NOTIMP - NOTICIÁRIO DA IMPRENSA

Capa Notimp Acompanhe aqui o Noticiário relativo ao Comando da Aeronáutica veiculado nos principais órgãos de comunicação do Brasil e até do mundo. O NOTIMP apresenta matérias de interesse do Comando da Aeronáutica, extraídas diretamente dos principais jornais e revistas publicados no país.


PORTAL METROPOLES (DF)


Começam nesta segunda inscrições para vagas temporárias na Aeronáutica

Corporação, que integra as Forças Armadas, oferece 89 postos de trabalho, com salário de até R$ 1.997

Publicada em 07/10/2019 05:13

Começam, nesta segunda-feira (07/10/2019), as inscrições para processo seletivo da Aeronáutica para formação de cadastro reserva em diversas funções. As 89 vagas são para a Comissão de Aeroportos da Região Amazônica, em Oriximiná, no Pará. Os salários vão de R$ 1.001 até R$ 1.997, entre níveis fundamental e médio de escolaridade.

Auxiliar de cozinha, servente de obras e vigia são as oportunidades para o nível auxiliar 1. Borracheiro, carpinteiro, cozinheiro em geral, eletricista de instalações (veículos automotores), ferramenteiro, lubrificador de automóveis, mecânico de manutenção de máquinas em geral, motorista de caminhão (rotas regionais e internacionais), operador de betoneira, operador de máquinas de construção civil e mineração, pintor de obras e soldador, por sua vez, vão para o nível auxiliar 2.

Por fim, no nível intermediário, há vagas para técnico de segurança no trabalho e topógrafo. O cargo de servente de obras é o que mais oferece oportunidades: 30 no total, com salário de R$ 1.001. Para ver o edital completo, clique aqui.

Datas

As inscrições vão desta segunda-feira (07/10/2019) até a sexta (11/10/2019). Em 14 de outubro, os responsáveis divulgarão a lista de classificação preliminar dos candidatos selecionados para a avaliação curricular.

Depois, a entrega da documentação para a avaliação curricular vai de 15 a 18 de outubro. A avaliação em si ocorre nos dias 21 e 22 de outubro, enquanto o resultado sai em 23 de outubro. Após os recursos, a divulgação da lista de classificação final do cadastro reserva está marcada para 28 de outubro.

OUTRAS MÍDIAS


United States Space Command - USSPACECOM Hosts Sixth Space Experiment with 16 International Partners


Peterson Air Force Base | Publicada em 02/10/2019 09:04

Brazilian Air Force Maj. Rafael de Almeida Duque, Brazilian Aerospace Command, collaborates with Spanish Air Force members at Lockheed Martin’s Center for Innovaton in Suffolk, Va., Sept. 27, 2019, during Global Sentinel 19. During the week, each participating nation maintained a space operations center (SpOC) to command and control their SSA space situational awareness. (U.S. Air Force photo by Staff Sgt. J.T. Armstrong)

Military partners from around the world pose for a portrait infront of Lockheed Martin’s Center for Innovation in Suffolk, Va., Sept. 27, 2019, during Global Sentinel 19. U.S. Space Command led the sixth international space experiment, GS 19, Sept. 23-27. (U.S. Air Force photo by Staff Sgt. J.T. Armstrong)

(From Left) U.S. Air Force Lt. Col. Galen Ojala, U.S. Southern Command Director of Space Forces, works with Brazilian Air Force Maj. Rafael de Almeida Duque, Brazilian Aerospace Command, at Lockheed Martin’s Center for Innovation in Suffolk, Va., Sept. 27, 2019, during Global Sentinel 19. The event provided an opportunity to develop and implement processes for partners from Australia, Canada, France, Germany, Italy, Japan, the Republic of Korea, Spain, the United Kingdom, the United States to collaborate on space surveillance and spaceflight safety to broaden mutual understanding and enhance cooperation. (U.S. Air Force photo by Staff Sgt. J.T. Armstrong)

Space Operators from allied nations around the world collaborate at Lockheed Martin’s Center for Innovaton in Suffolk, Va., Sept. 27, 2019, during Global Sentinel 19. During the week, each participating nation maintained a space operations center (SpOC) to command and control their SSA space situational awareness. (U.S. Air Force photo by Staff Sgt. J.T. Armstrong)

The sixth iteration of Global Sentinel 2019 brought 16 nations together at the Lockheed Martin Center for Innovation in Suffolk, Virginia, Sept. 23-27. U.S. Space Command led the annual international space experiment designed to promote spaceflight safety, international cooperation and data sharing.

