ESPAÇO AÉREO

FAB encerra Seminário Internacional de A-CDM

Seminário aborda benefícios da metodologia colaborativa em aeroportos brasileiros
Publicado: 10/09/2019 18:20
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Cristiane
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Major Monteiro

Encerrou-se, nesta terça-feira (10/9), o Seminário Internacional de A-CDM – O Futuro é Colaborativo. O evento foi promovido pela Força Aérea Brasileira (FAB), em parceria com o Aeroporto Internacional de Guarulhos (GRU Airport) e com a Action Editora. O encontro ocorreu em Guarulhos (SP) e tratou do modelo de tomada de decisão colaborativa A-CDM, do inglês Airport Collaborative Decision Making.

Durante dois dias, foram realizadas nove palestras e um painel, que trataram sobre conceitos, implantação e ganhos econômicos do A-CDM, com apresentação de casos de sucesso em aeroportos do continente europeu. Também foi abordada a introdução do projeto piloto no GRU Airport, bem como a atuação do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) no gerenciamento deste projeto pioneiro no Brasil.

O Gerente do projeto A-CDM, Major Aviador Marcio Rodrigues Ribeiro Gladulich, palestrou sobre o conceito na América do Sul, esclarecendo sobre expectativas e soluções esperadas com o modelo de tomada de decisão colaborativa. “Tudo que precisamos para fazer o A-CDM já temos. O que falta é a cultura e a conscientização de que, no futuro, só existirão ganhos”, disse.

Durante a palestra, o Diretor de Operações da GRU Airport, Coronel Aviador da Reserva Miguel Dau, afirmou que a proposta do A-CDM no Aeroporto de Guarulhos surgiu há muito tempo. “O aeroporto de Guarulhos não vê outra forma se não o ambiente colaborativo. Não há como encontrar soluções para os problemas existentes se não pelo A-CDM”, disse. Ele falou, ainda, quanto à expectativa em relação ao método. “Vamos melhorar o desempenho dos recursos existentes, reduzir congestionamento e o trafego dentro do aeroporto, aumentar a flexibilidade, aumentar a segurança operacional, além da troca de informações”, declarou. 

O Diretor-Geral do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), Tenente-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas, enalteceu a importância do encontro. “Fico grato por todos os esclarecimentos e tenho certeza que, em 2020, estaremos todos juntos novamente para o início da operação A-CDM neste aeroporto”, afirmou. 

Um dos expectadores do evento, o Assessor Especial da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), Coronel Engenheiro da Reserva Rogério Benevides Carvalho, elogiou o seminário. “Este encontro serviu para deixar o cenário muito mais claro, com experiências internacionais, sucessos, conceitos e desafios encontrados. Foi um evento muito importante dentro do contexto de otimização das operações no solo com o A-CDM”, concluiu.

Assista ao vídeo.

Fotos: Wilhan Campos
Vídeo: Matheus Silva