RIO 2016

Veja como foi o envolvimento da FAB na chegada da chama olímpica ao Brasil

Além da participação da Esquadrilha da Fumaça, caças da FAB interceptaram o avião que trouxe o símbolo olímpico
Publicado: 03/05/2016 16:30
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Ten Iris Vasconcellos

  A Esquadrilha da Fumaça escreveu “RIO 2016” e desenhou os anéis olímpicos no céu de Brasília, acima da Praça dos Três Poderes, nesta terça-feira (03/05). A apresentação foi uma homenagem à chegada da chama olímpica e ao início do revezamento da tocha referente às Olimpíadas 2016, que serão realizadas em agosto desse ano no Rio de Janeiro (RJ).

A apresentação da Esquadrilha da Fumaça teve duração de cerca de dez minutos e também contou com a realização de diversas manobras, além da escrita nos céus. As acrobacias dos A-29 atraíram brasilienses e turistas aos gramados da Esplanada dos Ministérios e Praça dos Três Poderes na capital federal.

  Além da apresentação da Esquadrilha, a FAB participou da chegada da chama olímpica com a saudação da controladora de tráfego aéreo ao piloto da aeronave que transportava o item simbólico assim que entrou no território brasileiro. Eram 3h18 quando a aeronave Boieng 767-300ER, da Latam Airlines, ingressou no espaço aéreo do País

Outro destaque do dia de recepção da chama olímpica no Brasil foi a escolta do Boieng 767 pelos caças F-5M da Força Aérea Brasileira. As aeronaves interceptaram o avião e desfilaram na capital federal.

Veja aqui na reportagem como foi o envolvimento da FAB na chegada da chama olímpica ao Brasil: