NOTIMP - NOTICIÁRIO DA IMPRENSA

Capa Notimp Acompanhe aqui o Noticiário relativo ao Comando da Aeronáutica veiculado nos principais órgãos de comunicação do Brasil e até do mundo. O NOTIMP apresenta matérias de interesse do Comando da Aeronáutica, extraídas diretamente dos principais jornais e revistas publicados no país.


PORTAL METROPOLES (DF)


Aeroporto de Brasília é o 4º mais pontual do mundo, diz pesquisa

A informação é da consultoria britânica OAG, especializada em aviação civil. Em 2018, o terminal ficou em terceiro lugar na categoria

Publicada em 05/01/2020 20:54

O Aeroporto Internacional de Brasília Presidente Juscelino Kubitschek foi eleito o quarto terminal aéreo de grande porte mais pontual do mundo. Os dados fazem parte da pesquisa da consultoria britânica especializada em aviação OAG. O Aeroporto de Congonhas (SP) é o outro único terminal brasileiro a ocupar uma das 20 posições no mesmo ranking.

É considerado pontual o voo que chega ao destino ou decola em tempo inferior a 15 minutos da programação. Em Brasília, 85,40% dos voos analisados estão dentro da margem de pontualidade. A capital federal só perde para Osaka Itami (Japão), St Petersburg Pulkovo (Rússia) e Honolulu (Estados Unidos), respectivamente.

Para o vice-presidente da Inframerica, Juan Djedjeian, a pontualidade é meta da concessionária. “A malha área é toda integrada e atrasos nos maiores aeroportos do país gera um grande problema logístico. Ruim tanto para o passageiro quanto para as companhias e aeroportos. Por isso, temos um forte trabalho voltado para manter os voos dentro do horário”, explica.

Em edição anterior da pesquisa, no entanto, o terminal brasiliense que recebe de 10 a 20 milhões de passageiros por ano ocupava a terceira posição. Este ano, perdeu espaço para o Aeroporto de Honolulu.

O Aeroporto de Brasília é o terceiro mais movimentado do país, ficando atrás de Guarulhos e Congonhas, ambos em São Paulo. O último também entrou no ranking dos mais pontuais. Obteve pontuação de 82,21%, ocupando a 12ª posição.

OUTRAS MÍDIAS


PORTAL O DIA (PI) - Mais de 500 pacientes estão na fila de espera por doação de órgão no Piauí


Maria Clara Estrêla | Publicada em 04/01/2020 08:17

No Piauí, há 504 pacientes classificados como potenciais recebedores de órgãos transplantados. São 388 ativos na lista de espera por córnea e 136 ativos na lista de espera por um rim (dados de dezembro de 2019). No entanto, os números são bem superiores ao que de fato se recebe de doação. Segundo a Central de Transplantes do Piauí, já existem feitas 71 doações de córnea e rim e as doações de múltiplos órgãos não ultrapassam quatro.

O Estado realiza apenas os procedimentos de transplantes de córnea e rins, já tendo feito 105 de córnea e 19 de rim. Demais órgãos, como fígado e coração, são apenas retirados aqui, no caso de doações, e encaminhados para transplantes em outros estados.

Para garantir a agilidade no transporte destes órgãos, que possuem um reduzido tempo de vida fora do corpo, os hospitais contam com o apoio das companhias aéreas comerciais brasileiras. Pela lei, elas não são obrigadas a transportar órgãos de transplante. O trabalho é voluntário e gratuito, mas garante que pacientes em listas de espera de todo país possam contar com doações de todos os estados brasileiros, o que pode reduzir o aguardo pela realização do procedimento.

Dentro do Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA), órgão do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), há representantes da Central Nacional de Transplantes (CNT) exclusivamente designados para acompanhar esse processo de retirada, transporte e recebimento de órgãos no país.

Segundo a Associação Brasileira de Empresas Aéreas (Abear), a cada ano, cerca de 9 mil órgãos e tecidos doados chegam a tempo aos pacientes graças à agilidade do transporte aéreo. Só em 2018, foram transportados pela malha aeroviária brasileira 5.198 órgãos. Em 2017, esse número chegou a 9.160. A aviação civil realiza mais de 80% destes transportes por via aérea para transplantes. Os outros 20% correspondem a casos excepcionais em que empresas não operam nos locais de destino e esse transporte acaba sendo feito por aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) e aeronaves estaduais ou particulares.

Adrian Alexandri, representante da Abear, explica que as aeronaves que transportam órgãos para transplante são as mesmas que levam e trazem passageiros por toda a malha aeroviária brasileira. No entanto, elas possuem prioridade no pouso e na decolagem em todos os aeroportos do país. 

“Sempre que há uma distância muito grande, a Central é acionada e o primeiro voo de uma companhia comercial que sair daquele local recebe o órgão, se não tiver um avião da FAB para transportar. Ele vai numa caixa, normalmente junto com o piloto. Nessa caixa, vão um documento contando o nome do médico que assinou a retirada do órgão e o hospital para onde ele vai”, explica Alexandri.

Ele comenta que o fato do Brasil ser um país de dimensões continentais não dificulta a agilidade do transporte. Segundo o representante da Abear, quando um órgão é retirado e precisa ir para outra cidade ou estado, ele é colocado no primeiro voo que sai para aquele destino ou na aeronave que tenha o menor e mais rápido trajeto de modo.

PORTAL CONCURSOS BRASIL - Concursos Marinha e Aeronáutica abrem inscrições neste mês para 1.056 vagas de nível médio

seleções para aprendiz de marinheiro e curso de formação de sargentos. Remuneração inicial entre R$ 1.950,00 e R$ 3.825,00.

Publicada em 04/01/2020 17:02

O ano de 2020 já começa com oportunidades em concursos públicos! A Marinha e a Aeronáutica do Brasil abrem inscrições para aprendizes de marinheiros e formação de sargentos, respectivamente, no mês de janeiro.

Concurso Marinha – Escola de Aprendizes Marinheiros

São 900 vagas para ingresso na Escola de Aprendizes-Marinheiros em unidades de Fortaleza, Recife, Vila Velha e Florianópolis. Para participar é necessário ser do sexo masculino e ter concluído ou estar em fase de conclusão do 3° ano do ensino médio, ter 18 anos completos e menos de 22 anos em 1° de janeiro de 2021, entre outros requisitos.

Remuneração: bolsa-auxílio de R$ 1.108,53, durante curso de formação e R$ 1.950,00 após o curso.

Inscrições: entre os dias 20 de janeiro e 3 de fevereiro pelo site ingressonamarinha.mar.mil.br ou presencialmente em uma das Organizações Militares da Marinha Responsáveis pela Execução Local (OREL).

Concurso Aeronáutica – Graduação de Sargentos

São 156 vagas para o Exame de Admissão ao Estágio de Adaptação à Graduação de Sargentos (EAGS) do ano de 2021 em Guaratinguetá, São Paulo. Para participar da seleção é necessário ter menos de 17 e não completar 25 anos de idade antes do dia 31 de dezembro de 2021 (ano da matrícula no curso). Os candidatos ainda devem ter ensino médio completo e curso técnico na especialidade escolhida.

As especialidades são Eletrônica (26 vagas), Administração (40 vagas), Enfermagem (42 vagas), Eletricidade (10 vagas), Informática (16 vagas), Laboratório (5 vagas), Obras (6 vagas), Pavimentação (3 vagas), Radiologia (5 vagas) e Topografia (3 vagas).

Inscrições: entre 13 de janeiro e 12 de fevereiro pelo site ingresso.eear.aer.mil.br

Remuneração: R$ 3.825,00 após curso de formação