EVENTO

FAB realiza encontro com judiciário para apresentar atividades das Forças Armadas

A ação é resultado de uma visita institucional realizada, em julho, com membros do judiciário no Amazonas
Publicado: 02/08/2017 19:00
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Aspirante Raquel Timponi

Reunião de representantes da Aeronáutica e do judiciário após visita no AMAconteceu nesta quarta-feira (02/08), no Espaço Força Aérea do Gabinete do Comandante da Aeronáutica (GABAER), em Brasília, uma confraternização que reuniu membros dos Poderes Executivo, Judiciário e órgãos essenciais à justiça. A ação promovida pela Assessoria Parlamentar e de Relações Institucionais do Comandante da Aeronáutica (ASPAER) é fruto de uma visita institucional, que reuniu uma comitiva de 29 participantes à Região Amazônica, com o propósito de apresentar atividades realizadas pelas Forças Armadas. A reunião propiciou uma interação entre o Comandante da Aeronáutica, os Oficiais-Generais do Alto Comando e membros da comitiva.

“O trabalho que as Forças Armadas fazem na Amazônia e de outros órgãos públicos na localidade é muito importante. A Amazônia é de nossa responsabilidade e representa 60% do território brasileiro. Temos que tomar conta desse território como parte do Brasil. Uma das formas de fazermos isso é pela consciência da sociedade. Dar possibilidade aos segmentos da sociedade de conhecer a região, para saber o que é possível fazer. Uma consciência não apenas por livros e pela televisão, mas pela visitação do lugar. É muito diferente vermos um Subprocurador-Geral da União, José Roberto Peixoto, no eventofilme, uma revista do que estarmos presentes naqueles locais e sentirmos o diferencial pela cultura e o clima. Conhecer a Região Amazônica de perto ajuda no trabalho de fazer o Brasil que planejamos para o futuro próximo”, ressaltou o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato.

O Subprocurador-Geral da União, José Roberto da Cunha Peixoto, avaliou como a atuação das Forças Armadas é importante para assegurar a defesa da sociedade. “Já conhecia alguns projetos, mas ver a coisa acontecendo no local, nos rincões mais remotos do País, no meio da selva foi muito interessante. A gente se sente mais seguro e que o território nacional está resguardado, ver que as populações indígenas e mais remotas estão, de alguma maneira, sendo atendidas pelas Forças, com tratamento médico, e organização", explicou.

Secretário-Executivo do Ministério da Justiça fala da integração do JudiciárioPara o Secretário Executivo do Ministério da Justiça, José Levi Mello Do Amaral Júnior, é importante a cooperação do poder público com as Forças Armadas. "O Brasil é um País imenso e muito complexo. Nada mais essencial do que os vários órgãos que compõem o poder público brasileiro interagirem. Nisso a Aeronáutica, certamente, tem um papel fundamental e desempenha a contento esse papel de proporcionar que o poder público e que o Estado Brasileiro se façam presentes nas mais remotas regiões do nosso País", destacou.

Além das autoridades do judiciário, participaram da reunião o Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), Tenente-Brigadeiro Raul Botelho; o Secretário de Economia, Reunião permite cooperação entre judiciário e Forças ArmadasFinanças e Administração da Aeronáutica (SEFA), Tenente-Brigadeiro José Magno de Resende Araújo; o Chefe do GABAER, Major-Brigadeiro Marcelo Kanitz Damasceno; o Diretor de Ensino da Aeronáutica (DIRENS), Major-Brigadeiro Rui Chagas Mesquita; o Chefe da Assessoria Parlamentar da Aeronáutica (ASPAER), Brigadeiro Mauricio Augusto Silveira de Medeiros; e o Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica (CECOMSAER), Brigadeiro Antonio Ramirez Lorenzo. Representando o Exército, marcaram presença o Chefe da Assessoria de Apoio para Assuntos Jurídicos do Gabinete do Comando do Exército, Coronel Luís Cláudio de Mattos Basto; e o Adjunto da Assessoria de Apoio para Assuntos Jurídicos, Tenente-Coronel Francisco José Borges da Silva.

Visitação na Região Amazônica

A visita à Região Amazônica ocorreu entre os dias 13 a 15 de julho, promovida pelo Comando da Aeronáutica e o Comando do Exército, por intermédio de suas Assessorias de Relações Institucionais. O objetivo foi promover o conhecimento das atividades desenvolvidas pelas Forças Armadas na defesa e integração da Região Amazônica, comprovar a realidade vivida pelos militares, apresentar os principais desafios para o cumprimento das missões, além de demonstrar o valor estratégico da área para o território brasileiro.

Entre as atividades realizadas na Amazônia, a comitiva teve a oportunidade de se familiarizar com a nova estrutura da Força Aérea. Realizou uma visita à Ala 8, que possibilitou aos participantes conhecerem in loco as unidades aéreas e de defesa, os meios aéreos e armamentos utilizados. Posteriormente, a comitiva visitou o Destacamento de Aeronáutica de São Gabriel da Cachoeira, unidade que serve como suporte e infra-estrutura para as operações militares. E também conheceu o Destacamento de Engenharia de Iauaretê (AM), unidade subordinada à Comissão de Aeroportos da Região Amazônica, que leva o progresso e a cidadania a regiões inacessíveis, por meio da construção, ampliação e edificação de aeródromos na Amazônia.

Fotos: Sargento Batista/CECOMSAER