GESTÃO

FAB abre processo licitatório para construir usina solar no V COMAR

A empresa vencedora poderá comercializar energia e em contrapartida gerará energia para as unidades da FAB no RS
Publicado: 06/06/2016 16:45
Imprimir
Fonte: V COMAR
Edição: Agência Força Aérea, por Ten Evellyn Abelha

Sede do V COMAR  ArquivoO Quinto Comando Aéreo Regional (V COMAR) anunciou na última sexta-feira (03/06) a construção da primeira usina de energia solar do Rio Grande do Sul. A unidade militar da Força Aérea Brasileira (FAB), localizada em Canoas, está cedendo por arrendamento uma área de mais de 20 hectares de sua sede para a construção da usina, com capacidade inicial de geração de até 17 Megawatts. As visitas técnicas para os interessados em participar do processo licitatório podem ser feitas até o dia 22 de junho, mediante agendamento prévio no V COMAR. O edital de concorrência pode ser acessado aqui.

A empresa vencedora terá a oportunidade de comercializar energia equivalente ao consumo aproximado de 9 mil residências. A contrapartida será a geração de energia para as unidades militares sediadas no Quartel General do V COMAR e na Base Aérea de Canoas (BACO). Com a construção do Parque de Energia Solar, a FAB visa reduzir custos de maneira sustentável, ou seja, produzir energia de forma limpa e renovável, sem envolver aumento de gastos, uma vez que utiliza o princípio de arrendamento de área por prestação de serviços.

A construção da usina irá possibilitar a geração de empregos e aumento de arrecadação de ICMS para o estado do Rio Grande do Sul. O projeto de construção da primeira usina fotovoltaica do estado é uma iniciativa do Comandante do V COMAR, Major-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas. “O sol é a solução para a crescente necessidade de energia elétrica do País e, além da economia, evita poluição ambiental e sonora, diferentemente da termoelétrica que é poluidora ou da hidrelétrica que inunda áreas para a construção de uma usina”, afirma.

Construção da usina - O processo de construção da usina ficará a cargo da empresa vencedora da licitação que, durante um período de 25 anos, terá cessão de uso da área. Posteriormente, a empresa venderá energia de forma direta ou leilão. A forma de distribuição será definida pela própria concessionária.

O Comando da Aeronáutica (COMAER) pretende, com esse modelo, construir usinas de energia solar em outras organizações militares do âmbito do COMAER nos próximos anos. De acordo com o parecer da Consultoria Jurídica da União no Rio Grande do Sul “o projeto é inovador e merece elogios”. Atualmente, a geração de eletricidade em escala comercial é realizada nos estados de Santa Catarina, Minas Gerais e Ceará, sendo este último o precursor em 2011.

A abertura da licitação acontece no dia 5 de julho, presencial, no Quartel General do V COMAR.

Serviço:
Edital do Processo licitatório para construção da 1ª Usina Fotovoltaica (Solar) do RS.
Visita técnica: de 6 a 22 de junho. Interessados poderão agendar visita técnica guiada no Quartel General do V COMAR
Endereço: Av. Guilherme Schell, nº 3950, bairro Mato Grande, Canoas/RS.
Mais informações:
Assessoria de Comunicação Social – V COMAR (51) 3462.1200 / acs5@comar5.aer.mil.br
Serviço de Engenharia – V COMAR (51) 3462.1220
Seção de Licitações – V COMAR (51) 3462.1134