INSTITUCIONAL

Comandante da Aeronáutica recebe Secretário Nacional de Aviação Civil

Encontro tratou, entre outros assuntos, da atuação da FAB na construção de aeroportos na Amazônia
Publicado: 06/06/2019 19:25
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Jonathan Jayme
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Capitão Monteiro

O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, recebeu, nesta quinta-feira (06/06), a visita do Secretário Nacional de Aviação Civil, Ronei Saggioro Glanzmann. O encontro, no Comando da Aeronáutica, em Brasília (DF), tratou de ações conjuntas voltadas para o desenvolvimento estratégico do setor de aviação e de infraestrutura aeroportuária no Brasil.

Participaram, ainda, o Diretor-Geral do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), Tenente-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas; o Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira e o Diretor do Departamento de Outorgas e Patrimônio da Secretaria Nacional de Aviação Civil, John Weber Rocha.

De acordo com o Comandante da Aeronáutica, a reunião versou, entre outros assuntos, sobre a atuação da Comissão de Aeroportos da Região Amazônica (COMARA), organização da Força Aérea Brasileira (FAB) que tem a missão de projetar, equipar e construir aeroportos na Amazônia. “A COMARA é a grande executora de obras aeroportuárias da região e essencial para a integração territorial. As ações acontecem apesar das adversidades relacionadas aos recursos, à logística, às distâncias e ao clima”, explicou.

Para o Secretário Nacional de Aviação Civil, esse é um exemplo clássico da parceria civil-militar que contribui para o desenvolvimento do setor. “Basicamente, o braço executor do projeto da aviação regional na Amazônia tem sido a COMARA. Nossas equipes estão em Belém, com integrantes da FAB, já desenhando os próximos passos, ou seja, discutindo em quais aeroportos vamos investir nos próximos anos com recursos do Fundo Nacional de Aviação Civil”, declarou.

O encontro também tratou de assuntos como o compartilhamento de aeroportos e o controle do espaço aéreo. “Somos grandes parceiros. A aviação militar trabalha lado a lado com a aviação civil”, concluiu Ronei Saggioro.

Fotos: Sargento Bianca Viol / CECOMSAER