TRÁFEGO AÉREO

Comunidade aeronáutica é orientada sobre operações de pousos simultâneos

Aeroporto de Brasília é o único brasileiro a realizar operação
Publicado: 05/07/2016 16:00
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Emília Maria

 | Sgt Batista/CECOMSAER As operações paralelas simultâneas de pouso no Aeroporto de Brasília iniciam no dia 18 de julho. O anúncio foi feito nesta terça-feira (05/07) durante uma palestra de esclarecimento voltada à comunidade aeronáutica que opera em Brasília (DF). O objetivo foi orientar pilotos e outros profissionais das aviações militar e civil sobre as Operações Paralelas Simultâneas no Aeródromo de Brasília. A atividade foi organizada pelo Primeiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA I), unidade da Força Aérea Brasileira (FAB) responsável pela maior quantidade de tráfego aéreo do País - 45% do total.

Mais de 70 pessoas assistiram à apresentação realizada pelo chefe do controle de aproximação (chamado de APP) de Brasília, Tenente Especialista em Controle de Tráfego Aéreo Cleveton Luciano Grings, que ressaltou a importância dos procedimentos serem seguidos. “A operação aqui requer critérios rígidos, cumprimento de normas e seguimento das orientações dos controladores de tráfego aéreo”, disse. O militar também destacou que as operações simultâneas foram homologadas por aeronaves do Grupo Especial de Inspeção em Voo (GEIV), que realizaram testes no aeródromo.

Durante a palestra, os profissionais também foram informados que a retomada das decolagens simultâneas independentes está prevista para o dia 18 de agosto.

 | Sgt Batista/CECOMSAERO Comandante do CINDACTA I, Brigadeiro do Ar Gustavo Adolfo Camargo De Oliveira, explicou como as operações simultâneas podem trazer benefícios para os usuários. “Maior fluxo de tráfego significa otimização de tempo. Todos se beneficiam porque minimiza a formação de filas e isso reflete no tempo em que o passageiro fica dentro da aeronave”, concluiu.

Após a palestra, os profissionais puderam conhecer as instalações do CINDACTA I e saber mais sobre como funciona o controle de tráfego.

CINDACTA I - É um elo permanente do Sistema de Controle do Espaço Aéreo (SISCEAB) e do Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (COMDABRA), prestando serviços de gerenciamento de tráfego aéreo; defesa aérea; informações aeronáuticas; meteorologia aeronáutica; telecomunicações aeronáuticas e busca e salvamento. Está capacitado para lidar com 4.000 planos de voo repetitivos e 2.500 planos de voo simultâneos e apto para visualizar até 750 plots simultâneos de 17 radares.

Veja no vídeo os depoimentos dos participantes da palestra.