RIO 2016

Sargento Flávia ficou em sétimo lugar na prova de ciclismo de estrada

Esportista militar fez percurso de 145 km em 3h51m47s
Publicado: 07/08/2016 21:45
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Ten Cynthia Fernandes

A Sargento Flávia Oliveira Paparella não conquistou uma medalha na competição deste domingo (08/08) , mas o sorriso tem sabor de ouro. Aliás, as lágrimas. A esportista militar ficou em sétimo lugar na prova de ciclismo de estrada. O tempo alcançado é a melhor colocação para a história do País na modalidade, entre homens e mulheres. Ao final da prova, a esportista chorou de emoção.

"Foi uma coisa sensacional poder fazer um pouquinho de história pro nosso esporte, e estou muito satisfeita, muito orgulhosa, muito feliz, missão cumprida!" disse atleta em entrevista para a Agência Força Aérea.

Com um percurso de 145 km de subidas e descidas, a atleta de alto rendimento da FAB concluiu a prova em 3 horas, 51 minutos e 47 segundos. O tempo é apenas 20 segundos abaixo das medalhistas.

A sargento também é motivo de orgulho para a Tenente Renata Gavinho, chefe da equipe de ciclismo da Comissão de Desportos da Aeronáutica. "A Sargento Flávia está mudando a história do ciclismo no País e abrindo portas para outras atletas nossas", declara. Segundo ela, a esportista ficou à frente da holandesa Marianne Vos, bicampeã olímpica da prova (Pequim 2008 e Londres 2012).

A chefe de equipe disse que a Sargento Flávia tem melhor perfomance em provas de montanha, que exige maior resistência. "Ela treina diariamente. São no mínimo três horas de treino", acrescenta.