SOLIDARIEDADE

Ala 7 realiza segunda campanha de doação de sangue em Boa Vista

Foram coletadas 54 bolsas que serviram para reforçar o banco de sangue do Estado
Publicado: 24/11/2017 09:00
Imprimir
Fonte: Ala 7, por Tenente Ranyer
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente João Elias

Cerca de 60 militares da Ala 7, Organização Militar localizada em Boa Vista (RR), compareceram ao Hemocentro de Roraima para participar da segunda campanha de doação de sangue promovida pela instituição no ano de 2017, nessa terça (21/11) e quarta-feira (22/11). Na oportunidade, foram coletadas 54 bolsas de sangue que serviram para reforçar o banco de sangue do Estado.

“A situação do nosso estoque ainda é considerada baixa ao analisarmos que, ao se aproximar do final do ano, estatisticamente, a coleta de sangue é diminuída por causa das férias e a necessidade de bolsas aumenta, em virtude das festividades que ocorrem na cidade”, avalia a assistente social Francisca Edna Feliz de Araújo, do Hemocentro de Roraima.

De acordo com ela, as campanhas realizadas pela Força Aérea Brasileira (FAB) em Roraima colaboram para fortalecer os estoques, porque chegam em momentos nos quais a situação está bastante crítica. “A colaboração de cada militar que vem é muito importante, pois sabemos que são pessoas que têm compromisso com a sociedade como um todo, evidenciado pela preocupação com as pessoas que estão nos hospitais, com o nosso estoque e com o nosso trabalho”, afirma a assistente social.

O Soldado Hemerson Felipe de Morais Furlin, que é doador de sangue frequente, destaca a simplicidade do ato e a importância que tem para aquelas pessoas que precisam dele. “Sempre que possível e respeitando o intervalo que é determinado, eu venho ao Hemocentro doar o meu sangue. É um processo muito rápido, mas suficiente para salvar vidas, inclusive a minha, caso venha a necessitar”, ressalta o soldado.

A campanha também faz alusão ao Dia Nacional do Doador de Sangue, comemorado no próximo sábado (25/11). A data é uma homenagem às pessoas que voluntariamente doam um pouco de si para ajudar àqueles que necessitam, salvando vidas.