OPERACIONAL

Esquadrão Arara faz ressuprimento aéreo para tropa do Exército na Amazônia

Tripulação da FAB lançou uma carga com 1.040 quilos
Publicado: 25/05/2016 15:40
Imprimir
Fonte: 1º/9º GAV
Edição: Agência Força Aérea, por Ten Evellyn Abelha

  Uma tripulação do Esquadrão Arara (1º/9º GAV), sediado na Base Aérea de Manaus, realizou (22/05) um ressuprimento aéreo real a partir da aeronave C-105 Amazonas. Com um alvo aquático, a missão era suprir uma tropa do Exército Brasileiro que realizava um curso de operações na selva. Totalizando 1.040 quilos de carga a bordo, composta por rações operacionais e munições, o hidropallet - suporte onde a carga é acondicionada - teve sua montagem e supervisão executada em conjunto com os mestres de cargas do próprio esquadrão da Força Aérea Brasileira e a equipe de Dobragem, Manutenção de Paraquedas e Suprimento pelo Ar (DOMPSA) do Exército.

A missão que exige perícia dos militares foi realizada com êxito. A tripulação da FAB fez o ressuprimento na hora prevista e lançou a carga com precisão de 100 metros, garantindo o reabastecimento da tropa. Os militares do Exército participavam de um curso de operações ministrado pelo Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS).

  Sgt Alcemar (DOMPSA)“O lançamento aéreo de carga é uma modalidade útil na Amazônia devido às peculiaridades da região, que muitas vezes impossibilita o pouso de aeronaves para realizar o suprimento. É necessário que haja a interoperabilidade entre as forças para que esse tipo de missão tenha sucesso”, ressaltou um dos pilotos da tripulação, Tenente Andrey Franklin.

Lançamento de carga – Uma das missões da Aviação de Transporte da FAB, a qual o Esquadrão Arara pertence, é o lançamento de cargas para suprir tropas, seja em tempos de paz ou em ambientes hostis. A atividade de lançamento depende não só dos pilotos, mas também do mestre de cargas ou load master, profissional responsável por controlar a carga e o pessoal transportados no avião.

  Para realizá-la, os esquadrões de transporte treinam as técnicas dessa modalidade durante exercícios operacionais realizados ao longo do ano, como no caso da Transportex. Esse ano, a atividade que reúne todas as unidades aéreas de transporte da FAB acontece em Campo Grande até o dia 6 de junho.

Assista à reportagem e veja como é feito o lançamento a partir das aeronaves da FAB e o trabalho do mestre de cargas: