RIO 2016

Base Aérea é primeiro ponto do revezamento da chama olímpica em Salvador

O símbolo das Olimpíadas chegou à capital baiana a bordo do C-97 Brasília da FAB
Publicado: 24/05/2016 14:37
Imprimir
Fonte: SCS da BASV
Edição: Agência Força Aérea, por Ten Iris Vasconcellos

Tocha Olímpica na BASV  Cap KosakaA Base Aérea de Salvador (BASV) foi o ponto de partida do percurso do revezamento da chama olímpica na capital baiana. O símbolo das Olimpíadas Rio 2016, que estava anteriormente no município de Lençóis (distante cerca de 315 km de Salvador), chegou à base na terça-feira (23/05), às 19 horas, a bordo do C-97 Brasília do esquadrão Pioneiro (3° ETA).

A Chama vai percorrer 35 km pelas ruas, avenidas e praças da capital soteropolitana. De acordo com o Comandante da Base Aérea de Salvador, Coronel Marcello Lobão Schiavo, é uma honra participar de um evento que marca a história da Força Aérea e do País. “É muito grande a satisfação de receber a tocha olímpica em nossa Organização Militar e participar desse momento”, disse.

Recepção da BASV, tripulação e COE  S1 MenezesO símbolo olímpico foi recebido por uma equipe de militares, entre eles o Capitão Francisco Kosaka. Segundo o militar é muito positivo fazer parte desse momento. Ele também ressaltou qual será o papel da BASV nas Olimpíadas. “Estamos prontos para atender as missões designadas. Desejamos e trabalhamos para que os Jogos Olímpicos 2016 sejam um sucesso e que todos os seus objetivos sejam alcançados”, informa o Capitão Kosaka.

Chama olímpica em Salvador

O revezamento teve início na quarta-feira (24), às 9h, e será realizado por 153 atletas e personalidades durante as 12 horas de percurso. O cortejo será encerrado às 19h, com a cerimônia de acendimento da Pira da Celebração, com show no Farol da Barra.