CULTURA

Imagens do legado de Santos-Dumont estão no Arquivo Nacional, no RJ

Réplica do avião Demoiselle e fotografias da aviação brasileira fazem parte da mostra
Publicado: 29/11/2017 15:31
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Ten Cristiane dos Santos

Mostra conta com documentos históricos sobre Santos-Dumont

O avião é o maior legado deixado por Alberto Santos-Dumont para a humanidade. O inventor marcou o mundo ao voar pela primeira vez com o 14 Bis há 111 anos e, no ano seguinte, com a Demoiselle. Ao longo de mais de um século, as grandes obras de Santos-Dumont foram ganhando novas tecnologias, capacidades e operacionalidades. Na Força Aérea Brasileira (FAB), o avião permite que seja realizada a integração de todo o país, cumprindo assim uma das missões da instituição.

Através das lentes do Sargento Johnson Barros, fotógrafo do Centro de Comunicação da Aeronáutica (CECOMSAER), é possível conhecer mais deste universo. Com o tema “Asas que protegem o país – Um Tributo a Santos-Dumont”, o Arquivo Nacional, no Rio de Janeiro, recebe, até o dia 31 de janeiro de 2018, a exposição de 43 fotos de aeronaves, além da réplica em tamanho original do avião Demoiselle ou "Libellute" - como também ficou conhecido, e de documentos históricos da época dos feitos de Santos-Dumont.

Dentre as imagens expostas, está o registro do voo da réplica do 14 Bis, realizada em junho deste ano, em Bauru, no interior paulista, que simboliza os primórdios da aviação, até a imagem do mais novo avião da FAB, o KC 390. Autor de 40 do total de 43 fotos da exposição, o Sargento Johnson Barros lembra que os aviões fotografados são descendentes da primeira criação de Santos-Dumont. Uma das imagens expostas é do motor radial de uma aeronave utilizada durante a segunda Guerra-Mundial. “Eu gosto muito desta foto porque o avião, na minha opinião, é um ser que voa, que tem asas. O motor é o coração e o piloto é o cérebro. É com esta tríade, mente, corpo e coração, que o avião faz a sua mágica”, expressou.

As imagens são resultado de um trabalho de quase 10 anos, sendo algumas consagradas com Prêmios e Menções Honrosas. Há registros também que ganharam destaque entre as imagens mais vistas, no Brasil e no mundo, no site de armazenamento de fotos Flickr.

Com a exposição, as imagens passam para a guarda permanente do Centro de Documentação da Aeronáutica. Um dos objetivos ao captar o acervo é resgatar o aspecto histórico da evolução tecnológica do reaparelhamento da Força Aérea. Para tanto, foi assinado o Termo de Recolhimento da Coleção de Fotografias de Aviação Brasileira produzidas pelo CECOMSAER. Os autores das imagens receberam certificado de participação na exposição. Além do Sargento Johnson, há imagens de autoria dos Sargentos Bianca Viol e Bruno Batista e do Cabo André Feitosa. “Eu me sinto honrado ao ver estas imagens saírem da máquina fotográfica ou do computador e entrarem para o acervo histórico da Força Aérea para preservação eterna”, destaca o Sargento Johnson.

Cerimônia - A abertura da exposição foi realizada nesta terça-feira (28), Inauguração da Exposição, no Arquivo Nacional (RJ)e foi presidida pelo Comandante-Geral do Pessoal (COMGEP), Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez. A cerimônia contou com a presença do Diretor do Centro de Documentação da Aeronáutica (CENDOC), Coronel Intendente Carlos Alberto Leite da Silva, e de outras autoridades. O Diretor-Geral Substituto do Arquivo Nacional, Professor Diego Barbosa da Silva, destacou a importância da mostra. “Estamos muito felizes por receber esta exposição e ter a custodia deste acervo permanente. Santos-Dumont foi uma grande personalidade não apenas para o Brasil, mas para o mundo”, ressaltou.

O Comandante do COMGEP, Tenente-Brigadeiro Bermudez, também destacou a importância do pai da aviação para a humanidade. “A exposição retrata um dos brasileiros mais ilustres e temos que mostrar o talento e a genialidade dele. Precisamos elevar o nome deste brasileiro, patrono da aviação, que deu asas para a humanidade”, afirmou. O oficial-general lembrou, ainda, que o tema da mostra - “Asas que protegem o país”- enaltece a missão da FAB. “A Força Aérea tem como objetivo a manutenção da soberania e a integração do território nacional com vistas à defesa da pátria. Esta parceria nos proporciona a oportunidade de mostrar um pouco de nossa missão e, acima de tudo, a história de todos nós brasileiros”, complementou.

O Diretor do CENDOC, Coronel Leite, também enfatizou a missão da FAB. “Controlar, Defender e Integrar. Este é o lema da Força Aérea, uma perspectiva que sintetiza a missão do Comando da Aeronáutica na garantia da defesa da nossa Pátria a qual se alinha à perspectiva desta exposição, um tributo a Santos-Dumont”, disse.

Segundo o Oficial, “inspiração” é a palavra-chave da mostra. "É o espírito presente nas peças mostradas na exposição. Consagra a genialidade e o empreendedorismo deste grande herói nacional. É fascinante apresentar estas 43 fotografias, imagens reconhecidas nacional e internacionalmente, e que se incorporam ao arquivo permanente do nosso Centro de Documentação”, afirmou.

 

 Visitante observa uma das imagens da mostraSilhueta do A-29 com o piloto tirando o capacete – A imagem está na exposição e foi considerada pelo Flickr como a mais interessante em 2014. Para receber este status, a imagem passou pelo crivo das mais acessadas, das mais vistas e das mais comentadas. “Durante uma missão na cidade de Maringá (PR), observei que o crepúsculo daquelas tardes quentes era muito bonito, mas eu não estava lá para fotografar o pôr do sol que muitos admiram, e sim para fotografar as ações da FAB”, explica o Sargento Johnson Barros. Em certo momento, conta o autor, surgiu a ideia de retratar o cotidiano das pessoas que ali estavam de uma forma mais poética. “Todos os elementos estavam lá e eu pude registrar o final de um dia de trabalho de um piloto de caça”, conta. “Com um clique da câmera pude levar ao mundo aquilo que meus olhos testemunhavam”, finaliza.

 

 

 Fotos Cb André Feitosa

imagens/original/35580/171128fei9668-andre_feitosa.jpg
imagens/original/35580/171128fei9700-andre_feitosa.jpg
imagens/original/35580/171128fei9709-andre_feitosa.jpg
imagens/original/35580/171128fei9724-andre_feitosa.jpg
imagens/original/35580/171128fei9727-andre_feitosa.jpg
imagens/original/35580/171128fei9750-andre_feitosa.jpg
imagens/original/35580/171128fei9772-andre_feitosa.jpg