ORDEM DO MÉRITO AERONÁUTICO

Entrega de condecoração marca Dia da Força Aérea e do Aviador

A Ordem do Mérito Aeronáutico é concedida pela FAB a civis e militares em reconhecimento aos serviços prestados ao País
Publicado: 21/10/2016 15:33
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Ten Evellyn Abelha

O Presidente da República Michel Temer presidiu a cerimônia militar alusiva ao Dia da Força Aérea Brasileira e do Aviador realizada nesta sexta-feira (21/10), na Base Aérea de Brasília (BABR). No total, 180 personalidades foram homenageadas com a entrega da Ordem do Mérito Aeronáutico (OMA), a maior condecoração da FAB. A solenidade contou com a presença do Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, além dos Comandantes da Marinha e do Exército e autoridades civis e militares.

Coronel Marco Aurélio foi um dos agraciadosA Ordem do Mérito Aeronáutico é concedida pela FAB a personalidades civis e militares, brasileiras ou estrangeiras, por terem se destacado no exercício da sua profissão ou em reconhecimento aos serviços prestados ao País. O Coronel Intendente, Marco Aurélio de Souza, foi um dos militares da FAB agraciados com a honraria. “É um sentimento de orgulho. Eu acho que receber essa homenagem é o reconhecimento de 33 anos de trabalho dedicados à FAB. Quando eu era cadete, participei da entrega da OMA como integrante da tropa, mas nunca imaginei que um dia seria eu recebendo essa homenagem”, revelou o militar.
 
Cadetes da AFA durante a solenidadeTodos os anos os cadetes da Academia da Força Aérea, localizada na cidade de Pirassununga (SP), participam da entrega da Ordem do Mérito Aeronáutico em Brasília. A unidade militar é responsável por formar os aviadores, intendentes e infantes da FAB. Ao som do Hino dos Aviadores, entoado pela Banda de Música da BABR, os jovens militares desfilaram em continência ao Presidente Michel Temer.
 
Alexandre de Moraes, Ministro da JustiçaO Ministro da Justiça Alexandre de Moraes também recebeu a condecoração. “Eu me sinto muito honrado e agradecido por ser condecorado pela Força Aérea. Eu tenho muita estima e apreço pelas Forças Armadas. Eu estive em algumas organizações da FAB verificando junto com o Tenente-Brigadeiro Rossato todo o belíssimo trabalho realizado em defesa do nosso território. Junto com a Força Aérea nós queremos ampliar o trabalho de proteção das nossas fronteiras”, disse o ministro.

Em seu discurso, o Presidente da República destacou a importância da FAB para o Brasil. “Ao longo de décadas, a Força Aérea foi responsável por grandes conquistas. Temos aviação militar moderna. Temos indústria aeronáutica de projeção internacional. Temos uma das mais reputadas escolas de tecnologia aeronáutica do mundo, o ITA. Temos sistema de controle aéreo moderno. Temos um Correio Aéreo Nacional consolidado, que integra nosso território e o conecta ao mundo. Nada disso seria possível sem nossa Força Aérea”, realçou Michel Temer.
Michel Temer presidiu a cerimônia
 Passado e Presente
Capitão Fórneas e o personagem Santos Dumont durante encenaçãoVinte e três de outubro, Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira, foi a data em que Alberto Santos Dumont realizou o primeiro voo com um aparelho mais pesado do que o ar, o 14 Bis. O feito ocorreu em 1906, no Campo de Bagatelle, Paris. Santos Dumont percorreu 60 metros em sete segundos, voando a dois metros do solo com o 14 Bis perante a Comissão Oficial do Aeroclube da França (instituição de reconhecimento internacional autorizada a homologar descoberta aeronáutica marcante) e mais de mil espectadores.

Em homenagem ao Pai da Aviação, foi realizada - durante a solenidade em Brasília - uma encenação em que o personagem Santos Dumont (interpretado pelo Coronel da reserva, Francisco Garonce) foi apresentado a atual Força Aérea Brasileira. No teatro, ele recebeu uma honraria em agradecimento pela invenção que mudou a história do mundo e permitiu o nascimento da aviação. O Capitão Aviador Ramon Fórneas, um dos pilotos brasileiros enviados a Suécia para realizar treinamento no caça Gripen, participou da encenação que uniu o passado e o presente. “Hoje, temos vários motivos para comemorar. Não só os aviadores, mas todos aqueles fazem parte da FAB e contribuem para esse trabalho”, destacou o militar.

Saudação
Momentos antes da cerimônia em celebração ao Dia da Força Aérea e do Aviador, o Tenente-Brigadeiro Rossato recebeu a tradicional saudação da Marinha e do Exército em homenagem as datas. Na mensagem destinada a Força Aérea Brasileira, lida pelo Comandante da Marinha, Almirante Eduardo Bacellar Leal Ferreira, foram destacadas as principais atividades da FAB. “Ao celebramos esse dia, experimentamos o sentimentos de orgulho, respeito e admiração pelos irmãos de armas que, inspirados pelos perseverantes e visionários precursores da aviação, se dedicam a manutenção da soberania do espaço aéreo brasileiro e ao desenvolvimento e integração nacional”, ressaltou o Almirante.

Tenente-Brigadeiro Rossato recebeu os cumprimentos pela dataAlém das autoridades militares da Marinha e do Exército, estiveram presentes membros do Ministério da Defesa e Adidos Militares de Forças Armadas estrangeiras. “Ao recebemos os cumprimentos pelas comemorações alusivas ao Dia da Força Aérea Brasileira e do Aviador, gostaria de externar, em nome de todo nosso efetivo, o apreço e carinho dispensados ao Comando da Aeronáutica”, enfatizou o Tenente-Brigadeiro Rossato.

imagens/original/31873/161021fei0190(c)andre_feitosa-2.jpg