EDUCAÇÃO

Universidade da Força Aérea oferece novo programa de mestrado

Pós-Graduação tem como linha de pesquisa o desempenho humano operacional no setor aeroespacial
Publicado: 06/04/2016 14:59
Imprimir
Fonte: EMAER
Edição: Agência Força Aérea, por Ten Flávio Nishimori

Militares e civis das três Forças Armadas, bem como do Ministério da Defesa, têm agora à disposição uma nova opção de mestrado na Universidade da Força Aérea (UNIFA), localizada no Campos dos Afonsos, no Rio de Janeiro. Trata-se do Programa de Pós-Graduação em Desempenho Humano Operacional no Setor Aeroespacial (PPGDHO). O edital visando à seleção dos futuros candidatos para 2016 deve ser publicado até o fim do mês de abril.

O PPGDHO tem como objetivos diagnosticar, planejar, desenvolver e avaliar a melhora do nível de desempenho humano operacional no setor aeroespacial por meio da capacitação de recursos humanos para o desenvolvimento de pesquisas e de produções técnicas.

“Seguindo uma tendência mundial, a Força Aérea Brasileira tem reconhecido as pessoas, o Elemento Humano, como componentes críticos no desenvolvimento, na aquisição e na operação de sistemas complexos. Ao reconhecer equipamentos de defesa como sistemas complexos, a UNIFA identificou a necessidade de realizar pesquisas com o foco no Elemento Humano, suas capacidades e limitações, de maneira a promover o desempenho ótimo do sistema Homem-Máquina”, explicou o Coronel Aviador Gilvan Vasconcelos da Silva, coordenador do Programa.

  O Programa está restrito à Área de Concentração da Capacitação Biopsicossocial no Setor Aeroespacial, com o foco de interesse e necessidade no desempenho humano para o cumprimento das atividades operacionais inerentes às atribuições da Força Aérea Brasileira, nas seguintes linhas de pesquisa: aspectos ergonômicos e biomecânicos das atividades operacionais no setor aeroespacial; aspectos físicos do desempenho operacional no setor aeroespacial; e aspectos psicossociais do desempenho operacional no setor aeroespacial.

A finalidade é desenvolver estudos científicos de modo a embasar ações diagnósticas e propositivas visando à eficiência e à eficácia do desempenho humano operacional no setor aeroespacial.

O Programa, em nível de mestrado na modalidade profissional, foi criado e aprovado em agosto de 2015 pelo Departamento de Ensino da Aeronáutica (DEPENS).