PORTÕES ABERTOS

Cerca de 50 mil pessoas participam de evento na Ala 2

Campanha de doação arrecadou cerca de três toneladas de alimentos
Publicado: 11/09/2017 16:24h
Imprimir
Fonte: Ala 2, por Tenente Bárbara
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente João Elias

O Portões Abertos da Ala 2, antiga Base Aérea de Anápolis, foi realizado nesse domingo (10/09), atraindo cerca de 50 mil pessoas. O evento, em que a organização abre seus portões à visitação pública recebendo pessoas de todo o País, ocorre desde 1975 e se tornou um dos maiores da região.

Entre as atrações estiveram presentes: aeromodelismo, plastimodelismo, exposição de equipamentos do 3º Grupo de Defesa Antiaérea, equipamentos de contra-incêndio e observação astronômica. O público teve a oportunidade de visitar a exposição estática das aeronaves operadas na Ala 2 (R-35A, E-99, R-99 e F-5M) bem como acompanhar a rotina de voo dos Esquadrões Aéreos (1°/6° GAV, 2°/6°GAV e 1° GDA). No encerramento, houve a demonstração da Esquadrilha da Fumaça.

Ainda fizeram parte do Portões Abertos: demonstração dos cães de guerra do Esquadrão de Segurança e Defesa da Ala 2, exposições comerciais e culturais da região, além de Cinema FAB, em que vídeos sobre a instituição foram divulgados. “É uma oportunidade para a gente conhecer melhor a Força Aérea, ver os aviões de perto, entrar nesse mundo”, disse a estudante Jéssica Dias de Sena, de 25 anos.

Durante a demonstração da Esquadrilha da Fumaça todos os olhares estavam voltados para cima. O Arthur Monteiro dos Santos de, apenas, 4 anos estava gostando de “tudo” e quando perguntado o que seria quando crescesse, ele não hesitou: “Vou ser piloto e voar um desses”, enquanto apontava para os aviões da Esquadrilha.

Social

O evento também tem cunho social já que, todos os anos, a Ala 2 incentiva a população a participar da Campanha de Doação de Alimentos. Cada quilo de alimento doado correspondeu a um cupom para participar do sorteio de brindes. Ao total, foram doadas aproximadamente três toneladas de alimentos que serão distribuídos a 25 instituições de caridade cadastradas pela Seção de Assistência Social do Grupamento de Apoio de Anápolis (GAP-AN).

Fotos: Sargento Xavier / Sargento Haron