro.  

Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco e formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.

PORTAL DEFESANET


Organizações Militares realizam cerimônias alusivas ao aniversário de Santos-Dumont

Homenagem também ocorreu na Presidência da República

Agência Fab | Publicada em 23/07/2020 11:11

Organizações Militares (OMs) da Força Aérea Brasileira (FAB) realizaram, nessa segunda-feira (20), cerimônias militares alusivas ao 147º aniversário de Alberto Santos-Dumont, Pai da Aviação e Patrono da Aeronáutica Brasileira. Uma homenagem também foi registrada na Presidência da República.

Durante as solenidades, foram entregues as Medalhas Mérito Santos-Dumont e Bartolomeu de Gusmão, pela prestação de notáveis serviços à Aeronáutica Brasileira. Em todos os eventos, os participantes seguiram os protocolos de segurança para o enfrentamento ao novo Coronavírus, utilizando Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e respeitaram o distanciamento previsto. Confira os destaques:

Presidência da República homenageia Santos-Dumont
A solenidade ocorreu no Auditório do Anexo do Palácio do Planalto e contou com a presença do Ministro-Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI-PR), General Augusto Heleno; do Secretário de Assuntos de Defesa e Segurança Nacional do GSI-PR, Major-Brigadeiro do Ar Ary Soares Mesquita; de Oficiais-Generais do Exército Brasileiro, da Marinha do Brasil e da Força Aérea Brasileira, além de autoridades civis.

Na oportunidade, foi feita a leitura da Ordem do Dia assinada pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, bem como a imposição das medalhas Mérito Santos-Dumont e Bartolomeu de Gusmão aos militares e personalidades civis que atuam na Presidência da República. Em seu pronunciamento, o General Heleno enalteceu os feitos do Pai da Aviação. “Destaco seu reconhecimento internacional e sua valiosa contribuição à humanidade, a partir do seu idealismo e abnegação”, disse.

Representando a FAB, o Major-Brigadeiro Ary parabenizou os agraciados e convidou para uma visita à exposição instalada no Palácio do Planalto, durante esta semana, sobre a vida e os feitos de Santos-Dumont.

EEAR presta homenagem a Santos-Dumont e entrega condecorações
A Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), localizada em Guaratinguetá (SP), comemorou por meio de uma cerimônia militar os 147 anos de Santos-Dumont. Realizou, também, a imposição das Medalhas Mérito Santos-Dumont e Bartolomeu de Gusmão. A solenidade, presidida pelo Comandante da EEAR, Brigadeiro do Ar Antonio Luiz Godoy Soares Mioni Rodrigues, obedeceu às orientações quanto às medidas preventivas de combate ao novo Coronavírus e, por isso, ocorreu em local arejado, mantendo o distanciamento recomendado e sem a presença de tropa e familiares dos homenageados.

“Se hoje a Força Aérea Brasileira goza do privilégio de ser uma Instituição de destaque nesta Nação, não há dúvida de que esse sucesso deve-se ao somatório de oportunas iniciativas, abnegações e vontade de bem servir ao semelhante por parte de muitos integrantes do seu efetivo. Como Comandante desta Guarnição, sinto-me honrado e orgulhoso de poder contar com um grupo de militares tão seletos e comprometidos. Dessa forma, congratulo-me com os senhores e senhoras pela distinção recebida”, destacou o Brigadeiro Soares, sobre a importância da data.

Oficiais, Graduados e Praças, pertencentes às diversas Organizações Militares da Guarnição de Aeronáutica de Guaratinguetá, foram agraciados com as comendas. O Tenente Especialista em Comunicações, Paulo Cézar Silva de Souza, recebeu a Medalha Mérito Santos-Dumont. “Ser agraciado com esta medalha representa a coroação de uma realização profissional por todos os anos dedicados à Força Aérea Brasileira”, disse. Já o Suboficial Clayton Corrêa Alves recebeu a Medalha Bartolomeu de Gusmão. “Sempre fiz o que devia ser feito, da melhor maneira possível e procurando ajudar o próximo. Receber esta medalha é fruto do reconhecimento da Força Aérea Brasileira a todo esse trabalho, o que me motiva e mostra que estou no caminho certo, em minha carreira e na vida pessoal”, enfatizou.

