RIO 2016

V COMAR participa de cerimônia de recebimento da Chama Olímpica

Militares da FAB participaram da cerimônia e do revezamento da Tocha Olímpica no RS
Publicado: 08/07/2016 14:30
Imprimir
Fonte: V COMAR
Edição: Agência Força Aérea, por Ten Emília Maria

Militar da FAB realizou salto de paraquedasO Quinto Comando Aéreo Regional (V COMAR), em parceria com a Prefeitura de Canoas, celebrou na manhã desta sexta-feira (8/7), a chegada do Fogo Olímpico no município.

O evento iniciou às 7 horas, na Antiga Estação Férrea, na Av. Victor Barreto, com o salto de paraquedas do militar reformado da FAB, Capitão R1 Wanderley das Virgens Chimendes, conduzindo a Bandeira da cidade e iniciando a largada para o trajeto da Tocha Olímpica. O Capitão Chimendes saltou de uma aeronave civil, cedida pelo aeroclube de Novo Hamburgo (RS).

O trajeto da Tocha Olímpica foi percorrido em 10 ruas da cidade e terminou na Praça Santos Dumont, conhecida como Praça do Avião, um dos principais pontos turísticos do município de Canoas. Ao total, 20 atletas e personalidades conduziram a Tocha Olímpica das 7 às 10 horas.

Militares da Guarnição de Aeronáutica no eventoA Banda de Música da Base Aérea de Canoas (BACO) saudou o momento em que a Chama Olímpica subiu no palanque, onde as autoridades aguardavam. O Prefeito Municipal, Jairo Jorge, o Comandante do V COMAR, Major-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas, e o Comandante da Base Aérea de Canoas, Coronel Aviador Rodrigo Alvim de Oliveira, participaram da cerimônia.

O campeão brasileiro de judô e canoense de origem, Douglas Potrick, ressaltou a importância da Olimpíada para o Brasil e para o mundo em termos de paz e congraçamento entre os povos. O atleta representou o Brasil nas Olimpíadas de Londres 2012 e, atualmente, é Oficial de Coordenação do Comitê Olímpico Rio 2016.

Atletas e personalidades participaram do revezamentoFogo Olímpico no RS

A Chama Olímpica chegou ao Estado no dia três de julho. O trajeto da Tocha iniciou na cidade de Erechim e, ao todo, foram 28 cidades gaúchas que receberam o revezamento, que deixa o estado no dia nove de julho, após percorrer também a serra e o litoral.

Praça do Avião

A praça símbolo da cidade de Canoas, criada em 1968, destaca a Força Aérea Brasileira - a protagonista do movimento emancipatório municipal. Tornou-se um ponto turístico devido à existência, no local, de um monumento com uma aeronave F-8 Gloster Meteor, que foi utilizada como espinha dorsal da aviação de caça até 1968. Além da aeronave, a Aeronáutica também cedeu um busto de Alberto Santos Dumont.

Em comemoração aos 77 anos de Canoas e como parte dos preparativos para receber os eventos relacionados à chegada da Tocha Olímpica, os monumentos da praça foram totalmente revitalizados pelo V COMAR em parceria com a Prefeitura e Secretarias Municipais.