ESPAÇO AÉREO

FAB participa do International Brazil Air Show (IBAS)

O evento conta com exposição e palestras sobre projetos da Força Aérea Brasileira
Publicado: 11/09/2019 22:13
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Cristiane
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Tenente-Coronel Santana

Começou nesta quarta-feira (11/09) a segunda edição do International Brazil Air Show (IBAS), que tem como tema Conectividade e Inovação para Fortalecimento do Transporte Aéreo na América Latina. A feira está sendo realizada no Aeroporto Internacional de Guarulhos (GRU Airport), em São Paulo, até o dia 13/09, e tem como objetivo fomentar discussões e promover negócios no setor da aviação. O Diretor-Geral do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), Tenente-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas, participou da cerimônia de abertura. Também estiveram presentes Oficiais-Generais da Força Aérea Brasileira (FAB), autoridades aeroportuárias e especialistas nacionais e internacionais em aviação.

Os três dias de evento, que tem foco no desenvolvimento do setor aéreo brasileiro, contarão com palestras e estandes de exposição. No espaço reservado à FAB, é possível conhecer sobre a plataforma de Serviço de Controle de Aeródromo prestado por uma Torre de Controle Remota. 

No discurso de abertura da feira, o Tenente-Brigadeiro Domingues falou a respeito da implantação desse Serviço em Santa Cruz, no Rio de Janeiro, prevista para outubro deste ano, sendo o primeiro do hemisfério sul. “Estamos desenvolvendo grandes projetos voltados para a qualidade e segurança dos usuários, com o objetivo de tornar o setor de transporte aéreo mais rápido, eficiente e econômico”, disse.

O Vice-Presidente da Comissão de Implantação do Sistema de Controle do Espaço Aéreo, Coronel Engenheiro André Eduardo Jansen, também palestrou sobre o conceito de Torre Remota. “Um dos benefícios é a otimização dos recursos humanos, com a substituição do que é visto pelas janelas das torres tradicionais por displays de controle, que também permitirão a integração entre os sistemas existentes, aumentando a consciência situacional do controlador de tráfego aéreo”, ressaltou. 

O Coordenador do Projeto Agile GRU no DECEA, Major Controlador de Tráfego Aéreo Roberto Peçanha dos Santos, tratou sobre pousos e decolagens simultâneas em condições meteorológicas visuais. A metodologia já é aplicada no Aeroporto Internacional de Guarulhos e será futuramente implementada nos aeroportos do Rio de Janeiro (RJ). Durante a palestra, o Major Peçanha explicou que a primeira fase do projeto iniciou em maio de 2018 e, desde então, controladores passam por capacitação. “O treinamento foi baseado em boas práticas de outros países, adaptadas à realidade dos aeroportos brasileiros”, explicou. Segundo ele, o objetivo é aumentar a capacidade dos aeroportos nacionais, sem a necessidade de grandes investimentos em infraestrutura. 

O primeiro dia do evento contou, ainda, com palestras sobre perspectiva econômica para a aviação no Brasil, panorama dos serviços de transporte aéreo, otimização das operações no GRU Airport e gerenciamento de risco de fauna em aeroportos, dentre outros temas.

Fotos Soldado Wilhan Campos/ CECOMSAER