CIAAR: Homenagens e entrega de medalhas
O Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), localizado em Lago Santa (MG), também prestou homenagem a Santos-Dumont, por meio de uma cerimônia militar realizada nas dependências da Unidade e que cumpriu todos os protocolos de enfrentamento à COVID-19. O ato, que foi presidido pelo Comandante do CIAAR, Brigadeiro do Ar Max Cintra Moreira e esteve acompanhado do Chefe do Grupamento de Apoio de Lagoa Santa (GAP-LS), Tenente-Coronel Intendente Rodrigo Moro Loureiro, um dos paraninfos neste evento.

Ao todo, foram condecorados quatro militares da Guarnição de Aeronáutica de Belo Horizonte (GUARNAE-BH), sendo dois do CIAAR e dois do GAP-LS. O Major de Infantaria Felipe Barbosa Alvarenga, um dos agraciados, disse da felicidade ao receber a medalha. “Materializa o reconhecimento profissional pelo tempo de vida dedicado com honra e lealdade à Força Aérea Brasileira, convicto de servir à Pátria como realização pessoal e sentimento do dever", destaca.

Ala 1 entrega Medalhas Bartolomeu de Gusmão
A solenidade foi presidida pelo Comandante da Ala 1 – Base Aérea de Brasília (DF), Brigadeiro do Ar José Ricardo de Meneses Rocha, acompanhado do Graduado Master da Guarnição de Aeronáutica de Brasília, Suboficial Fernando César Batista dos Santos. Neste ano, nove Medalhas Bartolomeu de Gusmão foram entregues a militares e civis das diversas Organizações Militares que compõem a Guarnição.

Em seu discurso, o Brigadeiro Meneses lembrou que a cerimônia é realizada com as devidas restrições em razão do enfrentamento ao novo Coronavírus. “Tínhamos que escolher o momento adequado e com segurança para todos. Por isso, homenageamos nossos militares por notório saber e competência e de grandiosa contribuição à FAB ao longo dessa jornada”, afirmou.

A Medalha Bartolomeu de Gusmão é o reconhecimento dado àqueles que tenham prestados serviços relevantes ao Comando da Aeronáutica, que geralmente ocorrem com o sacrifício pessoal em prol das atividades funcionais, para o cumprimento de sua missão e para o bem servir à sociedade. O Suboficial Especialista em Topografia Manoel Vitor dos Santos, do efetivo da Diretoria de Infraestrutura da Aeronáutica de Brasília (DTINFRA-BR), foi um dos agraciados com a condecoração. "Completei 30 anos de serviço e hoje, neste momento ímpar na minha carreira, fico honrado por receber essa medalha, pois sei que é o reconhecimento do meu esforço em servir a Força Aérea Brasileira", revelou.

Ala 2 entrega as Medalhas Santos-Dumont e Bartolomeu de Gusmão
A cerimônia militar de homenagem a Santos-Dumont também foi realizada na Ala 2 – Base Aérea de Anápolis (GO), quando ocorreu a entrega de nove Medalhas Mérito Santos-Dumont e cinco Medalhas Bartolomeu de Gusmão para Oficiais e Graduados da Guarnição. O Comandante da Ala 2, Coronel Aviador Gustavo Pestana Garcez, destacou a importância em reconhecer os militares pelo serviço prestado à Força Aérea. “Mesmo com uma cerimônia simples e adaptada para respeitar os protocolos de saúde devido à pandemia, ficamos felizes em poder manter a chama acesa e prestar este reconhecimento”, ressaltou.

