FORMAÇÃO

Unidades formam novos soldados da Força Aérea Brasileira

Os novos militares passaram por um curso de formação durante o primeiro semestre
Publicado: 05/07/2017 09:59
Imprimir
Fonte: Ala 2, Ala 3, Ala 5, Ala 8, Ala 12 e CLA
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente João Elias

A Força Aérea Brasileira (FAB) formou novos recrutas, na última sexta-feira (30/06), em diversas Organizações Militares do País. A cerimônia ocorreu nas seguintes localidades: Ala 2, em Anápolis (GO); Ala 12, em Santa Cruz (RJ); Ala 3, em Canoas (RS); Ala 5, em Campo Grande (MS); CLA, em Alcântara (MA); Ala 8, em Manaus (AM); e Ala 10, em Natal (RN).

O Curso de Formação de Soldados é o primeiro realizado pelos jovens incorporados por meio do serviço militar obrigatório. O objetivo é a preparação dos jovens civis recrutados para o Serviço Militar Inicial, formando Soldados de Segunda Classe da Aeronáutica e capacitando-os para o desempenho das atividades inerentes ao Grupamento do Serviço Militar do Quadro de Soldados (QSD).

A instrução ocorre uma vez a cada semestre e tem a duração de quatro meses. Durante o curso os jovens têm atividades nos campos do conhecimento, conduta militar, ordem unida, armamento, munição e tiro, segurança militar, hinos e canções, atividade de campanha, treinamento físico, entre outras atividades.

Confira como foram as formaturas:

Ala 2

A Ala 2 formou 113 novos soldados da primeira turma de 2017. Durante o curso, destacaram-se João Vitor Costa, primeiro colocado da turma, e Elvis Rodrigues de Paula, escolhido como Soldado Padrão. “Foi um dos momentos mais emocionantes pra mim, mas hoje foi o melhor de todos, o mais esperado”, disse.

Diante de seus familiares, os novos soldados fizeram o juramento e desfilaram em continência à Bandeira Nacional, receberam a insígnia de Soldados de Segunda Classe e incorporaram à tropa, simbolizando seu ingresso às fileiras da FAB.

O Comandante da Ala 2, Coronel Aviador Francisco Bento Antunes Neto, aproveitou para agradecer aos familiares dos militares. "Tenham certeza de que estes soldados que foram integrados ao Comando da Aeronáutica serão tratados com respeito e dignidade, mas também serão cobrados com relação aos valores da Força Aérea", ressaltou.

Ala 12

Já na Ala 12, 193 soldados da turma "Aurum" prestaram compromisso à Bandeira Nacional. Durante a solenidade de formatura, três militares que se destacaram durante o curso foram homenageados: o 1º colocado da turma, o soldado padrão e o destaque operacional. Os prêmios foram entregues por meio de uma demonstração de rapel com a aeronave H-36 Caracal.

O Comandante da Ala, Coronel Carlos Roberto Ronconi Junior, parabenizou a atuação dos instrutores e dos recém-formados. “Esses novos homens de guerra foram treinados para juntarem-se a outros 1.300 militares da Guarnição de Aeronáutica de Santa Cruz. A partir de agora, irão unir-se a seus pares para defender e zelar por esta Organização Militar e por sua missão mais nobre: Manter a soberania do espaço aéreo e integrar o território nacional, com vistas à defesa da pátria”, disse.

Ala 3

Na Ala 3, a cerimônia foi presidida pelo Comandante, Major-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas, e contou com a presença dos Comandantes das Unidades Sediadas e Jurisdicionadas.

No curso de formação, destacaram-se os seguintes militares, que foram homenageados durante a cerimônia, com a entrega de uma lembrança pelas mãos do Comandante do Grupamento de Segurança e Defesa (GSD), Major de Infantaria Evandro Silva de Oliveira. São eles: Victor Zaneli Clave Silveira, primeiro colocado da turma com a média 9,28; Allan Brito de Oliveira, melhor aproveitamento no tiro militar básico; Willian Neckel Tomkelski, melhor aproveitamento no teste de aptidão de condicionamento físico com a média 9,12; e Robson Severo Ribeiro, eleito pelos instrutores, monitores e companheiros de turma como destaque militar, pela sua irrepreensível conduta militar, zelo, responsabilidade e elevado espírito de corpo, demonstrados durante todo o curso. Os pais dos quatro soldados destaques da turma 2017, também foram homenageados e convidados a assistir a solenidade na Tribuna de Honra, ao lado das autoridades da Guarnição de Aeronáutica de Porto Alegre.

Os 153 formandos, comandados pelo Primeiro-Tenente de Infantaria Daniel Alberto Bauer Pereira, emocionaram os mais de 750 convidados ao formarem o dispositivo do Sabre Alado, símbolo da Força Aérea Brasileira, durante a imposição de insígnias, realizada pelos padrinhos e madrinhas.

Em seu discurso, o Comandante do GSD, Major de Infantaria Evandro, parabenizou os familiares pela vitória e superação dos seus filhos, que, a partir de agora, integram o novo quadro de soldados da FAB. “Saibam que é pelo povo Brasileiro que seus filhos se formam hoje. Como soldados da Força Aérea Brasileira, eles trabalharão arduamente para cumprir suas atribuições diárias, serviços de escalas, treinamentos e missões, pois nos próximos meses, estas atividades farão parte de suas rotinas", especificou.

