TRÁFEGO AÉREO

DECEA participa de evento sobre segurança da informação no controle do espaço aéreo

Workshop sobre Segurança Cibernética ocorreu em São Paulo
Publicado: 21/08/2018 18:30
Imprimir
Fonte: DECEA, por Daisy Meireles
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente João Elias - Revisão: Major Alle

O Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), representado pelo Coronel Aviador da reserva Leandro Costa de Andrade, expôs sua abordagem frente aos desafios de segurança da informação para a infraestrutura de controle do espaço aéreo no Workshop de Segurança Cibernética, no dia 13 de agosto, em São Paulo (SP).

O DECEA integrou o painel com o tema "As Iniciativas de Segurança Cibernética na América Latina". O Coronel Leandro discorreu sobre o Programa Sirius Brasil, que se fundamenta no emprego de soluções estratégicas para a evolução permanente do gerenciamento do tráfego aéreo brasileiro, associado às necessidades do meio ambiente. O programa reúne um conjunto de empreendimentos agrupados em diferentes áreas, que sintetizam os objetivos estratégicos e contribuem para a modernização do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (SISCEAB) e a consolidação dos benefícios esperados pela sociedade com a evolução do Sistema ATM (Gerenciamento de Tráfego Aéreo) Nacional.

Algumas das preocupações do DECEA com o sistema de controle do espaço aéreo, principalmente com relação ao protocolo aberto do ADS-B (Vigilância Dependente Automática por Radiodifusão) - que está sendo implantado na Bacia de Campos, foram tema da apresentação do Coronel Leandro, da Divisão de Tecnologia e Segurança da Informação do Subdepartamento Técnico. "O DECEA visa garantir a continuidade da segurança operacional, protegendo seus dados, sistemas e reputação. O DECEA, como responsável pelo controle de tráfego aéreo brasileiro, possui publicações em eventos científicos sobre o assunto", ressaltou o Coronel Leandro.

Formado em Engenharia pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), o Coronel Leandro destacou o cenário de ameaças cibernéticas na aviação e falou das ações do DECEA no gerenciamento de tráfego aéreo para uma região que é cinco vezes a aérea da União Europeia. "É um desafio diário, mas prestamos para o usuário do transporte aéreo um serviço de segurança com excelência. Graças aos nossos parceiros, temos o que há de mais novo em tecnologia para auxiliar possíveis ataques cibernéticos”, afirmou.

Workshop

O evento, promovido pela SITA, empresa pioneira em telecomunicações internacionais para o setor de transporte aéreo, teve a presença de especialistas e associações que destacaram tópicos desafiadores e pertinentes das áreas de tecnologia da informação e de aviação.

Além do DECEA, o workshop contou com apresentações da Associação de Transporte Aéreo da América Latina e do Caribe (ALTA), da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) e da Secretaria de Aviação Civil (SAC).

Fotos: SITA