O Tenente Especialista em Serviço de Manutenção, Fernando dos Santos Cordeiro, completou 32 anos de carreira militar e recebeu a Medalha Mérito Santos-Dumont. "Este é um reconhecimento pleno da minha carreira, em que sempre busquei melhores oportunidades e hoje sou realizado na Força Aérea Brasileira”, destacou.

Oficiais e graduados são condecorados na Ala 5
Militares da Guarnição de Aeronáutica de Campo Grande (MS) foram condecorados em cerimônia interna presidida pelo Comandante da Ala 5, Brigadeiro do Ar Luiz Cláudio Macedo Santos. As Medalhas Mérito Santos-Dumont, foram entregues ao Major Aviador Hugo Farias Palmeira; Major de Infantaria Leonardo Lopes Teixeira; Subtenente Intendente Joaquim Mendes Filho, do Exército Brasileiro; Suboficial Jair Amaral Bomfim Júnior; Suboficial Edilson dos Santos Bastos; Suboficial Paulo Henrique Veras da Silva; Sargento Afrânio do Nascimento Furtado; Sargento Fabrício Pereira Vernetti e Sargento Cláudio Constantino Vasconcelos Júnior.

A medalha Bartolomeu de Gusmão foi entregue ao Subtenente Intendente Joaquim Mendes Filho, do Exército Brasileiro; Suboficial Anderson Luís Borges Nunes; Suboficial André Luís Escobar da Silva; Suboficial André de Lima Oliveira; Sargento Ricardo de Mello Pinheiro; Sargento Gerson Carvalho de Almeida e Sargento Ana Carolina Cardoso.

Cerimônia na Ala 7 marca o 147º aniversário de Santos-Dumont
A cerimônia militar realizada na Ala 7 – Base Aérea de Boa Vista, em Roraima, foi presidida pelo Comandante da Unidade, Coronel Aviador Newton de Abreu Fonseca Filho, que fez a leitura da Ordem do Dia e a imposição das condecorações, bem como cumprimentou os militares pelas destacadas honrarias.

Na oportunidade, foi entregue a Medalha Mérito Operacional Brigadeiro Nero Moura ao Comandante do Primeiro Esquadrão do Terceiro Grupo de Aviação (1º/3º GAV) – Esquadrão Escorpião, Tenente-Coronel Aviador João Paulo Gomes Lima da Silva. A honraria enaltece a figura do líder e do comandante operacional, além de ser uma distinção concedida a militares do Comando da Aeronáutica que exerçam o cargo de comandante de unidade aérea por sua conduta em prol da operacionalidade da organização e da Força Aérea Brasileira.

A Medalha Bartolomeu de Gusmão foi concedida ao Suboficial Claudio de Azevedo Mecenas; ao Suboficial Paulo Roberio de Sousa; à Suboficial Renata dos Santos Silva; e ao Sargento Jorge Luciano Filho. 

Já a Medalha Mérito Santos-Dumont foi entregue ao Major Especialista em Aviões, Ricardo Oliveira da Silva, e ao Sargento Carlos Henrique Gomes da Silva. 

Ala 11 realiza entrega de medalhas
A solenidade alusiva ao aniversário de nascimento do Pai da Aviação e Patrono da Força Aérea Brasileira, Alberto Santos-Dumont ocorreu, também, na Ala 11 – Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro (RJ). Na ocasião, foram realizadas as entregas das Medalhas Mérito Santos-Dumont ao Major Horacio Fernando Pinto, ao Suboficial Luiz Carlos da Silva Costa, ao Sargento Alexsandro Lange de Mesquita e ao Sargento Alexandre Soares da Silva. Já a Medalha Bartolomeu de Gusmão foi entregue ao Suboficial Francisco Olegário da Silva, ao Suboficial Flávio Batista Lobato Barros, ao Suboficial André Luiz do Nascimento Pereira, ao Sargento Jorge Luís Viana Dias e ao Sargento Renato da Silva Ferreira.

