SEMANA DA PÁTRIA

Organizações Militares da FAB participam de desfile em todo o Brasil

De norte a sul do País, grupamentos marcaram presença na solenidade do Dia da Independência
Publicado: 07/09/2016 16:01
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

As Organizações Militares da Força Aérea Brasileira (FAB) participaram, nesta quarta-feira (07/09), das comemorações do Dia da Independência em todo o Brasil. Também houve solenidades no exterior, como em Saara Ocidental, no Norte da África. Acompanhe como foram os desfiles nas diversas localidades.

FAB_BAAN_desfile de 7 de setembro_2016Anápolis (GO) -  O evento atraiu cerca de duas mil pessoas. Um dos destaques do desfile foi a apresentação do Grupamento Armado e as viaturas do Terceiro Grupo de Defesa Antiaérea (3°GDAAE). O 3º GDAAE é a mais nova unidade da Base Aérea de Anápolis sendo responsável por prover a defesa antiaérea de instalações de interesse do Comando da Aeronáutica.

“Nós anapolinos sentimos honrados por ter uma Força Aérea Armada instalada na nossa cidade, que faz um trabalho extremamente importante de proteção aérea”, destacou Fabiana Moraes.

O desfile foi composto pelo Grupamento de Bandeiras Históricas, Grupamento Armado, Base Aérea de Anápolis, Unidades Aéreas (Primeiro Grupo de Defesa Aérea e o Segundo Esquadrão do Sexto Grupo de Aviação), Grupamento de Apoio de Anápolis e o Terceiro Grupo de Defesa Antiaérea.

A Tenente Michelle ressaltou a importância deste momento para o militar: “Fazer parte da comemoração do 7 de setembro é algo que não consigo descrever, com simples palavras, mas com os mais puros sentimentos, o amor pela Pátria, a honra de servir o meu país, e o orgulho de meus amigos e familiares em me ver representando a Força Aérea Brasileira”.

São Paulo e Guarulhos (SP) - O desfile em Guarulhos teve inicio às 8:30h, na Avenida Paulo Faccini, mobilizando toda a comunidade local. A Tropa da Base Aérea de São Paulo participou do evento com 204 militares.

"Essa é a primeira vez que participo do desfile na cidade de Guarulhos. É muito emocionante ver o sorriso e a aprovação no rosto do público. Fomos muito aplaudidos. Essa sensação não tem preço", explicou o soldado Silva, integrante da tropa da BASP.

No tradicional desfile no Sambódromo do Anhembi, a FAB foi representada por cerca de 700 militares de diversas organizações da Guarnição de São Paulo. Com público estimado de aproximadamente 30 mil pessoas, o evento contou com a participação de diversas autoridades civis e militares de São Paulo.

O grupamento feminino se destacou, sendo bastante aplaudido. "É uma forte emoção ver tantas mulheres representando nosso país e foi um sonho realizado ver tão de perto esse desfile", disse Erika de Godoy, que aproveitou o dia para levar a filha Júlia, de 4 anos.

Orítia Santos, de 36 anos, descendente dos "Heróis da FEB- 1932", não conteve a emoção ao ver a FAB desfilar. "O desfile foi muito forte. A Força Aérea levantou a platéia, a FAB é maravilhosa, faz a gente vibrar", disse.

Natal (RN) -  Na capital do rio Grande do Norte, a Independência do Brasil foi celebrada com três mil pessoas no desfile cívico-militar. Este ano, a Força Aérea foi responsável pela organização do evento.

As nove unidades da Guarnição de Aeronáutica de Natal estiveram representadas no Desfile Cívico-Militar da capital Potiguar, que aconteceu na Avenida Prudente de Morais, nas proximidades da Praça Pedro Velho, mais conhecida como Praça Cívica. Segundo a Polícia Militar do RN, cerca de 10 mil pessoas prestigiaram o desfile em Natal.

Com uma tropa terrestre de 450 militares, a Força Aérea apresentou-se com seis grupamentos, incluindo duas frações do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno, que desfilaram acompanhados de três foguetes brasileiros das séries Sonda I, II e III.

 O grupamento de Aviadores foi composto pelos integrantes do Programa de Especialização Operacional dos pilotos de combate da FAB, que especializa os Aviadores recém-formados na Academia da Força Aérea.

“Sempre que eu assistia ao desfile aqui em Natal, ainda como civil, eu me imaginava dentro da tropa e hoje estou realizando um sonho, com minha família, meus pais, assistindo. O orgulho é grande”, revelou o 2º Tenente Aviador Gabriel Gonçalves de Souza.

Enquanto para os novos Oficiais o evento marca o início de uma jornada, para quem se despede da FAB torna-se o desfecho de uma caminhada de sucesso. É o caso das Tenentes Yalle e Patrícia Orrico, que desfilam pela última vez como militares.

