MARCO

1º/16º GAV alcança 2000 horas de voo em aeronaves modernizadas

Número foi atingido em uma missão de emprego ar-solo simulado em grande altitude
Publicado: 02/09/2016 10:00
Imprimir
Fonte: 1º/16º GAV
Edição: Agência Força Aérea, por Ten Emília Maria

Aeronave A-1M em vooO 1º/16º Grupo de Aviação, Esquadrão Adelphi, completou 2.000 horas de voo com suas aeronaves de caça A-1M. A unidade aérea da Força Aérea Brasileira é a única que opera esse tipo de aeronave modernizada.

O marco foi alcançado na semana passada em uma missão de emprego ar-solo simulado em grande altitude em uma área de instrução próxima à cidade de Caxambu (MG).

O caça A-1 entrou em operação na FAB em 1989, juntamente com a criação do Esquadrão, e foi desenvolvido pelo Brasil em parceria com a Itália. Já em setembro de 2013, o Esquadrão Adelphi recebeu o primeiro A-1M, uma versão modernizada com radar multimodo, novos sistemas de navegação e mira, novos equipamentos para enganar os sistemas de guiagem de mísseis inimigos e uma cabine mais moderna, entre outras modificações. A modernização é realizada na fábrica da Embraer em Gavião Peixoto (SP).

Efetivo do Esquadrão Adelphi em foto comemorativa com alguns de seus Ex-ComandanO Esquadrão Adelphi, sediado na Base Aérea de Santa Cruz (BASC), no Rio de Janeiro, já recebeu três A-1M. A unidade tem a sua história ligada fortemente ao projeto A-1, mas no futuro terá como missão receber as aeronaves Gripen NG. As aeronaves A-1M do Adelphi serão transferidas aos Esquadrões Poker (1º/10º GAV) e Centauro (3º/10º GAV), sediados na Base Aérea de Santa Maria (RS).