GS19 provided an opportunity for 10 participating partner nations – Australia, Canada, France, Germany, Italy, Japan, Republic of Korea, Spain, United Kingdom and U.S. – to develop and implement processes, collaborate on space surveillance and spaceflight safety, broaden mutual understanding, and enhance space cooperation.

The collaborative relationships built between partner nations during GS events have proven beneficial and spurred interest in participation from additional nations. Representatives from Brazil, The Netherlands, Norway, Poland, Romania and Thailand attended in an “observer” status this year.

GS19 helped participants establish or refine tactics, techniques and procedures for combined space surveillance operations. Major Rafael Gonzalez Camara from Spain’s Space Surveillance Operations Center deemed the event a success.

“This year Spain was a full participant in GS19. It was an opportunity to network, see state-of-the-art technology and to share training, tactics and procedures with neighbors and space-leading nations,” he said. “GS19 [helped] us meet our needs as we [worked] our mission.”

During the week, each participating nation maintained a Space Operations Center to command and control their space situational awareness. The specific objective of this year’s campaign was to conduct and evaluate real-world field experiments. GS19 also provided a modeling and simulation demonstration that highlighted opportunities for participants to observe events of interest, enhancing their space domain awareness and ability to identify, characterize and track threats on orbit.

Rear Adm. Marcus A. Hitchcock, USN, USPACECOM Plans and Policy Director, spoke to making progress over recent years, and emphasized the need to keep the momentum going.

“Global Sentinel is foundational to spaceflight safety and conducting safe combined space operations, and it continues to expand as emerging partners want to add to the effort,” he stated. “This is a big year for Global Sentinel with participation expanding from 10 to 16 nations.”

Colonel Olivier Fleury, French Liaison Officer for Space, USSPACECOM Joint Plans Multinational Space Collaboration Office, said, “GS19 is about awareness in the space environment – identifying and reducing risks. The purpose is to recognize tools and data-sharing, compelling us to agree on clear goals.”

Fleury continued, “We came up with clear objectives that are beneficial. We identified tangible goals, and we will achieve them—interoperability to ensure space flight safety. In the meantime, France is fully committed to protect its interests in space and to keep its use peaceful,” he concluded.

GS events support U.S. national space security objectives to promote responsible and safe use of space as well as to partner with responsible nations, international organizations, and commercial firms. Each participating nation also shares common themes in their national policies, whether stated explicitly or inferred, to recognize the importance of spaceflight safety, seek increased international cooperation, and to ensure space security and protection.

Lt. Col. SeongHwan Choi, Chief of Korea Space Operations Center and Chief, Space Force Development Branch, explained the value of the exercise for his country, “GS19 is very beneficial to countries beginning space awareness. It provides standard milestones to other countries.”

Choi continued, “In one year South Korea participated in real world experiments that were very beneficial. GS19 is an adventure. Next year we look forward to space information tools and to share information.”

All representatives agreed that meeting others who share the SSA mission was beneficial as the U.S. maintains more than 100 SSA data sharing agreements with partner nations.

Major Rafael De Almeida Duque, Brazilian Air Force, Brazilian Aerospace Command Space Operations Center, said, “This was a great opportunity to know the SSA community, know the players. It is interesting to see someone is working to train people to conduct SSA, see tools demonstrated and receive an introduction to an SSA experiment.”

Lt. Col. Stegano Floris from Italian Air Force agreed.

“The framework is very large with no restriction of borders,” he said. “NATO or not, everybody can use the same tools with no difference. It is nice to capture knowledge with others who will be the drivers for the next agreements and memorandums of understanding for a more peaceful space.”

