HOMENAGEM

Cerimônia de honra militar marca Dia dos Peacekeepers na Ala 1, em Brasília (DF)

A solenidade contou com a presença de representantes das três forças e homenageou soldados que faleceram em missões de paz
Publicado: 29/05/2017 18:33
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Aspirante Raquel Timponi

Na data em que o mundo faz homenagem aos “capacetes azuis”, o Dia Internacional dos Peacekeepers da ONU foi comemorado, na manhã desta segunda-feira (29/05), com cerimônia militar, na Ala 1, em Brasília (DF).

A cerimônia, marcada por emoção, lembrou o profissionalismo, a dedicação e a coragem dos militares que deixaram suas famílias, para atuar em missões de paz em zonas de conflito. Também marcou a solenidade uma coroa de flores azuis em honra aos soldados heróis, que doaram a vida em serviço durante missões de paz.

A solenidade contou com a presença de autoridades, como o Ministro da Defesa, Raul Jungmann, os comandantes das três Forças Armadas e o comandante da Ala 1, Brigadeiro do Ar Ary Soares Mesquita.

O Ministro da Defesa, Raul Jungmann, destacou o que as missões de paz representam para a defesa do Brasil e de outras nações. “Para outros países, possibilita a redução de conflitos, massacres, genocídios, mortes e traz de volta a segurança e tranquilidade para populações e nações inteiras. Já as Forças Armadas brasileiras têm a oportunidade de aprendizado operacional e de aperfeiçoamento da capacidade logística”, afirmou.

O Brigadeiro de Infantaria da FAB, Luiz Marcelo Mayworm, se pronunciou sobre a relevância das missões de paz. “É preciso manter viva a chama dos Peacekeepers, tão importantes para a segurança no mundo".

Já para o Major Fontes, que atuou na operação da MINURSO (Missões das Nações Unidas para o Referendo no Saara Ocidental) em 2014, “ser Peacekeeper é viver por um ideal. Morar no meio do deserto dentro de um container sem muito luxo. Não acompanhei a gravidez de minha esposa nem o nascimento de minha filha, mas, por um ideal, fiz valer o nome da Força Aérea”, revela emocionado.

Ao final da cerimônia, um desfile em honraria militar foi realizado pela tropa composta por militares da Marinha, Exército e  Aeronáutica. Os ex-participantes de missões da paz da ONU, que estavam entre o público, se integraram à tropa.

Para homenagear os militares, a  FAB reuniu imagens que retratam experiências vividas em missões da ONU.

Veja como foi a comemoração em Brasília.