HOMENAGEM

Tenente-Brigadeiro Rossato recebe título de Cidadão Honorário de Brasília

O título foi proposto pela Deputada Sandra Faraj
Publicado: 25/04/2016 17:08
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Ten João Elias

  O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, recebeu nesta segunda-feira (25/04), na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), o título de Cidadão Honorário de Brasília. A sessão solene contou com a presença de oficiais-generais do alto-comando da Aeronáutica e de diversas autoridades militares. O projeto de lei de autoria da Deputada Sandra Faraj, presidente da Comissão de Constituição e Justiça da CLDF, foi aprovado por unanimidade.

“Por toda a história do Comandante Rossato, pela vida dedicada à nossa pátria, eu entendi que ele era merecedor desse título. Ele representa a defesa e os valores da nossa pátria, trazendo toda essa bandeira da Força Aérea”, destacou a Deputada Sandra Faraj.

O Tenente-Brigadeiro Rossato nasceu em São Gabriel, no Rio Grande do Sul, e ingressou na Força Aérea Brasileira (FAB) em 1° de março de 1969, sendo promovido ao atual posto em 31 de março de 2011. Já desempenhou diversos cargos relevantes e recebeu várias condecorações. Nos últimos anos, como Comandante-Geral de Operações Aéreas, participou ativamente do planejamento e da coordenação das atividades de defesa aérea por ocasião da Jornada Mundial da Juventude, da Copa das Confederações e da Copa do Mundo de Futebol.

“Para mim é uma honra receber esse prêmio. Eu, particularmente, gosto muito de Brasília. Trabalho aqui há dez anos, não é tanto, mas marcou muito, toda a minha vida de oficial-general foi aqui em Brasília”, ressaltou o Tenente-Brigadeiro Rossato.

  Projeto - O art. 141 do Regimento Interno da Câmara Legislativa do Distrito Federal rege a destinação dos projetos de decreto legislativo e determina que tais projetos se prestem a regular matérias de caráter político de competência privativa da Câmara Legislativa que não sejam de interesse interno. O Projeto de Lei que se tornou o Decreto de Lei 2071/2016 atendeu a todos os requisitos da Resolução n° 250, de 2011, que "estabelece critérios para a concessão dos títulos de Cidadão Honorário e de Cidadão Benemérito de Brasília".

Veja abaixo as entrevistas com o Comandante da Aeronáutica e com a Deputada Sandra Faraj.