Many participants expressed optimism about the continued progress and how GS19 will help shape the future of international partnerships and collaboration in the space domain.

“This was a very good exercise for international cooperation, especially for collaboration. I would recommend this exercise for new entry countries due to the knowledge and relationships gained,” said Lt. Col. Sehoon Kim, Republic of Korea Liaison Officer to USSTRATCOM.

AGÊNCIA BRASÍLIA (DF) - Cerimônia de Troca da Bandeira Nacional reúne público recorde

Evento foi promovida pela FAB em parceria com a Secretaria de Turismo

Lucíola Barbosa | Publicada em 06/10/2019 16:04

Um público de aproximadamente seis mil pessoas acompanhou, na manhã deste domingo (6), a solenidade de substituição da Bandeira Nacional, realizada pela Força Aérea Brasileira (FAB), na Praça dos Três Poderes, em Brasília. A cerimônia foi coordenada pela Ala 1, que homenageou o Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira, celebrado no dia 23 de outubro. Entre as autoridades, prestigiou o evento o vice-governador Paco Britto. “Eu venho sempre que possível. Cada dia mais, (a solenidade) está mostrando o aumento do civismo que estamos resgatando dessa população”, frisou, referindo-se ao aumento do público a cada evento.

Paco parabenizou também o trabalho que a Secretaria de Turismo do DF (Setur) está fazendo nos Centros de Atendimento ao Turista (CATs). “Principalmente, por esse apoio, que vem aumentando (o interesse na população) em prestigiar as forças armadas”, elogiou, referindo-se ao fato de o Governo do Distrito Federal transformar a solenidade da Troca da Bandeira em um produto turístico, trabalho iniciado no começo deste ano. Trata-se do programa “Manhã Cívica-Brasília: o Brasil começa aqui”, realizado uma vez por mês, na solenidade da Troca da Bandeira pela Setur e parceiros.

Moradora do Guará, a cozinheira Brasileide Alves Costa, 58 anos, entendeu o recado e disse não perder uma cerimônia. “Amei a solenidade de hoje. Essa é a quarta vez que venho, e trouxe a família toda: filhos, netos. Não é à toa que tenho esse nome Brasileide. Tudo a ver com meu Brasil”, disse, divertida.

O comandante da FAB, tenente-brigadeiro Bermudez, destacou que a solenidade deste domingo foi especial, pois, no mês de outubro, a FAB comemora o primeiro voo do 14 Bis, feito por Santos Dumont, pai da aviação. Além disso, completou, a apresentação dos militares pode despertar vocações. “Esse evento interage com a comunidade e o público. É um momento especial”, valorizou.

Convidado pelo presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio/DF), Francisco Maia, o vice-governador Paco Britto visitou os estandes do Sistema S, dispostos no gramado em frente ao espaço onde foi realizado o desfile. A Fecomércio levou para o evento um grupo de diretores de 12 estados. O objetivo é que eles conheçam o Turismo Cívico da capital. “A cada Troca traremos mais pessoas que trabalham com Turismo Social nos outros estados, para que eles tragam para Brasília grupos de turistas interessados no Turismo Cívico“, adiantou.

Entre outras atrações da manhã cívica, além da tradicional troca da Bandeira, acompanhada pela salva de 21 tiros de canhão, houve a famosa demonstração da Esquadrilha da Fumaça; exposição de materiais militares; sobrevoo de aeronaves de caça – que rasgaram o céu de Brasília após o anúncio feito pelo cerimonial sobre os “voos mais seguros”; apresentação dos Cães de Guerra e da Banda de Música da Ala 1; além de atividades oferecidas para o público infantil e adulto, pelo Sesc, Caesb, TCB, e Sistema Fibra.

No desfile, a tropa contou com o Grupamento de Batedores do Grupo de Segurança e Defesa de Brasília; Banda de Música da Ala 1; Grupamento de Bandeiras Históricas; Esquadrilha de Honras Militares Santos-Dumont e dois grupamentos de representação de militares, sendo um deles formado por Aeronavegantes.

