OPERACIONAL

FAB prepara tripulantes para sobrevivência na selva amazônica

Treinamento da Ala 8, em Manaus (AM), abordou procedimentos de emergência em aeronaves, ações imediatas após acidente e transposição em curso de água
Publicado: 01/08/2019 17:08
Imprimir
Fonte: Ala 8, por Tenente Lorena Molter
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Jonathan Jayme - Revisão: Capitão Monteiro

Militares da Força Aérea Brasileira (FAB) participaram do Curso de Adaptação Básica ao Ambiente de Selva (CABAS). A formação ocorreu, no período de 11 a 25 de julho, e foi coordenada pelo Esquadrão Harpia (7°/8° GAV), sediado na Ala 8, em Manaus (AM).

“A finalidade do curso é proporcionar aos aeronavegantes conhecimentos básicos a respeito da sobrevivência na selva, a fim de aumentar a sobrevida deles e dos demais tripulantes caso ocorra alguma emergência real”, explicou o Oficial Coordenador do CABAS, Tenente Aviador Hideyuki Simplicio Kitayama.

O curso foi composto por mais de 80 horas de instrução e abordou procedimentos de emergência em aeronaves, ações imediatas após acidente, transposição em curso de água, geodiversidade da amazônia, doenças endêmicas e ofidismo, fauna e flora da região da amazônia, construção de abrigos, entre outros.

Um dos participantes das instruções, o Tenente Aviador Wellington Salomão Raimundo Gomes Tavares falou sobre o aprendizado que adquiriu com o CABAS. “O curso em si serviu para relembrar e fortalecer ensinamentos de sobrevivência em ambiente de selva, mas também proporcionou novas experiências, como pernoite isolado, visita à comunidade indígena e o próprio contato com a selva primária, bem como a troca de experiências com instrutores experientes e com vivências em missões reais”, acrescentou.

Fotos: Soldado Arce / Ala 8

imagens/original/38935/IMG_8716.jpg
imagens/original/38935/IMG_9346.jpg