TRÁFEGO AÉREO

DECEA participa da coletiva de lançamento do Projeto Agile GRU

A operação aumentará a capacidade de funcionamento do aeroporto, especialmente nos horários com maior movimento aéreo
Publicado: 11/12/2018 17:30
Imprimir
Fonte: DECEA, por Denise Fontes
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente João Elias - Revisão: Major Alle

O Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) participou, nesta terça-feira (11), em São Paulo (SP), da coletiva de imprensa do lançamento do Projeto Agile GRU, iniciativa que implementa a operação para pousos e decolagens simultâneos no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos (SP).

O Projeto Agile GRU é resultado do trabalho conjunto entre o DECEA, o Aeroporto de São Paulo (GRU Airport), a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (INFRAERO), a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) e a International Air Transport Association (IATA), com apoio da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Durante a coletiva de imprensa das organizações responsáveis pelo projeto, o Chefe do Subdepartamento de Operações do DECEA, Brigadeiro do Ar Ary Rodrigues Bertolino, falou sobre a importância da operação. “O objetivo é melhorar o fluxo aéreo, reduzindo tempo de espera das aeronaves em voo e no solo, trazendo benefícios tanto para o usuário do transporte aéreo quanto para a comunidade aeroportuária”, ressaltou.

O procedimento inédito, batizado de Operação Segregada sob Condições Meteorológicas Visuais (VMC), entrou em vigor na última quinta-feira (06), no Aeroporto Internacional de São Paulo.

O Capitão Especialista em Controle de Tráfego Aéreo Marcos Roberto Peçanha dos Santos, representante do DECEA no Grupo de Trabalho Agile GRU, apresentou as etapas do projeto. “A implementação é resultado do processo de decisão colaborativa, desenvolvido entre os órgãos, que envolveu várias etapas, desde a elaboração de novos procedimentos de navegação aérea, confecção de novas cartas aeronáuticas até a homologação dos procedimentos, com o objetivo de aumentar a eficiência das operações do maior aeroporto do País”, explicou.

Houve, também, a apresentação dos vídeos sobre o Projeto Agile GRU e o treinamento dos controladores de tráfego aéreo, no Instituto de Controle do Espaço Aéreo (ICEA), em São José dos Campos (SP). Duzentos e vinte e sete controladores de tráfego aéreo (ATCO) da Torre de Controle do Aeroporto de Guarulhos (TWR-GRU) e do Controle de Aproximação São Paulo (APP-SP) passaram por treinamento nos Laboratórios de Simulação no ICEA, totalizando uma carga de 4.820 horas de exercícios.

Benefícios

A operação, que dá independência às duas pistas, aumentará a capacidade de funcionamento do aeroporto, especialmente nos horários com maior movimento aéreo. O percentual de tempo em condições meteorológicas visuais é de 75%, o que torna viável esse tipo de procedimento.

O Aeroporto de São Paulo é o maior do país e o mais movimentado da América do Sul em número de passageiros, com uma média de 40 milhões de usuários por ano. Por dia, são cerca de 830 movimentos aéreos, entre pousos e decolagens, de acordo com dados da Concessionária GRU Airport.

Para formalizar as novas operações, os membros do Grupo de Trabalho do Agile GRU assinaram o Termo de Referência de Implantação do projeto.

Autoridades presentes

O evento contou com a presença do Diretor-Geral do DECEA, Tenente-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas; do Presidente da Comissão de Implantação de Sistema de Controle do Espaço Aéreo (CISCEA), Major-Brigadeiro Engenheiro Fernando Cesar Pereira Santos; do Chefe do Subdepartamento Técnico do DECEA, Brigadeiro Engenheiro Dalmo José Braga Paim; do Chefe do Serviço Regional de Proteção ao Voo de São Paulo (SRPV-SP), Coronel Aviador Anderson da Costa Turola, além de autoridades da GRU Airport, INFRAERO, ANAC, Secretaria de Aviação Civil (SAC), ABEAR, IATA, Federal Aviation Administration (FAA) e diversas empresas aéreas.

Fotos: Fábio Maciel

Conheça aqui as etapas da Operação Segregada sob Condições Meteorológicas Visuais no Aeroporto Internacional de São Paulo (Operação simultânea de pousos e decolagens).

Conheça, também, a preparação dos profissonas para a operação simultânea de pousos e decolagens no Aeroporto Internacional de São Paulo.