ENCONTRO

Academia da Força Aérea realiza 12ª edição de Encontro de Geopolítica e Defesa

Evento reuniu cadetes da AFA, alunos da EPCAR e estudantes de Relações Internacionais e de Direito
Publicado: 12/11/2019 18:53
Imprimir
Fonte: AFA, por Tenente Inforzatto
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Fraga - Revisão: Major Monteiro

A Academia da Força Aérea (AFA), sediada em Pirassununga (SP), realizou, de 8 a 10 de novembro, a 12ª edição do Encontro de Geopolítica e Defesa Academia da Força Aérea - Modelo Universitário de Negociação (AFAMUN). A atividade é uma competição de debates inspirada no Parlamento Britânico e visa desenvolver o conhecimento teórico, técnicas de oratória e expressão oral, além de permitir interação entre instituições civis e militares, de acordo com os atributos necessários ao oficialato previstos no Plano de Avaliação da AFA.

Participaram estudantes das Faculdades Integradas Rio Branco (FIRB), Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas (SP), Universidade Estadual Paulista (UNESP) de Franca (SP) e alunos da Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).

A interação também colaborou para difundir nos futuros profissionais de Relações Internacionais e de Direito uma cultura de valorização da Defesa Nacional, e o interesse para os assuntos militares com ênfase à Força Aérea Brasileira (FAB).

“O AFAMUN foi uma ótima oportunidade para aprimorar minhas habilidades de oratória e conhecimentos sobre o tema debatido, além de ter me desafiado a melhorar a cada debate que ocorreu. Acredito que é extremamente enriquecedor esse contato entre civis e militares, há muita troca de conhecimento”, explicou a universitária Caroline Tyska, da FIRB.

O evento foi uma iniciativa do Núcleo de Estudos Avançados e Geopolíticos (NEAG), grupo composto por cadetes da AFA que se dedicam ao estudo nessa área, que também realizou outras atividades durante o ano, como visita a feiras de defesa, apresentação de trabalhos científicos em congressos e aulas sobre missões de paz e relações internacionais de diversos países e blocos econômicos.

O Capitão Aviador Jonatas Villela Ferreira Lopes de Abreu, oficial orientador do NEAG em 2019, reforça a importância do AFAMUN. “O evento aproximou a AFA de outras instituições de ensino superior, estreitou laços e desenvolveu a capacidade argumentativa e expositiva dos participantes, num clima de cordial competição. Isto é o que buscamos: aprender a pensar o Brasil e o Mundo estrategicamente e desenvolver as potencialidades acadêmicas dos futuros líderes da Força Aérea Brasileira”, ressaltou.

A classificação final apontou como campeões a dupla composta pelo Cadete Intendente Juann Alves da Fonseca, da Turma Anúbis, e o estudante Guilherme Souto Maior Guerra, da FIRB. O AFAMUN tradicionalmente ocorre na AFA, e já teve seu modelo de debate levado para uma edição em São Paulo, em 2018. “No futuro, tenho certeza de que conhecer o ponto de vista de outra parcela da sociedade vai ajudar a pensar melhor nas estratégias e ações que a Força Aérea deverá tomar”, afirmou o Cadete Intendente Vinícius Jacobi Quatrin, da Turma Asterion, e membro do NEAG.

Fotos: Cadete Rafael / AFA