FORMAÇÃO

FAB forma novos soldados em todo o país

As guarnições de Barbacena (MG), Guarulhos (SP), Recife (PE), Campo Grande (MS) e Manaus (AM) realizaram cerimônias militares
Publicado: 13/12/2018 15:00
Imprimir
Fonte: EPCAR, BASP, CINDACTA III, Ala 5 e Ala 8
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Jonathan Jayme - Revisão: Capitão Landenberger

A Força Aérea Brasileira realizou cerimônias militares de conclusão do Curso de Formação de Soldados de diversas unidades pelo Brasil. Confira como foram as solenidades:

EPCAR

O dia 11 de dezembro, data em que se comemora o Dia da Infantaria da Aeronáutica, foi marcado pela solenidade militar de conclusão do Curso de Formação de Soldados (CFSD), na Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR), em Barbacena (MG). O Comandante da Unidade, Coronel Aviador Mauro Bellintani, presidiu a cerimônia.

Nos últimos quatro meses, os integrantes da turma Ares receberam instruções divididas em duas fases: adaptação e especialização. O período de adaptação, nas semanas iniciais, é destinado ao conhecimento da conduta militar e do ambiente da caserna. O período de especialização é destinado à instrução básica, constituída de instruções cívicas, bélicas e de infantaria.

Para o soldado Caio Antony Pires da Silva, esta oportunidade fará a diferença em sua vida. “Seja continuando na Força Aérea ou em qualquer outra profissão, este período faz diferença para qualquer um que participa, pois podemos aprimorar a disciplina, a dedicação e o respeito”, afirma o primeiro colocado do curso.

“É muito importante que a formação e a capacitação dos nossos recursos humanos, como no caso dos soldados, seja a mais qualificada possível, visando atuações nas mais diversas esferas”, diz o Comandante do Esquadrão de Segurança e Defesa de Barbacena (ESD-BQ), Capitão de Infantaria Guilherme Oliveira Kavgias.

Para Dênis José Antônio de Souza, pai do soldado Renan Felipe de Souza, eleito como “recruta padrão”, é um momento muito especial pois ele também já serviu na EPCAR. “Estou feliz e orgulhoso pela homenagem ao meu filho. Ele sempre se manteve motivado e dedicado durante o curso. Hoje passa um filme em minha cabeça. Há 23 anos era eu quem estava vivendo este momento, me formando. Espero que ele siga a carreira na Força Aérea”, conclui.

O Comandante da EPCAR, enaltece a necessidade de que os soldados honrem a farda e o compromisso assumido, mantendo-se firmes na postura ensinada durante o exigente curso de formação. “O compromisso assumido perante a Bandeira Nacional, perante a tropa e perante seus familiares e amigos representa muito além do que um simples ritual simbólico, significa uma postura patriótica de voluntarismo e abnegação, na qual os interesses nacionais se sobrepõem às vontades pessoais”, afirma o Coronel Bellintani.

Também na EPCAR, militares do ESD-BQ concluíram o Estágio de Polícia de Aeronáutica (EPAER), com o objetivo de promover o adestramento operacional na execução de técnicas e táticas relacionadas às atividades de policiamento, padronizando procedimentos e, também, capacitando uma força de contingência para o caso de emprego. Ao todo, 33 militares participaram do curso, tendo como instrutores integrantes do Esquadrão, da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) e civis com formação e experiência nas áreas de atuação.

BASP

“Entrar na Força Aérea é um sonho que tenho desde pequeno. Esse momento será inesquecível, uma experiência única que levarei para a vida inteira. Ser soldado transformou a minha vida, educação, comportamento e auto-estima. Sou um nova pessoa, com certeza mudei para melhor. A carreira de militar é o caminho que quero seguir”, externou o S2 Kaique dos Santos Ribeiro, Destaque da 2ª Turma do CSFD, na Cerimônia Militar de Compromisso à Bandeira Nacional, realizada na Base Aérea de São Paulo (BASP), na terça feira (11).

Os 354 novos soldados da FAB participaram do CFSD durante quatro meses, promovido pelo Grupo de Segurança e Defesa de São Paulo (GSD -SP), localizado na BASP, onde participaram de instruções militares teóricas e práticas, como o Exercício de Campanha, disciplina que tem como objetivo adaptar os alunos às condições naturais do terreno, desenvolvendo e aprimorando habilidades que os capacitem como militares combatentes.

“O objetivo do curso é lapidar o caráter do indivíduo e prepará-lo como militar e cidadão para o serviço da Pátria, entendendo a dimensão da Força Aérea”, explicou o 1º Ten François Paiva de Almeida, Chefe da Seção de Instrução do GSD-SP.
 

CINDACTA III

O Terceiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA III), por meio do Grupo de Segurança e Defesa de Recife (GSD-RF), realizou, na quarta-feira (05), a solenidade alusiva ao compromisso à Bandeira Nacional de 127 recrutas componentes da segunda turma de 2018 do Curso de Formação de Soldados.

A cerimônia foi presidida pelo Chefe do Serviço de Recrutamento e Preparo de Pessoal da Aeronáutica de Recife (SEREP-RF), Coronel de Infantaria Júlio César Pontes, e contou com a presença dos comandantes, chefes e diretores da guarnição.

