ESPORTE

Atletas da FAB são finalistas em diversas competições

Militares que compõem a equipe de Handebol ganharam ouro em torneio internacional
Publicado: 05/06/2016 08:00
Imprimir
Fonte: CDA
Edição: Agência Força Aérea, por Ten João Elias

  Militares da Força Aérea Brasileira (FAB) se destacaram em competições esportivas realizadas tanto no Brasil quanto no exterior. No Handebol e no Pentatlo Militar alguns atletas conseguiram ouro. Outros se destacaram também no Campeonato de Orientação e no Atletismo. Confira:

Handebol

A Equipe do Taubaté/FAB/Unitau se consagrou campeã do Pan-Americano Handebol de Clubes, em competição realizada em Buenos Aires, na Argentina. Promovido pela Federação Pan-Americana de Handebol, o torneio reúne clubes da América do Sul e da América do Norte.

O duelo final foi com o Clube Pinheiros e terminou com o placar de 28x23. Com essa vitória o Taubaté/FAB que, no time masculino conta com cinco atletas da FAB e, no feminino, praticamente toda a equipe, se tornou tetracampeão.

“Foi uma competição muito difícil, mas o que prevaleceu foi a experiência da nossa equipe e o nosso volume de jogo que cresceu muito durante a competição”, afirmou Marcus Tatá, treinador do Taubaté.

A equipe garantiu classificação ao "Super Globe", o Campeonato Mundial de Clubes que é organizado pela Federação Internacional de Handebol e será realizado em setembro, no Catar. A terceira colocação ficou com o Villa Ballester, que venceu seus compatriotas do River Plate.

  Pentatlo Militar

A Seleção Brasileira de Pentatlo Aeronáutico, formada por oficiais da FAB, conquistou a 3ª Colocação Geral no "43º Nordic Military Championship in Aeronautical Pentatlhon", realizado na cidade de Tikkakoski, Finlândia, entre os dias 23 e 27 de maio.

Na classificação individual, o Ouro foi para o Capitão Brito e a Prata para o Capitão Belo. Além deles, o Capitão Duque completava o Time Brasil que é o atual bicampeão da modalidade nos Jogos Mundiais Militares (2011 e 2015).

O Pentatlo Aeronáutico conta com seis provas esportivas: tiro, natação, esgrima, basquete, pista de obstáculos e corrida de orientação, além de um rally aéreo.

  Campeonato de Orientação

Militares da FAB conseguiram vaga para compor a equipe brasileira que participará do 49º Campeonato Mundial Militar de Orientação (World Military Orienteering Championship - WMOC), a ser realizada no mês de novembro, em Búzios (RJ). A seletiva ocorreu no período de 16 a 24 de maio, em Brasília (DF).

O evento, organizado pelo Comissão Desportiva Militar do Brasil (CDMB), teve a participação de militares da Marinha do Brasil, Exército Brasileiro e FAB, com equipes formadas por nove atletas do segmento masculino e seis atletas do segmento feminino.

Foram realizados seis percursos, sendo três do tipo sprint (distâncias curtas em área urbana) e três do tipo floresta (distâncias médias e longas em áreas de reflorestamento, mata nativa e vegetação típica do cerrado).

O militares da FAB que vão compor a seleção brasileira são: sargento Franciely de Siqueira Chiles, 2ª colocada nos percursos sprint, 1ª colocada nos percursos em floresta, e 1ª colocada geral; e sargento Camila Luisa Daronco, 4ª colocada nos percursos sprint e floresta, e 3ª colocada na classificação geral. Já no masculino, o sargento Ewerton Daniel Markus obteve uma das vagas por ter conquistado a 3ª colocação nos percursos sprint e a 2º colocação geral.

pódio  acervoAtletismo

A sargento Juliana Paula de Souza conquistou a medalha de bronze no Campeonato Estadual de Atletismo/Categoria Adulta. O evento, organizado pela Federação de Atletismo do Rio de Janeiro (FARJ) com o apoio da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), contou com a participação de grandes nomes do atletismo nacional, inclusive de atletas que buscam o índice olímpico.

Militar do efetivo da Comissão de Desportos da Aeronáutica (CDA), ela competiu na prova dos 5.000m, conquistando a 3ª Colocação Geral. Na semana anterior, conquistou o Troféu Shine de Atletismo, na prova de 5.000m. "Sou grata pelo apoio da Força Aérea, da Comissão de Desportos da Aeronáutica e, principalmente do Coronel Gagliardi, que acreditou em meu talento e me concedeu a oportunidade de continuar competindo", declarou a militar.