BUSCA E SALVAMENTO

Duas aeronaves estão engajadas nas buscas por avião desaparecido no MT

Até o momento, já foram voadas 34 horas em prol das buscas, com as aeronaves SC-105 e H1H
Publicado: 12/12/2017 15:30
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Emília Maria

Avião SC-105 Amazonas está engajado nas buscasA Força Aérea Brasileira (FAB) continua nesta terça-feira (12/12) as buscas ao avião PU-MMT, modelo Paradise P1, desaparecido sábado (09/12) no Mato Grosso. A aeronave SC-105 Amazonas e o helicóptero H-1H estão engajados na operação desde a manhã de domingo, além de 35 militares. Até o momento, foram empregadas 34 horas de voo.  A operação de busca e salvamento é coordenada pelo Salvaero Amazônico.

O Comandante do Esquadrão Pelicano (2º/10º GAV), Tenente-Coronel Aviador Jorge Marcelo da Silva Martins, explica o trabalho que está sendo realizado. "Estamos cumprindo padrões de busca na rota entre Colniza e Juara, além da região de Juruena. Nos três dias, o mau tempo prejudicou os trabalhos", explica.

"Apesar da meteorologia e da região de selva fechada, estamos com as duas tripulações empenhadas na busca e no salvamento da família", completa o militar.

O avião desaparecido decolou na manhã de sábado de Colniza (MT) com destino a Juara (MT) e estaria com três pessoas da mesma família a bordo.

Responsabilidade - A FAB cumpre missões de busca e salvamento para localizar e salvar pessoas em perigo na terra ou no mar em uma área de 22 milhões de km2 sobre o continente e sobre o Oceano Atlântico: a chamada Dimensão 22.

Entenda - O vídeo abaixo mostra como funciona o acionamento de uma misssão real de busca e salvamento, que começa em um dos quatro Salvaero que a FAB mantém distribuídos pelo País e, após o engajamento das aeronaves, envolve diversos fatores e cálculos para determinar a área de varredura e os padrões de busca.

Foto: Sgt Johnson/CECOMSAER