OPERAÇÃO COVID-19

FAB realiza ações de combate à dengue no Distrito Federal

Objetivo é diminuir os impactos negativos no sistema de saúde
Publicado: 27/06/2020 11:00
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Elias
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Cap Oliveira Lima

A Força Aérea Brasileira (FAB) realiza, até sexta-feira (26), ações de combate à dengue em diversas áreas do Distrito Federal (DF). A atividade faz parte da Operação COVID-19, realizada pelo Comando Conjunto Planalto. “A ideia é apoiar o Governo do Distrito Federal no combate à proliferação do mosquito Aedes Aegypti com o propósito de diminuir os impactos negativos no sistema de saúde, permitindo, dessa forma, que os órgãos de saúde mantenham seus esforços prioritariamente para o tratamento dos infectados pela COVID-19”, destacou o representante da FAB no Comando Conjunto Planalto, Major Aviador Rafael Avelino Viamonte.

Apenas nos três primeiros dias de atividade foram visitadas cerca de 350 residências e encontrados mais de 30 focos do mosquito. Durante a ação, a equipe, formada no total por 34 militares, acompanhada por agentes do serviço de saúde conscientiza a população sobre os cuidados para evitar a proliferação do mosquito, remove os possíveis criadouros e aplica o produto adequado quando encontra o foco do mosquito.

"A gente atua diretamente com a população para evitar um surto de dengue em meio a essa epidemia, apoiando as equipes de saúde. Inclusive, temos relatos de que o acesso às residências é facilitado por causa da nossa presença", declarou a Coordenadora da equipe da dengue na FAB, Tenente Bárbara Fabiana de Sena Bezerra.

Diversas Regiões Administrativas do DF já foram visitadas pelas Forças Armadas, entre elas, Fercal, Vila Planalto e Jardim Botânico. De acordo com a Secretaria de Saúde do Distrito Federal, até a semana passada, foram registrados 37.909 casos prováveis de dengue e 25 óbitos este ano. Um aumento de 26% em relação ao mesmo período do ano passado.

Comando Conjunto

O Comando Conjunto Planalto, que atua no Distrito Federal, nos estados de Goiás e Tocantins, e no Triângulo Mineiro, tem a missão de apoiar as ações dos órgãos de saúde e de segurança pública, na prevenção e contenção da pandemia do novo coronavírus. Entre as ações já realizadas estão: doação de sangue, descontaminação de áreas públicas e transporte de materiais.

Fotos: 3S Pracedino / 3S J.Meirelles / 3S Salles