TRANSPORTE DE ÓRGÃOS

Esquadrão da FAB realiza transporte de coração

O órgão foi transportado de Joinville (SC) para Brasília (DF)
Publicado: 23/08/2019 10:20
Imprimir
Fonte: 6° ETA, por Capitão Barreto
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Elias - Revisão: Tenente-Coronel Santana

O Esquadrão Guará (6° ETA), sediado em Brasília (DF), realizou, nesta quinta-feira (22/08), uma nova missão de transporte de órgãos. A aeronave Learjet U-55, prefixo FAB 6100, decolou de Brasília para captar um coração que estava em Joinville (SC).

Em seguida, retornou a Brasília, onde um helicóptero do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal já estava a postos, no pátio operacional da Ala 1, para levar o órgão até um hospital especializado na cidade.

A tripulação foi composta pelo Coronel Aviador Joelson Rodrigues de Carvalho, pelo Tenente Aviador Luis Guilherme Andrade de Oliveira e pelo Sargento Especialista em Mecânica de Aeronaves Warner Ben Hur Morais Garcia, além de dois médicos e um perfusionista (membro da equipe de cirurgia).

"Essa é a rotina do Esquadrão Guará. Nossas tripulações estão sempre motivadas a fazer parte de um sistema que transporta esperança a diversos brasileiros. O transporte de órgãos e equipes médicas é uma das missões mais gratificantes que realizamos", ressaltou o Comandante do Esquadrão Guará, Tenente-Coronel Aviador Rodrigo Goretti Piedade.

O tempo máximo fora do corpo humano varia de acordo com cada órgão. No caso do coração, não pode passar de 4 horas.

Fotos: Soldado Henrique Alves / 6° ETA