ORDEM DO DIA

Dia da Bandeira

Leia a Ordem do Dia alusiva ao Dia da Bandeira
Publicado: 19/11/2018 00:00
Imprimir
Fonte: GABAER

Com origem na Idade Média, as bandeiras inicialmente foram concebidas com a finalidade de identificar exércitos aliados. Nos dias atuais são utilizadas como símbolo que representa o sentimento de união nacional e demonstram a soberania das nações.

No Brasil, a bandeira foi criada pelo decreto Nº 4 no dia 19 de novembro de 1889, dias após a proclamação da república. Composta por quatro cores, retrata com um retângulo verde a pujança das matas brasileiras e exprime por meio de um losango amarelo a profusão das riquezas minerais do solo. Por último, a esfera azul-celeste com estrelas, simboliza o céu brasileiro e seus 27 estados. Ao centro se sobressai uma zona branca com os dizeres “Ordem e Progresso”.

A Bandeira do Brasil, um dos quatro símbolos nacionais, sintetiza de maneira ímpar a área de responsabilidade da Força Aérea Brasileira. Nela enxergamos a importância de nossa existência como força armada, a necessidade de manter a soberania do espaço aéreo com a finalidade de preservar todas as riquezas tão cobiçadas nos dias atuais.

Focada na sua missão constitucional, a FAB se mantem como alicerce da democracia e da estabilidade nacional. Nossos valores, assim como a Bandeira Nacional, se perpetuam e se mantém presentes em nossos homens e mulheres que Controlam, Defendem e Integram os 22 milhões de quilômetros quadrados sob nossa responsabilidade.

Cultuar o mais alto símbolo de uma nação, saudado diariamente nos braços de nossa instituição, nos mantém alinhados com os valores patrióticos edificados por nossos antecessores, exaltando o sacrifício despendido na construção da nossa democracia.

E é com esse espírito que a FAB vem construindo o futuro de nossos sucessores, caminhando e se adaptando às novas realidades, nossos projetos estratégicos do KC-390, o FX-2 GRIPEN e o satélite de comunicação geoestacionário brasileiro nos permitem acreditar que o futuro se desvela promissor.

Assim como idealizado pelos seus criadores, a “Ordem e Progresso” da Bandeira Nacional estão presentes e orientam a nossa instituição, dando sentido a nossa existência.

Brasília, 19 de novembro de 2018.

Tenente Brigadeiro do Ar NIVALDO LUIZ ROSSATO
Comandante da Força Aérea Brasileira