O curso foi realizado pelo GSD-RF e teve duração de 17 semanas, com estágios operacionais e instruções teóricas e práticas, como Ordem Unida, regulamentos, armamento, munição, tiro, Treinamento Físico Militar, táticas de combate terrestre e exercício de campanha.

Após a formação básica, os soldados de Segunda Classe são divididos em dois grupos: Subgrupamento de Segurança e Defesa e Subgrupamento de Logística. Eles continuarão em progressão operacional e especialização durante o Serviço Militar Inicial nos primeiros 11 meses e farão estágio nas áreas de Padronização Operacional, Polícia da Aeronáutica, Vigilância Eletrônica, Condução de Veículos de Segurança, Condutores de Cães de Guerra, entre outras.

O comandante do Primeiro Esquadrão de Formação Militar, Tenente Luís Felipe Magalhães Neves, diz que o curso é determinante para a formação, uma vez que o indivíduo parte do meio civil e se desenvolve ao longo do estágio. "A gente vê pessoas que não tinham noção do que era entrar em forma, do que era hierarquia e disciplina", explica.

Durante todo o curso de formação, destacaram-se três militares, que receberam uma premiação do Chefe do SEREP-RF: Soldado Bruno Jefferson Silva de Souza, primeiro colocado da turma na especialidade Subgrupamento de Segurança e Defesa; Soldado Lucas Macário da Silva, primeiro colocado da turma na especialidade Subgrupamento de Logística; e o Soldado Williams Cabral de Araujo Júnior, eleito pelos instrutores, monitores e companheiros de turma como destaque militar, pela sua irrepreensível conduta militar, zelo, responsabilidade e elevado espírito de corpo, demonstrados durante todo o curso.

O Soldado W. Cabral diz que ficou muito feliz com a escolha e crê que isso é resultado da disciplina, do cumprimento de horários, do espírito de corpo e da responsabilidade. "Enquanto todos iam descansar no horário previsto, eu ia estudar ou me voluntariava pra fazer faxina. Estive sempre disposto em ajudar a turma durante todo o curso e estarei firme e forte na hora que precisarem”, afirmou o militar.

O Comandante do GSD-RF, Major de Infantaria André Luiz Souto Mendes Barros, parabenizou os soldados formados e os familiares presentes. “É um momento de alegria e confraternização para todos eles, que saem vitoriosos. Mas saibamos que é a vitória de uma primeira etapa. Agora eles começam a vida militar. Até o momento nós cuidamos deles, formando, indicando o caminho, agora eles irão retribuir para a Força Aérea”, completou.

Ala 5

Na sexta-feira (30/11), a Ala 5, em Campo Grande (MS), realizou a cerimônia de conclusão do Curso de Formação de Soldados de 27 militares. A cerimônia foi presidida pelo Assessor Especial Militar do Ministro de Estado Extraordinário da Segurança Pública, Major-Brigadeiro do Ar João Tadeu Fiorentini.

Após a realização do compromisso à Bandeira Nacional, foram entregues homenagens aos soldados que se destacaram durante o curso de formação: Guilherme da Silva Ferreira, como destaque intelectual da turma Lobos, e Eduardo Kelwin Pereira, escolhido como Soldado Padrão. Eles receberam diploma de Honra ao Mérito e premiações pelos esforços durante o curso.

O Comandante da Ala 5, Brigadeiro do Ar Augusto Cesar Abreu dos Santos, ressaltou aos novos soldados a importância do compromisso realizado. “Esse juramento que os senhores fizeram hoje fornece orientação duradoura para os membros das Forças Armadas. Cada palavra tem a sua própria história e a sua própria mensagem. Tem uma natureza impessoal, reservando nossa lealdade à Pátria e suas instituições”, completou o Oficial-General.

Ainda durante a solenidade, os militares receberam a insígnia de Soldados de Segunda Classe de seus pais e padrinhos e foram incorporados à tropa da Guarnição de Aeronáutica de Campo Grande para o desfile militar.

Ala 8

“Foi um sonho realizado. Desde criança eu vejo os militares marchando, a banda de música, a ordem unida. Tudo isso sempre me atraiu”. Esse foi o sentimento do Destaque Militar do Curso de Formação de Soldados, da segunda turma de 2018, Soldado Kaio Brito de Oliveira, da Guarnição de Aeronáutica de Manaus. Ao todo, 196 novos militares participaram da formatura, na manhã de sexta-feira (29/11).

A turma, formada pelo Grupo de Segurança e Defesa da Ala 8, foi incorporada em 1° de agosto deste ano. Durante os cerca de quatro meses de instrução, os militares tiveram aulas de tática de combate terrestre, legislação militar, armamento, munição e tiro, contraincêndio, entre outras. O grupo também participou de um exercício de campanha e teve treinamento físico militar durante todo curso.

“O que mais me atrai é a vontade de mudar. Isso que me chamou a atenção na Força Aérea. Espero poder honrar tudo isso, quero poder retribuir”, disse o primeiro colocado do curso, Soldado Matheus Ramos Rodrigues.