ESPAÇO AÉREO

Reunião no Comando da Aeronáutica trata de tráfego aéreo no Festival de Parintins

Encontro abordou necessidade de gerenciamento de pousos e decolagens no aeroporto da região, que recebe até 400 operações no período
Publicado: 09/05/2019 19:42
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Jonathan Jayme
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Capitão Monteiro

Uma reunião ocorrida nesta quinta-feira (09/05), em Brasília (DF), tratou da possibilidade de apoio da Força Aérea Brasileira (FAB) para os serviços de navegação aérea e controle de tráfego aéreo no Estado do Amazonas, durante a realização da 54ª edição do Festival Folclórico de Parintins, em junho. O encontro entre o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, e o Governador do Estado, Wilson Miranda Lima, abordou a necessidade de gerenciamento de pousos e decolagens no aeroporto da região, que recebe até 400 operações durante o período das festividades.

Participaram, ainda, da reunião o Diretor-Geral do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), Tenente-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas; o Secretário de Cultura do Amazonas, Marcos Apolo Muniz; a Presidente da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas, Roselene Silva de Medeiros; e o Prefeito de Parintins, Frank Luiz da Cunha Garcia.

O Comandante da Aeronáutica ressalta a importância da festa para o folclore do país e diz que tanto a FAB quanto o Governo do Estado do Amazonas estão empenhados para que o apoio do controle do espaço aéreo aconteça com segurança e efetiva coordenação. “Precisamos construir soluções para poder atender esta solicitação. Estamos empenhados para que isso aconteça. A FAB está sempre presente e atuante no Estado do Amazonas, construindo junto com os amazonenses um Brasil melhor e mais integrado”, completa o Tenente-Brigadeiro Bermudez.

O Governador Wilson Lima pontua que o Estado tem dificuldades em relação ao aeroporto de Parintins, onde a movimentação é intensa durante o festival folclórico. “A FAB está na Amazônia e conhece nossas dificuldades. Vamos continuar construindo propostas e encontrando caminhos para que esse ano a gente possa ter tranquilidade e segurança para quem viaja de avião para a cidade de Parintins”, comenta.

Estrutura

De acordo com o Diretor-Geral do DECEA, Tenente-Brigadeiro Domingues, o período do festival em Parintins é curto, porém crítico para o controle do espaço aéreo. Segundo o oficial-general, para que o aeroporto esteja apto a receber a intensa movimentação de aeronaves é necessária uma grande mobilização. “É preciso montar uma torre de controle, disponibilizar geradores elétricos, rede de dados, além de outros equipamentos que permitem a visualização do Controle de Aproximação. Nesse período devem ser mobilizados mais de 30 militares, entre técnicos em eletrônica, meteorologistas, controladores e outros”, explica.

O evento

Parintins está localizada no extremo leste do estado, distante cerca de 369 quilômetros da capital Manaus e sedia um dos maiores eventos folclóricos a céu aberto do mundo. O festival é uma apresentação de associações folclóricas, a disputa de dois bois bumbás – Caprichoso e Garantido. A 54ª edição acontecerá nos dias 28, 29 e 30 de junho.

Fotos: Sargento Bianca Viol / CECOMSAER