A cerimônia foi presidida pelo Comandante Interino da Ala 11, Coronel Aviador Regis Augusto Azevedo Peroba e contou com a presença dos Comandantes de unidades sediadas no Galeão e os paraninfos, que foram os chefes dos militares homenageados.

CDA recorda conquistas de Santos-Dumont
O Comando-Geral de Pessoal (COMGEP), por meio da Comissão de Desportos da Aeronáutica (CDA), recordou neste 147º aniversário de Santos-Dumont suas expressivas conquistas. De acordo com a CDA, tais conquistas, além do marco aeronáutico, representaram o início da história do desporto na Força Aérea. Santos-Dumont foi o primeiro brasileiro homenageado pelo Comitê Olímpico Internacional com o Diploma Olímpico, considerado um sportsman, já que expressava valores que se associam ao Olimpismo, como a determinação, a persistência e o fairplay. Além disso, ele também foi praticante de diversos esportes como golfe, ciclismo e tênis.

Nascido em 20 de julho de 1873, em Minas Gerais, Santos-Dumont foi reconhecido por sua ousadia e inquietação. O título de Pai da Aviação e Patrono da Aeronáutica Brasileira foi designado por ter sido um personagem de valor à história aeronáutica no Brasil e no mundo. Ele integrou um seleto grupo de inventores daquela época, tendo começado a história aeronáutica com a invenção de balões dirigíveis em 1898. Dois anos depois, aos 28 anos, Santos-Dumont contornava a Torre Eiffel com seu dirigível, fato jamais ocorrido antes.

DEFESA AÉREA & NAVAL


C-130 Hércules da FAB apoia combate a incêndio na Serra da Mantiqueira


Luiz Padilha | Publicada em 23/07/2020 13:12

Uma aeronave C-130 Hércules, da Força Aérea Brasileira (FAB), decolou, no domingo (19) e na segunda (20), da Ala 11 – Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro (RJ), para apoiar as ações de combate ao incêndio na Serra Fina, que fica na Área de Proteção Ambiental da Serra da Mantiqueira, na divisa dos estados de Minas Gerais e São Paulo. A região da Serra Fina fica a cerca de 2.700 metros acima do nível do mar, onde está localizado o 4° maior pico brasileiro e maior do Estado de São Paulo, o Pico da Pedra da Mina.

O C-130 Hércules, operado pelo Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte (1°/1° GT) – Esquadrão Gordo, utiliza o Sistema de Combate a Incêndio Modular Airborne Fire Fighting System (MAFFS).  O equipamento conta com dois tubos que projetam água pela porta traseira do avião, a uma altura aproximada de 150 pés (cerca de 46 metros). A aeronave tem capacidade de lançamento de até 12 mil litros de água. Além disso, o reservatório em solo tem capacidade para 22 mil litros de água.

De acordo com o Comandante da aeronave do domingo (19), Capitão Aviador Guilherme Guimarães Neto, é uma honra cumprir a missão de grande relevância. “Atuamos em missões no gelo, busca e salvamento, lançamento de paraquedista, transporte de carga, reabastecimento em voo e, hoje, temos a oportunidade de apoiar os esforços dos órgãos de combate a incêndio, de modo a minimizar os danos na Serra da Mantiqueira “, disse.

O Sargento Especialista em Mecânica de Aeronaves Rodrigo Jorge Vieira Lima Faria, também fez parte da tripulação que participou da operação no domingo. “É difícil descrever a honra de participar dessa missão, por saber que a Força Aérea, mais uma vez, demonstra sua disponibilidade à população brasileira”, disse.

Nesta segunda (20), integrou a equipe de solo o Sargento Marcos Paulo Siqueira de Souza. Ele participou da missão com a responsabilidade de abastecer a aeronave com água. Para ele, pela urgência da missão, é um orgulho fazer parte da ação. “É uma emoção imensa poder contribuir com esta equipe”, disse.

Acionamento
O Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), organização da Força Aérea Brasileira responsável pela missão, realizou a coordenação junto ao Ministério da Defesa. Também participam da operação helicópteros da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro.

