CULTURA

Livro "Ágape para Ícaro" será lançado no Clube da Aeronáutica de Brasília

Publicação conta a história do Tenente Brigadeiro do Ar Paulo Victor da Silva, grande incentivador do projeto da aeronave Bandeirante
Publicado: 14/12/2011 13:50
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

O livro “Ágape para Ícaro – A Saga de um Pioneiro da Aeronáutica Brasileira”, que conta a história do Tenente Brigadeiro do Ar Paulo Victor da Silva – diretor do CTA e grande incentivador do projeto da aeronave “Bandeirante”, será lançado hoje (14/12), a partir das 19h45, no Clube da Aeronáutica de Brasília.

Pioneirismo

As contribuições do Tenente Brigadeiro Paulo Victor da Silva para aviação brasileira são ilimitadas. Seu caráter pioneiro e desbravador teve um papel decisivo para que o projeto do Bandeirante saísse do papel. O Brigadeiro Paulo Victor nunca parou de pesquisar, inovar, empreender, deixando uma saga incrível aos que o sucederam. Em vida, recebeu diversas homenagens, condecorações e medalhas que tentaram fazer justiça ao homem que marcou a trajetória profissional de uma forma tão singular.


História

Paulo Victor da Silva nasceu em Belém (PA) e ingressou na carreira militar no Rio de Janeiro, onde fez a Escola de Aeronáutica do Campo dos Afonsos. Passou a pilotar, como aspirante-a-oficial, em missões de patrulhamento durante a Segunda Guerra Mundial, tendo logo depois passado um período no Correio Aéreo Nacional (CAN). Realizou missões que ficaram conhecidas por colaborar no desenvolvimento e na integração nacional. Entrou no ITA em 1950 e se formou três anos depois, em engenharia. Foi chefe da Divisão de Tráfego da Diretoria de Aeronáutica Civil (DAC), diretor do CTA, Adido Aeronáutico nos Estados Unidos, de onde retornou para ser Diretor de Eletrônica e Proteção ao Vôo. Promovido a Tenente-Brigadeiro do Ar em 1979, foi para a reserva da FAB no ano de 1981. Ele faleceu em janeiro de 2010.