“Passa um filme na nossa cabeça, relembrando todas as missões, treinamentos e o curso de formação. A sensação é de dever cumprido e estou muito feliz”, afirmou a 1º Tenente Psicóloga Yalle Fernandes dos Santos.

Espectadora assídua do Desfile Cívico-Militar, Maria Rosa da conceição, de 81 anos, chegou às 6 horas da manhã para garantir o melhor local para assistir ao desfile. Há 30 anos Maria Rosa vai à Praça Cívica prestigiar as comemorações da Independência do Brasil.

“Lembro da minha meninice, quando eu participava do desfile junto com o grupo escolar. É muita emoção ver essa tropa passando”, diz a cidadã natalense.

Guaratinguetá (SP) - A Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR) abriu, oficialmente, as comemorações do dia da Independência do Brasil na cidade de Guaratinguetá (SP).  A cerimônia teve início com o hasteamento da Bandeira do Brasil pelo Comandante da EEAR, Brigadeiro do Ar Jayme Ferreira Junior com o Hino Nacional Brasileiro sendo tocado pela Banda de Música da EEAR.

O Grupo de Ordem Unida marcou presença na avenida dando início ao desfile da EEAR que, neste ano, trouxe um efetivo de aproximadamente 500 militares, entre efetivo e alunos, divididos em cinco grupamentos que exibiam alguns dos uniformes utilizados pela FAB.

O grupamento feminino foi representado por 90 alunas do Curso de Formação de Sargentos (CFS)  e Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento (EAGS) e chamou bastante a atenção do público.

 A EEAR terminou sua participação com o grupamento dos alunos do Projeto Segundo Tempo - Forças no Esporte, que desfilou tocando e cantando a Canção do Especialista durante todo o trajeto na avenida.

Boa Vista (RR) -  O desfile ocorreu em frente ao Portal do Milênio na Praça das Águas, no Centro de Boa Vista. O evento contou com a participação de alunos de escolas estaduais, municipais e particulares, de diversas entidades civis e representações militares do Exército Brasileiro, da Aeronáutica, Polícia Militar e do Corpo de Bombeiro.

A Base Aérea de Boa Vista (BABV) esteve presente com 600 militares que formaram os seguintes grupamentos: Banda de Música “Asas de Boreal”, Estado-Maior, Bandeiras Históricas, Companhia Armada, do 1º/3° GAV (Esquadrão Escorpião), Grupamento Feminino e Grupamento Desarmado.

“Há 32 anos a BABV tem a honra de participar dos eventos cívicos no Estado de Roraima. Hoje nossos militares desfilaram com muito garbo e marcialidade em celebração ao dia da Independência” afirma o Coronel Aviador Regis Augusto Azevedo Peroba, Comandante da BABV.

“Esse ano eu trouxe a minha filha de 7 anos para assistir o desfile e ela ficou toda eufórica quando viu as mulheres militares passarem e disse que quer ser também militar”, ressaltou Maria Pires da Silva após assistir o desfile.

Barbacena (MG) - O tradicional desfile foi realizado na Avenida Governador Bias Fortes e teve a participação da Escola Preparatória de Cadetes( EPCAR) com mais de mil militares do efetivo. Segundo a Polícia Militar o evento atraiu um público de nove mil pessoas da cidade de Barbacena e regiões adjacentes.

A tropa foi composta pelo grupamentos masculino e feminino de oficiais e graduados, pelotão de recrutas, de cabos e soldados e grupamento de alunos veteranos. Além da participação especial das crianças atendidas pelo Programa Forças no Esporte (PROFESP).

O desfile foi iniciado contando um pouco da história da tradicional escola de Barbacena, a missão da unidade e a composição do seu efetivo.

A Tenente Kely Cristina Rosa, pedagoga do Quadro de Oficiais Convocados fala da emoção de participar da parada militar.

“É o primeiro desfile que participo e é um momento de representarmos a nossa pátria e para mim está sendo um motivo de grande orgulho.” afirma
Os pontos altos do desfile foram marcados pela evolução do pelotão de choque formado pelo Corpo de Alunos da EPCAR, a representação do clube de voo virtual, e um grupamento que formou o desenho da aeronave Gripen NG.

O Exército Brasileiro também foi representado pelos Cadetes da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN).

Guarantã do Norte (MT) -  O efetivo do Campo de Provas Brigadeiro Velloso (CPBV) realizou o desfile cívico-militar no centro da cidade de Guarantã do Norte.  Apesar do intenso calor, com uma temperatura aproximada de 33º, centenas de populares prestigiaram o evento.  Além da tropa do CPBV  também participaram alunos de escolas estaduais e municipais.

