FORMAÇÃO

AFA realiza cerimônia de entrega de platina aos cadetes da Força Aérea

Cadetes passaram por seis semanas de Estágio de Adaptação Militar
Publicado: 22/02/2018 18:13
Imprimir
Fonte: AFA, por Tenente Cristiane dos Santos
Edição: Ten Gabriélli - Revisão: Major Peçanha

A Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga (SP), realizou nesta quinta-feira (22/02), a cerimônia de entrega de platina para 215 cadetes dos Quadros de Aviação, de Intendência e de Infantaria da Força Aérea Brasileira (FAB).

A tradicional solenidade foi presidida pelo Diretor de Ensino (DIRENS), Major-Brigadeiro do Ar Rui Chagas Mesquita, que também ministrou a aula inaugural para os futuros oficiais. O Comandante da AFA, Brigadeiro do Ar Mário Augusto Baccarin, o Comandante do Corpo de Cadetes, Coronel Aviador Webert Romeiro Freire, bem como instrutores, mestres e familiares prestigiaram o evento.

O Comandante do Corpo de Cadetes disse que a emoção do momento é a alegria da conquista, mas o empenho deve continuar. "A verdade é que estão sentindo o gosto da vitória. Os cadetes venceram uma batalha, mas a vida acadêmica está apenas começando. Inúmeros desafios virão, mas acreditem, agora estão preparados", disse o Coronel Webert. "As platinas não foram colocadas por acaso, os cadetes muito fizeram para ter o direito de usá-las, pois não há crescimento sem sacrifícios e sem esforço", complementou.

Diretor de Ensino da Aeronáutica preside cerimônia de entrega de platinaDurante a cerimônia, aeronaves T-27 Tucano do Primeiro Esquadrão de Instrução Aérea realizaram voo de formatura. Os novos cadetes entoaram o grito de guerra e desfilaram, juntamente com os cadetes mais antigos, ao som da Canção Bandeirantes do Ar, tocada pela Banda de Música da Academia.

O Ninho das Águias recebeu os jovens em 11 de janeiro, que, deste então, foram submetidos ao Estágio de Adaptação Militar (EAM). Ao longo de seis semanas, os ex-estagiários receberam instrução sobre a vida e os valores militares, treinamento físico e palestras. Formam o Primeiro Esquadrão 191 homens e 24 mulheres, sendo 161 cadetes aviadores (156 homens e cinco mulheres), 39 cadetes intendentes (20 homens e 19 mulheres) e 15 cadetes homens da infantaria.

O Cadete Aviador Fernando Cunha Ruffo é o primeiro colocado do Primeiro Esquadrão e falou da importância do momento. "Este é um sonho que motiva muita gente, não apenas o de voar, mas também de fazer voar. Os três quadros têm sua importância e um objetivo comum, que é o bem da Pátria. É muito tempo de dedicação, mas no final tudo valerá a pena", afirmou.

Cadetes do primeiro Esquadrão recebem a platinaPara a Cadete Intendente Marcella Neves Boccardo Lanz, a entrega de platinas é um marco na carreira como oficial da Força Aérea. "Isso vai ficar para sempre marcado na nossa memória como o início da nossa vida na caserna, da carreira”, disse.

A turma recebeu o nome "Mihos", que é o Deus egípcio da guerra e do tempo, que sintetiza o lema da turma, constante na bolacha: "grandes recompensas para grandes esforços". Os novos cadetes têm quatro anos pela frente até a formatura como Oficiais da Força Aérea.

Confira como foi a cerimônia de entrega da platina para o Primeiro Esquadrão.

Fotos: Cabo André Feitosa

imagens/original/35950/_r5a1101.jpg