O Ministério da Defesa foi acionado, neste sábado (18), com o objetivo de realizar o transporte de brigadistas. O apoio das aeronaves das Forças Armadas foi solicitado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Em função das grandes altitudes nas quais o combate ao incêndio está ocorrendo, as aeronaves militares, de maior potência operacional, possuem especial importância. Além do ICMBio, diversas instituições dos estados de São Paulo e de Minas Gerais também atuam na operação, com o emprego de brigadistas e aeronaves.
Preparo 
Um dos fatores fundamentais para o sucesso de qualquer missão é o preparo operacional das tripulações. Para atingir alto nível técnico e doutrinário, agindo com a pronta-resposta requerida na execução das ações, os Esquadrões da Força Aérea realizam treinamentos regulares. Neste contexto, o Comando de Preparo (COMPREP) tem papel relevante. Como Comando Operacional encarregado de fixar os padrões de eficiência, planejar o treinamento e avaliar o desempenho das unidades subordinadas, a partir das capacidades definidas pelo Comandante da Aeronáutica, também coordena a formulação da Doutrina Aeroespacial, em consonância com as experiências adquiridas e os sistemas de armas incorporados à FAB.

Helicóptero H225M da FAB realiza resgate de tripulante com suspeita de Covid-19 em navio a 140 Km de Maceió


Guilherme Wiltgen | Publicada em 23/07/2020 19:22

O Salvamar Nordeste, da Marinha do Brasil, coordenou, no dia 22 de julho, a evacuação aeromédica de um tripulante do Navio Mercante “Fairchem Blue Shark”, que apresentou problemas de saúde a bordo.

O tripulante, de nacionalidade indiana, de 46 anos, teve febre, dores no corpo e dificuldade respiratória, o que exigiu a adoção dos protocolos de saúde e sanitários adequados, por se tratar de caso suspeito de Covid-19.

O resgate foi realizado após solicitação de assistência médica do navio, que se encontrava a 76 milhas náuticas, equivalente a 140 quilômetros, de Maceió-AL.

Ao tomar conhecimento do caso, o Salvamar Nordeste coordenou uma Operação de Busca e Salvamento e solicitou apoio de uma aeronave H-36 Caracal, do Esquadrão Falcão (1º/8ºGAV), da Força Aérea Brasileira, que resgatou o tripulante a bordo do navio e o transportou em segurança até a capital alagoana.

Em Maceió-AL, a equipe de Busca e Salvamento da Capitania dos Portos de Alagoas realizou contato com o Agente de Navegação do navio para acionamento de uma ambulância, bem como acompanhou o deslocamento do tripulante até o hospital, onde foi prestado o atendimento médico adequado.

OUTRAS MÍDIAS


PORTAL CLICKPB - Marinha, Exército e Força Aérea Brasileira realizam Campanha de Doação de Sangue em João Pessoa

A campanha tem a finalidade de aumentar o estoque dos bancos de sangue durante a pandemia do coronavírus.

Por Redação | Publicada em 23/07/2020 09:09

A Marinha do Brasil (Comando do 3o Distrito Naval), Exército Brasileiro (7ª Brigada de Infantaria Motorizada) e Força Aérea Brasileira (ALA 10) realizam nesta quinta-feira (23), a partir das 9h, uma Campanha de Doação de Sangue no Hemocentro da Paraíba, em João Pessoa.

A campanha tem a finalidade de aumentar o estoque dos bancos de sangue durante a
pandemia do coronavírus, em ação que contará com a participação da Capitania dos Portos da Paraíba e do 15º Batalhão de Infantaria Motorizado.

O Comando Conjunto Rio Grande do Norte e Paraíba é um dos 10 Comandos Conjuntos ativados pelo Ministério da Defesa, em março deste ano, no âmbito da Operação COVID-19, no combate aos impactos do coronavírus no Brasil.