“Precisamos, cada vez mais, incutir, nas crianças e jovens de nosso país, esse sentimento de civismo e patriotismo, principalmente, em tão relevante data comemorativa”, afirmou o Comandante da Tropa, o Capitão Francisco Lucimar Nogueira.

Porto Alegre (RS) - O Desfile Cívico-Militar ocorreu na Avenida Edvaldo Pereira Paiva, conhecida como Avenida Beira Rio, em Porto Alegre, tendo como cenário a Orla do Guaíba e o Parque Marinha do Brasil.  Segundo o Exército Brasileiro, foram aproximadamente, quatro mil pessoas. Famílias inteiras se entusiasmaram com o desfile dos militares das Forças Armadas, Forças Auxiliares e Escolas.

“Consideramos importante na formação de nossa filha a identificação com os símbolos nacionais e o sentimento pela pátria. Construir uma nova geração capaz de trabalhar em prol de um Brasil melhor começa cedo”, ressaltou a mãe, Bianca Russo, arquiteta, 37 anos.   

Neste ano, o V COMAR levou 315 militares para o desfile na capital gaúcha, divididos em nove grupamentos.

Além do grupamento feminino, desfilaram pilotos, aeronavegantes e especialistas em manutenção de aeronaves. 

As viaturas e blindados também encantaram a multidão, que acenavam com bandeiras do Brasil distribuídas ao longo do trajeto. O grupamento motorizado da FAB contou com duas viaturas do 1º Grupo de Defesa Antiaérea. 

Campo Grande (MS) - Mais de 600 militares da Base Aérea de Campo Grande participaram do desfile no centro da capital sul-matogrossese. A tropa foi dividida em oito grupamentos com as unidades aéreas sediadas e com o Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento (PARA-SAR).
Cerca de 15 mil espectadores assistiram ao desfile, que contou com mais de 4 mil participantes entre militares e civis.

"Esse tipo de evento é uma ótima oportunidade de aproximar as Forças Armadas da população, visto que muitas pessoas não têm a oportunidade de assistir a esse tipo de cerimônia com frequência", ressaltou a espectadora Ivaneide dos Santos. 

Fortaleza (CE) - Cerca de 340 militares da Base Aérea de Fortaleza (BAFZ) desfilaram na capital cearense. Eles foram distribuídos por diversos grupamentos, como a Banda de Música, Estado-Maior, Guarda-bandeira, Porta-estandarte, Bandeiras Históricas e dois Grupamentos de Oficiais.

A tropa da base desfilou por aproximadamente 3 km ao som da banda de música unidade.

 

Manaus (AM) - Mais de 10 mil pessoas assistiram em Manaus ao desfile da Independência. No lugar do tradicional ritmo e alegorias característicos da cultura do Norte, onde se destacam as figuras dos bois bumbás, o Sambódromo da capital amazonense abriu espaço para o garbo e a marcialidade das Forças Armadas.   

A Força Aérea desfilou com mais de 600 militares e apresentou à população manauara 11 grupamentos representativos das Unidades da Guarnição de Aeronáutica de Manaus e da Escola Estadual Brigadeiro João Camarão Telles Ribeiro, conveniada à Aeronáutica.
A participação da Força Aérea foi finalizada com o desfile motorizado, em que foram apresentadas algumas das viaturas utilizadas em missões na Amazônia
Ocidental. “Achei maravilhoso. É muito importante porque é nossa pátria, nosso Brasil. Serve para valorizar a pátria”, disse a pedagoga Maria de Nazaré Vasconcelos.

Pela primeira vez participando do desfile da Independência, a Tenente Serviços Jurídicos Maura Sposito, conduziu a Bandeira do Brasil e descreveu a sensação de participar do evento. “Foi uma honra carregar o Símbolo da Nação e foi emocionante ver como a população tem admiração e respeito pela Força. Dava para perceber as palmas. A população gritava muito. Foi muito emocionante”, disse. 

Florianópolis (SC) - A Base Aérea de Florianópolis (BAFL) participou das comemorações do Dia da Independência com mais de 400 militares, divididos em cinco grupamentos com fardamentos diferentes. Entre eles, a Banda de Música, o grupamento armado e o Segundo Esquadrão do Sétimo Grupo de Aviação (Esquadrão Phoenix).

 

 

 

Saara Ocidental (África Setentrional) -  O dia 7 de setembro foi celebrado tanto no Quartel General da Missão das Nações Unidas para o referendo no Saara Ocidental (MINURSO), em Laayoune, quanto no Team Site Mijek pelos militares da FAB.

"Os militares brasileiros foram destaque ao hastearem a bandeira nacional em ambos lugares. O Brasil é muito bem visto pelos países que participam da missão", destacou o Major Alex Mendes.