FORMAÇÃO

Oficiais da FAB concluem Estágio de Política e Estratégia Aeroespaciais

O Estágio, na Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica, proporciona o nivelamento dos conhecimentos para o exercício da alta administração na Força Aérea Brasileira
Publicado: 11/02/2020 09:03
Imprimir
Fonte: ECEMAR, Coronel Aviador Schenk
Edição: Agência Força Aérea, Aspirante Letícia Faria - Revisão: Tenente-Coronel Santana

A Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR) realizou a cerimônia de conclusão do Estágio de Política e Estratégia Aeroespaciais (EPEA), no dia 31 de janeiro. Ao todo, 62 Coronéis da Força Aérea Brasileira (FAB) realizaram, durante três semanas, um Estágio que os capacitará a atuar na Alta Administração do Comando da Aeronáutica, na formulação e condução da Política Militar e no estabelecimento da Estratégia Militar da Aeronáutica.

O EPEA é um dos três módulos que compõem o Curso de Altos Estudos Militares (CAEM) da ECEMAR. Completam o CAEM a Extensão em Alta Gestão Executiva (EAGE) e um dos cursos de altos estudos das escolas congêneres, Escola Superior de Guerra, Escola de Guerra Naval ou Escola de Comando e Estado-Maior do Exército.

Para o Coronel Aviador Allan Davis Cabral da Costa, Oficial-Aluno do EPEA, a percepção é de que o estágio foi de extrema importância para a obtenção de conhecimentos a respeito da atual conjuntura e expectativas futuras das indústrias de Defesa Aeroespacial. “Tenho certeza que teremos o respaldo necessário para atuar na Alta Gestão do Comando da Aeronáutica, bem como participar da formulação e da condução da Política Militar da Aeronáutica”, destacou.

O Comandante da ECEMAR, Brigadeiro do Ar Luís Renato de Freitas Pinto, falou aos concludentes do Estágio. "Esse estudo proporcionou nivelamento dos conhecimentos necessários para o exercício da Alta Administração e para tratar, com a visão da Força Aérea, dos assuntos onde se faz necessária a defesa da Política Institucional da Aeronáutica”, concluiu.

Os Coronéis que participaram do EPEA são dos Quadros de Aviadores, Engenheiros, Intendentes e Médicos.

Fotos: Suboficial Tostes / ECEMAR