SEGURANÇA DE VOO

Tripulantes de inspeção em voo participam de reunião de segurança e atualizações

Evento foi realizado pelo Grupo Especial de Inspeção em Voo, responsável por medir, aferir e calibrar equipamentos de auxílio à navegação aérea
Publicado: 25/05/2016 13:09
Imprimir
Fonte: DECEA, por Denise Fontes
Edição: Agência Força Aérea, por Ten Evellyn Abelha

  O Grupo Especial de Inspeção em Voo (GEIV) realizou na segunda-feira (23/05) a Reunião Anual do Quadro de Tripulantes. A unidade área é responsável por medir, aferir e calibrar equipamentos de auxílio à navegação aérea instalados em aeroportos de todo o País, garantindo a confiabilidade das informações utilizadas pela aviação civil e militar.

O evento contou com a presença de pilotos inspetores de diversas unidades do Rio de Janeiro, além da participação por videoconferência de tripulantes do Primeiro, Terceiro e Quatro Centros Integrados de Defesa Aérea e Controle de Trafego Aéreo (CINDACTA I, III e IV), localizados em Brasília, Recife e Manaus, respectivamente, do Serviço Regional de Proteção ao Voo de São Paulo (SRPV-SP) e do Quinto Esquadrão do Primeiro Grupo de Comunicações e Controle (5º/1º GCC).

De acordo com o comandante do GEIV, Tenente-Coronel Aviador Marcelo de Lima Pinheiro, a reunião tem a finalidade de aprimorar a segurança de voo e atualizar os pilotos inspetores sobre os diversos assuntos relacionados com a missão do GEIV. “O objetivo é manter a padronização da doutrina das operações de inspeção em voo, além de elevar o nível de consciência e atenção dos pilotos durante o voo”, destacou o oficial.

  Na abertura do evento, o vice-diretor do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), Major-Brigadeiro do Ar Sérgio de Matos Mello, enfatizou a importância do GEIV na fiscalização dos serviços do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (SISCEAB). “Vocês são os olhos do DECEA. A unidade é responsável por garantir a qualidade dos equipamentos de controle de trafego aéreo”, ressaltou.

Palestras – Durante a programação, foram abordados temas sobre o modelo de gerenciamento de risco do GEIV, as atividades de prevenção para 2016, a utilização de iPad em voo, o planejamento logístico das aeronaves de inspeção, a implementação dos requisitos operacionais e administrativos para recebimento da aeronave Legacy 500.

  Luiz Eduardo PerezForam apresentados também os quatro pilares do Gerenciamento de Recursos da Tripulação (CRM – Crew Resource Management), com foco em aquaplanagem e automatização das aeronaves: comunicação – ruídos que podem atrapalhar uma boa comunicação durante o  voo; dinâmica de equipe – trabalho em grupo que tende a atingir um objetivo em comum; consciência situacional – se o tripulante está percebendo corretamente tudo o que está acontecendo ao seu redor; e processo decisório – apresenta as ferramentas de como gerenciar as informações para chegar à melhor decisão.

O chefe do Subdepartamento de Operações (SDOP) do DECEA, Brigadeiro do Ar Luiz Ricardo de Souza Nascimento, destacou a atuação do GEIV como uma das unidades responsáveis por manter a segurança da navegação aérea. “O DECEA está sempre preocupado em oferecer cada vez mais serviços de qualidade. Estamos aqui cumprindo a missão da Forca Aérea Brasileira em prol do nosso Sistema”, declarou o oficial-general.