CIDADANIA

FAB realiza iniciação profissional de adolescentes em Recife

Este ano foram formados 46 adolescentes em cursos de iniciação profissional
Publicado: 29/11/2017 09:44
Imprimir
Fonte: II COMAR, por Tenente Bianca
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente João Elias

Brigadeiro do Ar Walcyr e a Presidente do ProjetoA cerimônia de conclusão do 23º Curso de Iniciação Profissional do Projeto Esquadrão Asa Branca, que atende adolescentes de 14 a 17 anos em situação de vulnerabilidade social, foi realizada na última sexta-feira (24/11). O projeto é desenvolvido em parceria com o Segundo Comando Aéreo Regional (II COMAR), por meio do Serviço Social do Grupamento de Apoio do Recife (GAP-RF) e a Associação Asa Branca.

"Ficamos muito felizes sempre que uma turma é formada, pois percebemos o aprendizado adquirido tanto no aspecto da iniciação profissional, quanto dos valores repassados da vida militar, como disciplina, respeito e dedicação ao que fazemos", ressaltou a coordenadora do Asa Branca, Tenente Geomarliana Mauriz.

Este ano foram formados 46 adolescentes que durante sete meses participaram das atividades. Na solenidade, houve a entrega dos certificados aos "Asinhas" concludentes e a apresentação do Coral “Vozes da Asa Branca”, regido pelo Maestro Capitão Músico Moisés da Paixão, que juntamente com os adolescentes, entoaram o Hino da Associação.

Composição da Mesa "Essa é uma oportunidade de adquirir novos conhecimentos. Agradecemos aos instrutores pela dedicação e pelos conhecimentos transmitidos e ao Serviço Social pelo empenho no acompanhamento das atividades ao longo do ano", ressaltou o orador da turma, Erick Cabral da Silva.

A cerimônia contou com a presença do Brigadeiro do Ar Walcyr Josué de Castilho Araujo, Comandante do II COMAR e do Terceiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA III) e da Presidente da Associação Asa Branca, Sônia Pacheco, entre outras autoridades.

Asa Branca

Criado no ano de 1994, o projeto conta com mais de 1000 adolescentes formados, e foi desenvolvido em parceria com o II COMAR, sendo, atualmente, coordenado pelo Grupamento de Apoio de Recife (GAP-RF). A Organização Militar (OM) disponibiliza a parte técnica de organização e acompanhamento das atividades, por meio do Serviço Social (SESO-RF) e pela Associação Asa Branca, composta por esposas de militares que se uniram em prol das comunidades localizadas no entorno da OM, apoiando o Projeto com a parte financeira.

Palavras do orador da turmaO projeto atende a adolescentes em situação de vulnerabilidade social, por meio da inserção em oficinas de iniciação profissional. Além disso, os adolescentes recebem auxílio transporte e uniforme. As atividades são socioeducativas, em jornada complementar à escola, propiciando experiências favoráveis no desenvolvimento de suas habilidades. Eles são capacitados para o ingresso no mercado de trabalho, seja dentro ou fora da área militar. Geralmente são oferecidos cursos de Auxiliar de Escritório, Elétrica, Informática, Telefonia, Almoxarifado, Garçonaria e Refrigeração.