EVENTO

Demonstração com Helicóptero encerra Simpósio de Intendência Operacional no Rio de Janeiro

Publicado: 13/02/2012 13:53
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

Demonstração com Helicóptero encerra Simpósio de Intendência Operacional

A logística de combate, focada no apoio ao homem, quando atuando desdobrado em locais remotos foi um dos temas debatidos nos ciclos de palestras do II Simpósio de Intendência Operacional. O evento foi encerrado na sexta-feira, no Rio de Janeiro, com emprego de um Helicóptero H-34 Super Puma do Esquadrão Puma (3º/8º GAv) em uma demostração de como uma Unidade Celular de Intendência de Pronto-emprego pode ser empregada em situações de calamidade, combate ou acidente.

O Simpósio foi realizado pela Diretoria de Intendência da Aeronáutica (DIRINT) e teve como tema central "O Apoio Logístico às Unidades Desdobradas no Contexto do Emprego da Força Aérea Brasileira". Contou, também, com a presença de representantes de todos os Grandes Comandos da Força Aérea Brasileira. Segundo a Subdiretoria de Encargos Especiais (SDEE), da DIRINT, o objetivo do evento era promover um fórum de interação de conhecimentos para divulgação de questões ligadas à logística de combate.

Demonstração com Helicóptero encerra Simpósio de Intendência Operacional

Além das palestras, foi realizada demonstração de como uma Unidade Celular de Pronto Emprego pode ser utilizada junto a vetores de Asas Rotativas. A simulação foi realizada utilizando um helicóptero H-34 Super Puma do Esquadrão Puma.

“Em caso de conflito, calamidade ou acidente, os primeiros militares que chegam ao local não encontram apoio. Desse modo, levariam uma Unidade Celular com barraca inflável, camas desmontáveis, ração operacional e gerador”, explica o Comandante do 3º/8º GAv, Tenente-Coronel Aviador Sylvio Malheiro Junior.

Segundo ele, estão previstos para este ano dois exercícios operacionais do esquadrão com emprego da Unidade Celular. Em maio, o PABEFI XXI, que é um treinamento de resgate no mar promovido anualmente, será realizado em Figueira (RJ). Já em agosto, ocorrerá a Operação Rajada, na Restinga da Marambaia (RJ), que visa aprimorar a operacionalidade em Combate-SAR.