OPERAÇÃO COVID-19

KC-390 Millennium e C-105 Amazonas realizam Transporte Aéreo Logístico

Foram transportados para Manaus (AM) e Fortaleza (CE) materiais de saúde para o enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus
Publicado: 10/04/2020 20:38
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Cristiane
Edição: Agência Força Aérea, por Aspirante Letícia Faria - Revisão: Tenente-Coronel Santana

Duas aeronaves da Força Aérea Brasileira realizaram missão durante essa sexta-feira (10/04). O KC-390 Millennium, avião multimissão da FAB, decolou às 12h da Ala 11 - Base Aérea do Galeão (RJ) com destino à Ala 8 - Base Aérea de Manaus (AM), transportando uma ambulância e equipamentos hospitalares. O peso da carga totalizou 6,9 toneladas. Já o C-105 Amazonas decolou às 15h da Base Aérea de São Paulo, em Guarulhos (SP), para Fortaleza (CE), com 30 respiradores hospitalares, aproximadamente uma tonelada de carga.

Esta é mais uma ação de enfrentamento ao novo Coronavírus, deflagrada pelo Governo Federal. A missão interministerial, coordenada pelo COMAE junto ao Centro de Operações Conjuntas do Ministério da Defesa, em apoio ao Ministério da Saúde, visa transportar equipamentos e insumos a diversas regiões do Brasil, para auxiliar no combate à COVID-19.  

Missão do KC-390 Millennium

Na manhã desta sexta-feira (10/04), o KC-390 Millennium decolou de Anápolis (GO) e seguiu para o Rio de Janeiro (RJ), onde realizou o carregamento do material de saúde, seguindo para Manaus (AM).

Os tripulantes do avião multimissão da FAB estão em instrução de operação da aeronave.

A missão de transporte de material foi feita em aproveitamento, tendo atendido a uma das demandas da Operação COVID-19. Neste caso, houve a participação do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), no acionamento das missões de Transporte Aéreo Logístico, e do Comando de Preparo (COMPREP), responsável pelo desenvolvimento da doutrina utilizada no preparo operacional dos tripulantes.

A Diretora do Hospital de Aeronáutica de Manaus (HAMN), Tenente-Coronel Rosieny Santos Batalha, comenta a importância de receber os materiais e equipamentos neste momento. “Aqui no Estado, o crescimento da COVID-19 é substancial e essa carga que recebemos vai aumentar a capacidade de internação do nosso hospital”, garante.

Esquadrão Zeus 

Operado pelo Primeiro Grupo de Transporte de Tropa (1º GTT) – Esquadrão Zeus, sediado na Ala 2 – Base Aérea de Anápolis (GO), o KC-390 Millennium realiza, a partir deste mês, voos em rota para o Rio de Janeiro (RJ), Guarulhos (SP), Manaus (AM), Belém (PA), Natal (RN), além de Canoas e Santa Maria (RS). Em aproveitamento de missão, as aeronaves poderão fazer transporte de cargas.

De acordo com o Comandante do Esquadrão Zeus, Tenente-Coronel Aviador Luiz Fernando Rezende Ferraz, a previsão é de que a capacitação ocorra até junho. “Em março, terminamos a fase básica do treinamento dos nossos pilotos, que eram os voos locais, e começamos agora os voos de Transporte Aéreo Logístico. Nesses voos em rota, estamos treinando pilotos, mecânicos e Mestres de Carga, no carregamento e descarregamento de cargas”, esclarece.

Para o Chefe da Seção de Operações do 1º GTT, Major Aviador Daniel Silva Fortes, a tarefa de sair da fase básica de formação dos tripulantes e iniciar os voos em rota foi muito estudada. “Estamos em coordenação estreita com o COMPREP e com o COMAE para poder viabilizar, tanto o treinamento dos pilotos, quanto o transporte de material e pessoal em proveito desses voos de instrução com o KC-390”, afirmou.

O Mecânico de Voo, Sargento Cleber Pereira dos Santos Junior, também participa desta fase do treinamento. “O mecânico tem a responsabilidade de realizar toda preparação da aeronave e entregar o avião pronto para os pilotos, bem como acompanhar o funcionamento dos sistemas durante o voo”, esclarece.

KC-390 Millennium

Maior avião militar desenvolvido e fabricado no hemisfério sul, o KC-390 Millennium tem capacidade de realizar missões de Transporte Aéreo Logístico, Reabastecimento em Voo (REVO), Evacuação Aeromédica, Busca e Salvamento, Combate a Incêndio em Voo, dentre outras. A aeronave foi desenvolvida para atender aos requisitos operacionais da FAB, provendo mobilidade estratégica às Forças de Defesa do Brasil.

A aeronave já conquistou o 63º Prêmio Laureate Awards 2020, na categoria Melhor Produto Novo , em inglês “Best New Product”, por ser a maior e mais sofisticada aeronave de defesa já produzida pela Embraer. Além disso, realizou ensaio inédito de lançamento de chaff e flare, na Ala 3, em Canoas (RS).

Atuação do C-105 Amazonas

Os 30 respiradores hospitalares destinados à Fortaleza (CE) chegaram à Base Aérea de São Paulo (BASP) por volta das 12h de hoje. A aeronave C-105 utilizada no transporte, é operada pelo Primeiro Esquadrão do Décimo Quinto Grupo de Aviação (1º/15º GAv) – Esquadrão Onça, sediado na Ala 5 – Base Aérea de Campo Grande (MS). O Comandante da missão, Capitão Aviador Marcelo Augusto Xavier de Almeida, disse que esta é mais uma missão da FAB no combate à COVID-19. “É com muita satisfação que realizamos essa missão de Transporte Aéreo Logístico, possibilitando que mais brasileiros possam receber os cuidados necessários”, comentou.

Para o Mestre de Cargas da aeronave, Sargento Gabriel Heringer Klein Pinheiro, este é mais um momento em que o Brasil precisa da Força Aérea para o transporte de materiais e equipamentos. “É muito importante poder contribuir com o transporte dessa carga e colaborar no esforço de combate à pandemia”, considera.

Clique aqui para ver o vídeo da matéria.

Fotos: Capitão Oliveira Lima, Tenente Cristiane, Sargento Poleto e Soldado A. Soares /CECOMSAER

imagens/original/40109/1kc.jpg
imagens/original/40109/2kc.jpg
imagens/original/40109/3kc.jpg
imagens/original/40109/4kc.jpg
imagens/original/40109/5.jpg
imagens/original/40109/6.jpg
imagens/original/40109/7.jpg