ENSINO

ITA ganha cinco estrelas em todos os cursos de engenharia no Guia Abril 2017

Publicação, que avaliou 14 mil cursos de graduação em todo o País, chegou às bancas nesta sexta-feira
Publicado: 14/10/2016 16:40
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Ten Gabrielli Dala Vechia

O Guia do Estudante Profissões 2017, publicação anual do Grupo Abril que avalia a qualidade dos cursos de graduação no País, concedeu cinco estrelas a todos os cursos de engenharia do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). A instituição de ensino superior, localizada em São José dos Campos (SP), é ligada à Força Aérea Brasileira e forma engenheiros civis, mecânicos, aeronáuticos, da computação e eletrônicos. A publicação chegou às bancas nesta sexta-feira (14/10).

Para chegar a esse ranking, o Guia do Estudante realizou uma pesquisa de opinião com professores e coordenadores, com o objetivo  de apontar aos vestibulandos os melhores cursos do Brasil,
segundo explica o editor da publicação, jornalista Fabio Volpe. O estudo, que durou cerca de nove meses, avaliou dados de quase 14 mil bacharelados.
 
No levantamento de dados, foram verificados temas relativos à composição do
corpo docente, produção científica, internacionalização, projeto didático-pedagógico e instalações físicas. Em seguida, um grupo de oito mil pareceristas avaliou as respostas, atribuindo notas aos diferentes aspectos.
 
Uma das novidades desta edição do Guia é que as estrelas dos três anos anteriores também contaram pontos, o que beneficia o ITA, pois não é a primeira vez que o Instituto recebe o número máximo de estrelas em todos os cursos de graduação. “Vale lembrar que, por se tratar de uma pesquisa de opinião, os resultados refletem, sobretudo, a imagem que o curso tem perante a comunidade acadêmica”, diz o editor da publicação.

Segundo o reitor do ITA, professor Anderson Ribeiro Correia, o corpo docente da instituição é muito qualificado, o que acaba elevando os níveis de todos os fatores avaliados na pesquisa do Guia do Estudante. “A publicação é um selo independente que prestigia as melhores universidades do País. Estar presente nela mostra que temos reconhecimento em âmbito nacional”, avalia o reitor.