Feira
Dando continuidade à agenda, o vice-governador esteve na Asa Norte, na quarta edição do Eixo Agro, entre as quadras 208 e 209 Norte. Cerca de 80 produtores rurais e artesãos do Distrito Federal se reuniram, levando produtos diretamente da área rural do DF para o Plano Piloto. O evento é promovido pela Federação da Agricultura e Pecuária do DF.

TUDO OK NOTÍCIAS (DF) - Cerimônia de Troca da Bandeira Nacional reúne público recorde

Evento foi promovida pela FAB em parceria com a Secretaria de Turismo.

Lucíola Barbosa | Publicada em 06/10/2019 06:11

Um público de aproximadamente seis mil pessoas acompanhou, na manhã deste domingo (6), a solenidade de substituição da Bandeira Nacional, realizada pela Força Aérea Brasileira (FAB), na Praça dos Três Poderes, em Brasília. A cerimônia foi coordenada pela Ala 1, que homenageou o Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira, celebrado no dia 23 de outubro. Entre as autoridades, prestigiou o evento o vice-governador Paco Britto. “Eu venho sempre que possível. Cada dia mais, (a solenidade) está mostrando o aumento do civismo que estamos resgatando dessa população”, frisou, referindo-s e ao aumento do público a cada evento.

Paco parabenizou também o trabalho que a Secretaria de Turismo do DF (Setur) está fazendo nos Centros de Atendimento ao Turista (CATs). “Principalmente, por esse apoio, que vem aumentando (o interesse na população) em prestigiar as forças armadas”, elogiou, referindo-se ao fato de o Governo do Distrito Federal transformar a solenidade da Troca da Bandeira em um produto turístico, trabalho iniciado no começo deste ano. Trata-se do programa “Manhã Cívica-Brasília: o Brasil começa aqui”, realizado uma vez por mês, na solenidade da Troca da Bandeira pela Setur e parceiros.

Moradora do Guará, a cozinheira Brasileide Alves Costa, 58 anos, entendeu o recado e disse não perder uma cerimônia. “Amei a solenidade de hoje. Essa é a quarta vez que venho, e trouxe a família toda: filhos, netos. Não é à toa que tenho esse nome Brasileide. Tudo a ver com meu Brasil”, disse, divertida.

O comandante da FAB, tenente-brigadeiro Bermudez, destacou que a solenidade deste domingo foi especial, pois, no mês de outubro, a FAB comemora o primeiro voo do 14 Bis, feito por Santos Dumont, pai da aviação. Além disso, completou, a apresentação dos militares pode despertar vocações. “Esse evento interage com a comunidade e o público. É um momento especial”, valorizou.

Convidado pelo presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio/DF), Francisco Maia, o vice-governador Paco Britto visitou os estandes do Sistema S, dispostos no gramado em frente ao espaço onde foi realizado o desfile. A Fecomércio levou para o evento um grupo de diretores de 12 estados. O objetivo é que eles conheçam o Turismo Cívico da capital. “A cada Troca traremos mais pessoas que trabalham com Turismo Social nos outros estados, para que eles tragam para Brasília grupos de turistas interessados no Turismo Cívico“, adiantou.

Entre outras atrações da manhã cívica, além da tradicional troca da Bandeira, acompanhada pela salva de 21 tiros de canhão, houve a famosa demonstração da Esquadrilha da Fumaça; exposição de materiais militares; sobrevoo de aeronaves de caça – que rasgaram o céu de Brasília após o anúncio feito pelo cerimonial sobre os “voos mais seguros”; apresentação dos Cães de Guerra e da Banda de Música da Ala 1; além de atividades oferecidas para o público infantil e adulto, pelo Sesc, Caesb, TCB, e Sistema Fibra.

No desfile, a tropa contou com o Grupamento de Batedores do Grupo de Segurança e Defesa de Brasília; Banda de Música da Ala 1; Grupamento de Bandeiras Históricas; Esquadrilha de Honras Militares Santos-Dumont e dois grupamentos de representação de militares, sendo um deles formado por Aeronavegantes.

Feira
Dando continuidade à agenda, o vice-governador esteve na Asa Norte, na quarta edição do Eixo Agro, entre as quadras 208 e 209 Norte. Cerca de 80 produtores rurais e artesãos do Distrito Federal se reuniram, levando produtos diretamente da área rural do DF para o Plano Piloto. O evento é promovido pela Federação da Agricultura e Pecuária do DF.