Após o juramento, os formandos desfilaram em continência à Bandeira Nacional e, na sequência, incorporaram à tropa da Ala 3, composta por mais de 350 militares, desfilando em continência ao Comandante, ao som da Canção da Infantaria da Aeronáutica e da Canção do Expedicionário.

Ala 5

Cem soldados da primeira turma de 2017 realizaram o Compromisso à Bandeira Nacional, numa solenidade presidida pelo Comandante da Ala 5, Coronel Aviador Daniel Cavalcanti de Mendonça.

Durante a cerimônia foram homenageados os soldados Abnner Ferreira Barbosa e Luiz Fernando Polizelli Pereira, como soldado padrão e primeiro colocado da turma, respectivamente, por terem se destacado durante o período de curso.

Após o juramento de compromisso ao Pavilhão Nacional, os militares receberam de seus pais e padrinhos os distintivos que os caracterizam como soldados da Força Aérea Brasileira.

O Comandante da Ala 5, em seu discurso, incentivou os novos soldados a guardarem os valores do militarismo e o respeito à Instituição. “O juramento que ora professaram é cheio de significado. Nunca se esqueçam destas palavras, pois o verdadeiro soldado é dotado de coragem, moral e profundo senso de dever”, ressaltou o Coronel Daniel.

No final da cerimônia, o grupamento dos formandos uniu-se à tropa para o desfile em continência ao Comandante da Ala 5.

CLA

Os novos Soldados de Segunda Classe da Força Aérea Brasileira (FAB) passam a integrar o efetivo militar do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), unidade responsável pelo lançamento e rastreio de engenhos aeroespaciais. Amigos e familiares dos novos soldados participaram da cerimônia realizada na Companhia de Infantaria da Aeronáutica Isolada (CINFAI), em Alcântara.

Durante a cerimônia, a turma “Guerreiros Camuflados”, composta por 94 novos militares, foi apresentada ao Diretor do CLA, Coronel Engenheiro Luciano Valentim Rechiuti, que presidiu a solenidade. O Soldado Sidiney Alves Andrade e o Soldado Apoenan dos Santos Silva, respectivamente primeiro colocado com a média 7,82 e soldado padrão do Curso de Formação de Soldados do primeiro semestre de 2017 (CFSD 1ª/ 2017), receberam diplomas em reconhecimento ao mérito alcançado.

Os amigos e familiares dos novos soldados da FAB realizaram a fixação de distintivos da primeira graduação na carreira militar. Na sequência, os formandos desfilaram em continência à Bandeira Nacional. Após o desfile militar com a tropa do CLA, os novos soldados foram apresentados ao Diretor do CLA e receberam autorização para o fora de forma. “Possibilitamos a esses jovens e familiares uma nova perspectiva de vida por meio do serviço militar, um passo inicial na carreira profissional de muitos brasileiros. Tudo isso representa um grande impacto no município de Alcântara, dinamizando a economia local”, comenta o Coronel Luciano, Diretor do CLA.

Ala 8

O Grupo de Segurança e Defesa da Ala 8 (GSD 8) formou 197 novos soldados. A cerimônia militar foi realizada no pátio operacional da Ala 8, reunindo autoridades militares e mais de 500 familiares dos formandos. 

O primeiro colocado da turma, Soldado de Segunda-Classe Victor Maia Pontes, falou sobre o porquê de ter entrado na Aeronáutica. “Sempre foi um sonho, desde criança, servir à Força Aérea. Quando eu completei os 18 anos, eu decidi ingressar na Aeronáutica. Sempre achei que contribuiria de alguma forma com o País” explicou.

Concluída a formação, os soldados vão atuar em diferentes atividades no GSD 8. “De acordo com a classificação deles e de acordo com os voluntários, eles farão provas específicas, físicas e escrita para o Esquadrão de Polícia da Aeronáutica e o Esquadrão de Autodefesa de Superfície ou ficarão no Esquadrão de Segurança das Instalações”, explicou o Comandante da Companhia e Doutrina dos Soldados, Tenente de Infantaria David Schültz Gomes.

Ala  10

Apesar do mal tempo, a solenidade militar foi realizada no hangar do 1º Esquadrão do 11º Grupo de aviação. Durante a formatura, os 189 formandos apresentaram marcialidade, vibração e disciplina nas evoluções e no compromisso à Bandeira Nacional, diante dos cerca de mil familiares, amigos e autoridades que prestigiaram o evento.

Em discurso, o Comandante da Ala 10, Brigadeiro do Ar Pedro Luís Farcic, ressaltou a simbologia que reveste a solenidade de formatura, em que o juramento proferido deve ser a certificação de que os ensinamentos absorvidos durante o curso de formação representam a real mudança de comportamento, permitindo que possam ser intitulados militares da FAB. "Desejamos que esse seja o primeiro passo de uma caminhada que os leve em busca de uma carreira de sucesso", finalizou o Brigadeiro Farcic.

Para o primeiro colocado da turma, Soldado de Segunda Classe José Leonardo Dias Diógenes Filho, passar pelo curso de formação com louvor representa o bom cumprimento da primeira missão como militar. “Chegar ao final do curso como 01 é o reconhecimento pelo esforço”, finalizou o Soldado Dias, que recebeu o certificado de primeiro colocado das mãos das mãos do Comandante da Ala.