FORMATURA

Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica forma 163 oficiais

Médicos, dentistas, farmacêuticos e engenheiros estão entre os profissionais que concluíram o curso de adaptação militar em Belo Horizonte (MG)
Publicado: 23/05/2016 10:00
Imprimir
Fonte: CIAAR
Edição: Agência Força Aérea, por Ten Evellyn Abelha

Fora-de-Forma  Sd JesséO Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR) realizou na sexta-feira (20/05) a tradicional cerimônia militar de entrega de espadas, que marcou a nomeação de 163 novos oficiais da Força Aérea Brasileira. Os militares concluíram o Curso de Adaptação Militar, ministrado durante cerca de quatro meses em Belo Horizonte (MG). A solenidade foi presidida pelo Diretor-Geral do Departamento de Ensino da Aeronáutica (DEPENS), Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, e contou com a presença de autoridades civis e militares.

Entre os novos militares, 82 são integrantes do Curso de Adaptação de Médicos da Aeronáutica (CAMAR), 16 do Curso de Adaptação de Dentistas da Aeronáutica (CADAR), 5 do Curso de Adaptação de Farmacêuticos da Aeronáutica (CAFAR), 43 do Estágio de Adaptação de Engenheiros da Aeronáutica (EAOEAR) e 17 do Estágio de Adaptação de Oficiais de Apoio (EAOAP).

Entrega de espada  Sd Junio CostaEm mensagem enviada aos oficiais da turma “Titanium”, o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, ressaltou a importância dos profissionais. “A partir desta data, possuidores de uma vasta bagagem adquirida neste intenso curso de formação, cada um dos senhores e senhoras irão compor efetivos com tarefas e atividades diversas, mas com o único e primordial objetivo de contribuir para o fortalecimento de uma Força Aérea que avança a cada dia”, afirmou.

O Tenente-Brigadeiro Rossato completou a mensagem agradecendo ao efetivo do CIAAR. “Os primorosos trabalhos de cada membro desta Organização possibilitaram que a grade curricular fosse cumprida conforme as orientações de nosso Departamento de Ensino e, também, que os estagiários recebessem o suporte necessário que lhes permitiu galgar com sucesso esta conquista”, enfatizou.

O primeiro colocado da turma “Titanium”, Tenente Serviços Jurídicos Webert Leandro Barreto da Silva, do Quadro dos Oficiais de Apoio, recebeu o “Prêmio Força Aérea Brasileira” e o “Prêmio Honra ao Mérito do Ministério da Defesa”. “Ser o primeiro colocado é de grande valia para a minha carreira profissional na caserna. Foi uma luta diária, dias e noites de estudos e abnegação, contemplada com louvor e sucesso. O curso foi espetacular, o aprendizado foi de suma relevância principalmente quanto à liderança, que é o cerne de tudo”, afirmou o militar.

Turma Titanium  Sd Junio CostaCurso de Adaptação Militar - Com duração de 18 semanas, o Curso de Adaptação Militar compreende instruções de armamento, munição e tiro, atividades de campanha, conceitos de chefia e liderança, comunicação oral, elaboração de documentos oficiais e treinamento físico. Os novos oficiais foram designados para servir nas localidades escolhidas no ato da inscrição do concurso, obedecendo à classificação final obtida durante o curso de formação.