CORREIO DF - Cerimônia de Troca da Bandeira Nacional reúne público recorde


Publicada em 07/10/2019 06:27

Um público de aproximadamente seis mil pessoas acompanhou, na manhã deste domingo (6), a solenidade de substituição da Bandeira Nacional, realizada pela Força Aérea Brasileira (FAB), na Praça dos Três Poderes, em Brasília. A cerimônia foi coordenada pela Ala 1, que homenageou o Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira, celebrado no dia 23 de outubro. Entre as autoridades, prestigiou o evento o vice-governador Paco Britto. “Eu venho sempre que possível. Cada dia mais, (a solenidade) está mostrando o aumento do civismo que estamos resgatando dessa população”, frisou, referindo-s e ao aumento do público a cada evento.

Paco parabenizou também o trabalho que a Secretaria de Turismo do DF (Setur) está fazendo nos Centros de Atendimento ao Turista (CATs). “Principalmente, por esse apoio, que vem aumentando (o interesse na população) em prestigiar as forças armadas”, elogiou, referindo-se ao fato de o Governo do Distrito Federal transformar a solenidade da Troca da Bandeira em um produto turístico, trabalho iniciado no começo deste ano. Trata-se do programa “Manhã Cívica-Brasília: o Brasil começa aqui”, realizado uma vez por mês, na solenidade da Troca da Bandeira pela Setur e parceiros.

Moradora do Guará, a cozinheira Brasileide Alves Costa, 58 anos, entendeu o recado e disse não perder uma cerimônia. “Amei a solenidade de hoje. Essa é a quarta vez que venho, e trouxe a família toda: filhos, netos. Não é à toa que tenho esse nome Brasileide. Tudo a ver com meu Brasil”, disse, divertida.

O comandante da FAB, tenente-brigadeiro Bermudez, destacou que a solenidade deste domingo foi especial, pois, no mês de outubro, a FAB comemora o primeiro voo do 14 Bis, feito por Santos Dumont, pai da aviação. Além disso, completou, a apresentação dos militares pode despertar vocações. “Esse evento interage com a comunidade e o público. É um momento especial”, valorizou.

Convidado pelo presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio/DF), Francisco Maia, o vice-governador Paco Britto visitou os estandes do Sistema S, dispostos no gramado em frente ao espaço onde foi realizado o desfile. A Fecomércio levou para o evento um grupo de diretores de 12 estados. O objetivo é que eles conheçam o Turismo Cívico da capital. “A cada Troca traremos mais pessoas que trabalham com Turismo Social nos outros estados, para que eles tragam para Brasília grupos de turistas interessados no Turismo Cívico“, adiantou.

Entre outras atrações da manhã cívica, além da tradicional troca da Bandeira, acompanhada pela salva de 21 tiros de canhão, houve a famosa demonstração da Esquadrilha da Fumaça; exposição de materiais militares; sobrevoo de aeronaves de caça – que rasgaram o céu de Brasília após o anúncio feito pelo cerimonial sobre os “voos mais seguros”; apresentação dos Cães de Guerra e da Banda de Música da Ala 1; além de atividades oferecidas para o público infantil e adulto, pelo Sesc, Caesb, TCB, e Sistema Fibra.

No desfile, a tropa contou com o Grupamento de Batedores do Grupo de Segurança e Defesa de Brasília; Banda de Música da Ala 1; Grupamento de Bandeiras Históricas; Esquadrilha de Honras Militares Santos-Dumont e dois grupamentos de representação de militares, sendo um deles formado por Aeronavegantes.

Feira
Dando continuidade à agenda, o vice-governador esteve na Asa Norte, na quarta edição do Eixo Agro, entre as quadras 208 e 209 Norte. Cerca de 80 produtores rurais e artesãos do Distrito Federal se reuniram, levando produtos diretamente da área rural do DF para o Plano Piloto. O evento é promovido pela Federação da Agricultura e Pecuária do DF.