SEGUNDA GUERRA

Cidade de Alessandria, na Itália, irá homenagear a Força Aérea Brasileira

Aviadores da FAB mortos em combate na Segunda Guerra Mundial serão homenageados pela primeira vez na cidade
Publicado: 15/12/2017 19:20h
Imprimir
Fonte: Adido de Defesa e Aeronáutica do Brasil na Itália
Edição: Agência Força Aérea, por Ten Gabrielli Revisão: Tenente-Coronel Fontes

Prefeito de Alessandria e o adido militar coordenam homenagem, que será em abrilOs pilotos da Força Aérea Brasileira, Capitão Dornelles e Tenente Medeiros, que foram mortos em combate durante a Segunda Guerra Mundial, vão receber uma homenagem da cidade italiana de Alessandria, onde faleceram em 1945. O reconhecimento do município aos combatentes, que acontecerá em abril, ficou acordado após uma reunião entre o o Adido de Defesa e de Aeronáutica na Itália, Coronel Aviador Max Luiz da Silva Barreto, e o Prefeito de Alessandria, professor Gianfranco Cuttica di Revigliasco, além de outras autoridadades e estudiosos.

Dentre os locais onde os pilotos do Primeiro Grupo de Aviação de Caça foram abatidos, somente Alessandria e Spilimbergo não possuíam cerimônias e homenagens aos jovens oficiais. Spilimbergo realizou a primeira no dia 04 de dezembro e Alessandria realizará a sua primeira homenagem em abril de 2018, provavelmente no fim do mês, próximo ao dia de falecimento do Capitão Dornelles e da liberação da cidade pela Força Expedicionária Brasileira (FEB).

Tenente Dornelles faleceu em combate em 1945O Coronel Max explica que outras três cidades onde pilotos da FAB foram abatidos já prestam homenagens aos aviadores: Tarquinia, Livergnano (na província de Pianoro) e Rodano. "Em um primeiro momento, a cidade de Alessandria deverá colocar uma placa no prédio onde ocorreu a queda do avião do Capitão Dornelles, que hoje é uma escola. Também trabalharemos em uma parceria com a instituição, para envolver os alunos", explica o adido. Ele também destaca a atuação da Embaixada do Brasil na Itália, do historiador italiano Giovanni Sulla, do estudioso Mario Pereira, filho de um militar da FEB, e de Conrrado Andrea, para o sucesso da parceria em Alessandria. "Mais importante que recordarmos nossos heróis, é estabelecermos vínculos duradouros de amizade com o povo italiano, transmitindo aos jovens brasileiros e italianos os valores daqueles pilotos que doaram suas vidas para libertar a Itália", diz o coronel.

Capitão Dornelles foi abatido em sua 89a missão de guerraO Segundo Tenente Aviador João Maurício Campos de Medeiros nasceu no Rio de Janeiro e faleceu em Alessandria, em uma missão de combate no dia 02 de janeiro de 1945, após saltar de paraquedas de sua aeronave e ficar preso nos fios de alta tensão da cidade, morrendo eletrocutado. Medeiros voava na ala do Capitão Dornelles e havia destruído seu objetivo antes de ser atingido pela artilharia inimiga.

O Capitão Aviador Luiz Lopes Dornelles foi um dos mais bravos pilotos brasileiros na Segunda Guerra Mundial, abatido na sua 89ª missão de guerra. É paulista e faleceu em Alessandria no dia 26 de abril de 1945.