INTERAÇÃO

Organizações Militares de Ensino da FAB realizam atividades conjuntas

Trocas de experiências e interação entre cadetes e alunos marcaram os encontros
Publicado: 19/06/2019 18:17
Imprimir
Fonte: AFA e EEAR
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Capitão Monteiro

A Academia da Força Aérea (AFA), localizada em Pirassununga (SP), responsável pela formação dos Oficiais Aviadores, Intendentes e de Infantaria da Força Aérea Brasileira (FAB), e a Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), instituição incumbida de formar os Sargentos que constituem o corpo técnico da Força, têm desenvolvido ações conjuntas entre os cadetes e os alunos. Uma comitiva, composta por dois oficiais, um graduado e 29 cadetes dos quatro Esquadrões da AFA, realizou a visita à EEAR, em abril, com o objetivo de proporcionar o intercâmbio dos cadetes com os alunos, além de realizar treinos da equipe de judô das duas escolas.

A atividade garantiu um maior desenvolvimento dos jovens militares que participam de diversas competições durante seu período de formação. “O intercâmbio foi muito produtivo. A troca de experiências feita entre os atletas, o fato de o treinamento ser acompanhado por muitos professores bem como a possibilidade de padronizar os procedimentos visando as competições esportivas entre as Forças Armadas, torna o evento essencial para o aperfeiçoamento dos mesmos”, afirma o Cadete Aviador Henrique Souza, do 4º Esquadrão da AFA, Turma Asterion.

O intercâmbio foi concluído no dia 4 de junho, quando a comitiva da EEAR, formada por 61 alunos, esteve presente na AFA conhecendo as instalações, passando pelo Salão Histórico, 2º Esquadrão de Instrução Aérea (2º EIA), Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Pirassununga (DTCEA-YS), Esquadrão de Segurança e Defesa (ESD-YS) e Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), além de participar da Parada Diária do Corpo de Cadetes da Aeronáutica.

EEAR visita AFA“A visita à AFA foi de grande valia, pois pudemos conhecer outra unidade de ensino e saber que é possível almejar uma carreira ainda maior. E, conhecendo o dia a dia do cadete, percebemos que, assim como a nossa, é uma rotina intensa e isso despertou o interesse pela busca de mais informações sobre o concurso da AFA”, comentou o Aluno Gabriel de Oliveira Rodrigues Marques, da Turma Áquila, sobre a visita.

Fotos: AFA